Resenha|| Propósito



“O amor é a semente, a seiva e o sabor do fruto. Ele é a beleza e a fragrância da flor. O inicio, o meio e o fim. Despertar o amor é o motivo de estarmos aqui.” (p.15)


Título: Propósito- A coragem de ser quem somos
Autor: Sri Prem Baba
Editora: Sextante


Por que existimos? Qual é a nossa missão durante esta vida?
Sri Prem Baba é um mestre em ensinar o caminho do amor que renova os fundamentos da existência e pode alterar os rumos da vida pessoal e coletiva. O líder humanitário afirma que “não somos uma gota d’água no oceano”, pois “o amor nos faz ser o próprio oceano”. Também explica que a paisagem interna deverá ser esquadrinhada para que possamos discernir amorosamente qual é o nosso papel no mundo.
O livro está dividido em sete partes. Ao longo das seis primeiras, que tratam do nascimento à transcendência, o leitor encontrará as coordenadas para fazer a própria viagem interior. Na sétima, aprenderá as chaves práticas que vão guiar suas descobertas rumo ao despertar do amor.

Oi galera! Como estão? Depois de muito tempo voltando a escrever para o “Faces” com muita alegria e entusiasmo.  Inicialmente, 2018 começou com leituras importantes e enriquecedoras. Pretendo voltar a “abastecer” o blog com resenhas que influenciem aos leitores de forma positiva. Vamos dar inicio?

A resenha aqui comentada é de um autor chamado “Sri Prem Baba”. Sri Prem Baba é um mestre espiritual nascido no Brasil, há 50 anos, em São Paulo (SP). Batizado na igreja católica como Janderson Fernandes, filho de uma família de classe média/baixa paulistana. Reconhecido aos 36 anos por seu guru, Maharaj Ji, na Índia, como mestre da ancestral linhagem Sachcha, Prem Baba tem atualmente milhares de discípulos espalhados por vários países.

Achei pertinente trazer informações sobre o autor, pois não venho aqui para defender religiões, mas falar de uma das obras mais incríveis que já tive a oportunidade de ler. 

“Propósito – A coragem de ser quem somos”, é um livro dividido em sete capítulos. Ficou 51 semanas como um dos livros mais vendidos do Brasil. Estrategicamente, os capítulos retratam fases de nossas vidas que são influenciadas por nosso crescimento e amadurecimento enquanto seres humanos.

O primeiro capítulo é intitulado: “Nascimento”. O autor mostra a necessidade de acreditarmos que para sermos bem-sucedidos precisamos passar por grandes transformações. Essas transformações acontecem a partir do nosso nascimento. É parte de a nossa missão refletir e entender sobre “Quem sou eu?” e “O que eu vim fazer aqui”? Quem nunca fez esses questionamentos para si próprios? 

Em algumas partes do primeiro capitulo, o autor destaca um conjunto de mecanismos de defesa que o ser humano desenvolve. Acho que algumas nomenclaturas utilizadas no livro fazem parte dos estudos desenvolvidos pelos seguidores do espiritismo. Não tenho conhecimento suficiente para afirmar, porém esse ponto não retira a beleza e significância da obra.

O capítulo dois é intitulado “Crescimento” - verdadeira identidade e uma falsa identidade criada. Nos parágrafos desse capítulo, o autor (re)ssignifica como ocorre a manifestação de diversos sentimentos ruins como: a vaidade, soberba, timidez, complexo de inferioridade ou superioridade, vitimismo e falsa humildade. Prem Baba afirma que alguns sentimentos nos tornam mendigos da atenção dos outros, e, dessa forma desperdiçamos a vida tentando forçar o outro a nos amar. 

“Estamos sempre insatisfeitos, querendo mais, pois nada pode preencher o vazio de não sermos quem somos. Podemos construir verdadeiros impérios, conquistar muito sucesso, fama, dinheiro e poder, mas não podemos conquistar a verdadeira felicidade” (p.41)

Nesse capítulo, Sri Prem Baba é tipo a nossa mãe – nos aconselhando de que, muitas vezes, as pessoas (e até nós mesmos) conquistam/conquistamos fortunas, mas não conseguem/conseguimos usufruir, pois estão/estamos sempre com medo de perder alguma coisa. Alguns se tornam escravos da ideia de que as pessoas gostam deles somente por causa do que eles têm – e às vezes isso é verdade. 


“Não há nada de errado com a riqueza. O problema é a ausência de si mesmo” (p.43)

A “Morte do falso eu” é o titulo do capitulo três. Que é quando, segundo o autor, encontramos forças necessárias para a transformação, com isso, Sri Prem Baba afirma que precisamos sofrer para evoluir, mas é fato que é isso que tem acontecido no decorrer da história da humanidade. Precisamos ser impulsionados muito mais pelo amor, e não pelo sofrimento. 

Essas transformações internas são essenciais para o nosso amadurecimento e autoconhecimento ( o que não é uma tarefa fácil). É uma busca constante lidar com aquilo que se sente. Seja um sentimento bom ou ruim. 

“Você cresce fisicamente, mas no aspecto emocional continua no mesmo ponto” (p.58)

O capitulo quatro é o “Renascimento”. É a corrida para jornada do autoconhecimento e amadurecimento interno. É (re)descobrir sobre a nossa sabedoria e conflitar nossas incertezas. É renunciar muitas coisas erradas e ser refúgio de coisas boas, principalmente, de amor. 

A “Maturidade” vem para intitular o capítulo cinco. É a fase mais difícil da jornada humana. Poucos chegam nessa fase (em minha opinião). A maturidade é um aspecto difícil de ser compreendido. É o circulo de autoconhecimento. É o lugar em qual precisamos conhecer os cantos escuros da mente. 

“A confiança está intimamente relacionada com amor. Se observar as relações humanas, você verá que o amor não cresce se não houver confiança” (p.88)

Precisamos confiar em nos mesmos, já dizia Renato Russo: “Mas se você tiver alguém em quem confiar, confie em si mesmo”. Se autoconhecer é uma luta para conhecer o interno em nosso Ser. 

Sri Prem Baba, ainda nesse capitulo, retrata a situação de sermos canais de pura crueldade (afirmativa refletida em nosso país, em nossa realidade). Muitos lutam para sobreviver, quem vai querer se autoconhecer? Se as prioridades passam a serem outras em um mundo cada vez mais capitalista e ganancioso. Assim, temos:

“Ter consciência do propósito é sinônimo de ter consciência do serviço (...) o serviço que você veio prestar à humanidade” (p.104)

Por fim, o capitulo seis, o autor intitulou “Transcendência”. A fase que o amor desperta em nos. Quando compreendemos que cada um de nos servirá ao outro através de sua profissão, dos seus projetos, de sua arte, etc. 

“A união é capaz de realizar verdadeiros milagres.” (p. 121)

No ultimo capitulo, Sri Prem Baba traz alguns exercícios diários que ajudam/auxiliam no nosso autoconhecimento – “Chaves Práticas”.

“E a divindade usa seus dons e talentos para realizar o propósito maior... o do amor” (adaptado – p. 105)

Vivemos em um país tão injusto, corrupto. E essa afirmativa, lastimável, vai de encontro com várias palavras positivas abraçadas por Sri Prem Baba. Autoconhecimento é essencial, espalhar o amor, a verdade, a fé nas coisas boas! Não é difícil, não é impossível, faça isso ao seu redor, em sua própria casa, por exemplo. 

Deixo claro que em nenhum momento Sri Prem Baba defende religiões, ele levanta a bandeira do amor, da transmissão de conhecimentos e dos bons sentimentos e, não menos importante, do autoconhecimento ligado ao amadurecimento interno. Esse livro é indicado para as pessoas que gostam de dialogar sobre o amor e a abordagem de temas que percorrem os sentimentos e ações mais íntimas do ser humano.

Portanto, essa é a história de um buscador que encontrou e realizou o seu verdadeiro Ser. Um homem comum que não aceitou o final da sua jornada antes percorrê-la. Questionou as mazelas e o sofrimento da própria existência e dos seus semelhantes. Uma experiência viva e real da busca e do encontro que certamente servirá de espelho para outros buscadores que estão no caminho do autoconhecimento.


57 comentários:

  1. Oi Natxi, confesso que ando meio que fugindo de leituras assim, pois fiquei um pouco saturada delas, mas sem dúvidas que trazem ensinamentos e reflexões bem positivas. Não li nada do Sri Prem Baba ainda, fora alguns trechos soltos, mas futuramente quero ler algo dele sim.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar quando tiver a oportunidade de ler obra dele. Beijos

      Excluir
  2. Oi Nathalia, tudo bem?
    No geral eu acho que o autoconhecimento e a busca interna por melhorias só vem a acrescentar na vida das pessoas. Eu não conheço o autor, mas só dele não defender nenhuma religiosidade e pregar o amor, ele já ganhou o meu respeito. O mundo sem dúvidas tem muito a melhorar e o ponto de partida é a mudança interior de cada um.
    Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com o seu comentário. Sri Prem Baba é um autor especial. Beijos

      Excluir
  3. Olá Natxi, confesso que esse não é o estilo de leitura que eu procuraria, mas sua resenha e toda a grandiosidade dessa obra despertou minha curiosidade.
    Sempre adorei esse trecho da música do Renato. Eu acho que confiar em nós mesmos e nos amarmos é a coisa mais grandiosa que podemos fazer.
    Vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a minha resenha despertou a sua curiosidade já me sinto feliz. Beijos

      Excluir
  4. Oie, tudo bem?! Ahhh todas as publicações de Prem Baba são sempre muito hostosas de se ler. Principalmente em momentos de estresse, suas palavras tem o dom de nos colocar nos eixos e nos ver as melhores lições de todos os acontecimentos. Eu simplesmente adoro!!
    Bjd

    ResponderExcluir
  5. Que livro mais lindo, deve ser uma leitura bem prazerosa que nos traz ótima dica e envolvente, além de nos refletir sobre algo incrível e assuntos do cotidiano com lições encantadoras.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma das leituras mais incríveis que fiz.

      Beijos.

      =**

      Excluir
  6. Gosto de livros assim, é sempre bom perceber que depois de completar uma leitura, intender que aprendeu alguma coisa importante, bjs. Resenha muito bem feita e elaborada parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Olá!! :)

    Eu confesso que nunca tinha ouvido falar deste livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura!! :)

    Realmente, e uma pena que a corrupção seja um tema real e bem presente! Parabéns pela resenha, esta muito completa!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nath!

    Adoro essa temática de autoconhecimento e o fato dos personagens irem a luta e não apenas baixar a cabeça para o próprio destino!

    Achei sua dica bem legal! Parabéns pela resenha!

    Paula Juliana
    Overdose Literária
    https://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá! Gostei muito da dica de leitura que você trouxe na sua resenha, esse com certeza é o tipo de livro que trás lições, acrescentam no nosso desenvolvimento como ser humano. E o mais legal é que o autor não precisou falar sobre religião para trazer tanta positividade.. e acho que isso que torna tudo tão mais belo! Obrigada pela dica, a resenha ficou ótima!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Não conhecia esse livro.
    Pela sua resenha deu pra perceber que é um livro que abraça o leitor emocionalmente e trás muitas lições importantes pra vida.
    Infelizmente não é algo que eu leria por agora, mas é uma ótima dica para presentear ;)

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a obra e não é meu estilo literário, mas tenho uma amiga que ama muito e eu com certeza vou passar essa dica pra ela.
    Obrigado pela dica!! E Parabéns pela leitura! É maravilhoso quando lemos algo prazeroso!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Nossa que livro interessante, não conhecia o autor ainda. Ando com vontade de aprender mais sobre essas técnicas de autoconhecimento, especialmente para saber lidar melhor com o stress e outros sentimentos ruins e vou procurar esse livro com certeza

    ResponderExcluir
  13. Não sou adepta de nenhuma religião especifica, tenho pra mim que tudo o que me faz bem e me torna uma pessoa melhor ao próximo é válido, por isso leio de tudo e absorvo o que acho positivo, então me identifico bastante com tudo que li em sua resenha, sem dizer que os quotes selecionados com firmam minhas convicções. Dica anotada.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Confesso que esse não é muito o meu estilo de leitura, gosto mais de livros com histórias, mais do que com "ajudas" e "reflexões", mas conheço alguém que ia amar: minha mãe. Para quem gosta, parece ser um livro bem interesse.

    Abraços,
    https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Nossa estou no chão com essa resenha, jamais imaginei que o livro abordasse essas coisas. Fiquei aqui surpreendida.
    Adoro esses tipos de obras e tenho até saudade de ler livros assim que nos fazem refletir sobre quem somos.
    Amei a sua resenha


    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá linda,

    Faz tempo que não leio livros da Sextante, mas sou apaixonada pelos mesmos, porque sempre trazem ótimas lições de vida, superação e conselhos para nos ajudar a buscar equilíbrio, paz, sabedoria e amor diariamente.

    Sua resenha está maravilhosa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oie Natxi! Adoro livros assim, inspiradoras e que geram reflexão em nós mesmos. Que bom que você adorou a leitura, e eu vou colocar na minha lista também! :)

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Esses livros inspiradores e com reflexões são muito bons de ler, adoro! Já ouvi falar no autor, mas não sabia que ele tinha um livro. Ótima resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá Nat... Apesar das reflexões trazidas no livro serem interessantes... Ainda assim não é o tipo de leitura que eu estou proposta a realizar no momento. Bjs
    Bjs.
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Nat!
    Faz muito tempo que não leio livros motivacionais e curti mito a sua resenha!!! Fiquei mega espantada com a mini biografia do autor! Não imagina jamais, eu gosto muito de ler coisas assim, principalmente naqueles momentos deprê que motivação é tudo! Vou deixar a dica anotada.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  21. Oi Naty, tudo bem?
    Não conheço o autor e nem essa obra, as convicções podem ser boas, mas ele aborda um tema polêmico, pode nem falar de religião, mas esse próprio " eu" essa jornada é espiritual, enfim todos nós cremos em alguma coisa. Adorei sua resenha ficou sensacional! Bjs.

    ResponderExcluir
  22. É muito legal quando a gente faz uma leitura que nos toca profundamente. Eu, particularmente, não consigo me envolver com livro que seguem essa linha. O último que li falava de gratidão. Foi uma leitura agradável, mas só.
    Sobre o autor, eu não conhecia até outro dia, quando li sobre uma polêmica que envolvia valores altíssimo para comemorar o aniversário dele.

    ResponderExcluir
  23. Oiie

    Ele realmente parece uma leitura tocante. Infelizmente não faz muito o meu gênero, mas salvarei. Quem sabe um dia busque algo diferente?

    Beijos!
    http://leelerblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Nathalia.

    Apesar do livro mostrar assuntos interessantes e importantes para a vida do leitor, no momento não é a leitura que estou procurando ler. Mas não descarto a dica e guardarei para o momento que tiver desejando livros do gênero.

    Bjos

    ResponderExcluir
  25. Olá, acho que eu já tinha ouvido o nome do autor em algum lugar mas não me lembrava onde. Bom poder descobrir com o seu post. Ainda não conhecia esse livro mas pelo seu post ele deve ser uma leitura bem inspiradora e que leva à reflexão.

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Confesso que não curto muito livros desse calibre, mas lendo sua resenha fiquei curiosa, achei interessante. Vou dar uma chance ao livro e adicionar na minha lista, mas em data para leitura, pois este tipo de livro tenho que ler quando ele me chama, do contrario, acabo abandonando a leitura!

    ResponderExcluir
  27. Olá!
    Não tenho dúvidas de que esse livro traz muitos ensinamentos e reflexões. Ainda não conhecia a obra, mas fiquei com muita vontade de conhecer depois que li sua resenha, pois é o estilo de livro que adoro ler, tenho certeza que eu vou gostar :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá, adorei a sua resenha. Não é um livro que eu compraria para ler, mas tenho algumas amigas que adorariam a leitura e eu compraria para presenteá-las.

    ResponderExcluir
  29. Olá
    uau parece ser um livro com muitas palavras sábias, daqueles que nos fazem refletir por horas, então adorei a dica, ainda não conhecia mas vou procurar saber mais sobre

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Que livro mais interessante. Se olharmos a capa não damos nada né. Mas a história do personagem traz uma quantidade de nuances e sentimentos que fica difícil não se interessar pela história. Acho que a capa não demonstra o tanto que essa leitura tem para passar.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Não é bem um gênero literário que eu costumo ler ou mesmo goste, mas sei que esses livros são bem edificantes no que diz respeito a ajudar as pessoas. Acho a leitura válida, mesmo porque sempre tiramos uma boa lição de livros assim.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  32. Oii flor, tudo bem??

    Acabei de ler um livro de auto ajuda e estou nessa vibe...
    Gostei tanto do livro que você está recomendando que vou procurar saber mais sobre ele.
    Sempre é bom melhorar como pessoa não é?

    Obrigada pela dica! :)

    ResponderExcluir
  33. Oooooooooooooi, esse tipo e leitura é o que não me chama atenção no momento, mais no futuro quem sabe eu pegue lendo.

    abraços, José Marcos

    ResponderExcluir
  34. Ola
    Dica de leitura interessante. è maravilhoso quando o proposito do autor ao escrever dá certo, e nesse caso , com vc foi 100%. Já sei até pra quem dar um exemplar de presengte.
    Muito legal sua dica.
    Bjus

    ResponderExcluir
  35. Infelizmente não é de uma temática que me agrade muito, então vou passar a dica desta vez. Deve ser uma leitura interessante para quem curte este gênero literário. Boa sorte com o blog!

    Portal GATILHO
    https://portalgatilho.wordpress.com

    ResponderExcluir
  36. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, e mesmo não sendo algo que eu leria, achei muito interessante!
    Bjs

    ResponderExcluir
  37. Gentee, que livro incrível! Eu não conhecia essa obra, mas leria com certeza. Parece ser um livro muito rico e bem detalhado, onde o autor nos faz refletir sobre muitas questões da nossa vida e ainda nos dá ótimos ensinamentos. A sua resenha está ótima, dica anotada. Bjss!

    ResponderExcluir
  38. Oi Nathalia, como está?
    Não conhecia esse livro, mas agora quero muito realizar a leitura dele porque achei a proposta maravilhosa!
    A resenha deu uma excelente ideia do que esperar dessa leitura, ainda mais quando temos tanto a aprender de nós mesmos.
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com
    http://www.galaxiadeideias.com

    ResponderExcluir
  39. Oi, Nath! Eu não conheço o autor e ler a sua resenha me deixou super curiosa... Amo ler livros que me tragam enriquecimento e reflexões... Você voltou com tudo em 2018 hein?!

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde
    Apesar da mensagem positiva passada pelo autor, leitura bem difícil pra mim :(, não conhecia nada desse autor mas parece q as obras dele são diferentes do habitual nesse gênero

    ResponderExcluir
  41. Oi, Nathalia ^^
    Confesso que são quase nulos os livros que leio do gênero auto-ajuda ou nessa mesma pesada. Teve uma época em minha vida que gostava de lê-los até para refletir, mas acabou que esse tempo passou e ao invés de pegar um livro para ter tais reflexões procuro blogs e me perco nas colunas que tratam sobre a vida.
    Mas fico feliz em saber que o livro tem como tema principal o autoconhecimento. Afinal, tem tantas pessoas que se surpreendem com suas próprias atitudes mas que se parassem para refletir sobre o que sente saberiam qual possível reação ocorrerá diante de uma situação.
    Me parece ser uma boa leitura para a galera que busca essa aprendizado interno.
    Um ponto negativo que vi em sua resenha foi esse grande número de quotes que infelizmente atrapalham e tiram um tanto que a grandeza das suas palavras.
    Parabéns pela resenha, girl.

    ResponderExcluir
  42. Olá, tudo bem? Não tenho o costume de ler esse tipo de livro, mas defendo que toda a literatura deva ser comentada e indicada. Sei que deve haver muitas pessoas que se interessam pelo tema. Não é um livro que eu leria, mas fiquei feliz por conhecer um pouco mais do autor (que pelo nome nem sonharia que era um brasileiro), fiquei feliz também por ter apreciado a leitura. Um beijo e muito sucesso sempre. ;D

    ResponderExcluir
  43. Que livro interessante! Não conhecia, mas vou buscar ler assim que possível, pois parece uma leitura muito boa. Adorei a dica e o post!
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.