Resenha|| Quando a noite Cai



“Não consegue compreender o amor. Não é assim que funciona. Não se decide amar ou não. Simplesmente acontece, sem que se possa evitar.” 




Título: Quando a noite Cai
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Ano: 2017 | Páginas: 476

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar...

Briana é uma jovem de 23 anos bastante atrapalhada, por causa da sua má sorte e trapalhadas, vive sendo demitida o que é péssimo, pois precisa do dinheiro para ajudar a sua mãe e irmã a viver e manter a casa onde vivem.  Desde que perdeu o pai, elas vivem em uma apertada situação financeira e cada uma a sua maneira tenta, o seu melhor para contribuir.

É em uma entrevista de emprego que Briana conhece Gael, o rico dono de uma construtora, e como não podia ser diferente ela acaba se metendo em uma grande confusão antes da entrevista e quase é atropelada por Gael. Acontece que Gael não é apenas o dono da construtora para a qual Briana se candidatou a vaga de emprego, ele é também a cara do guerreiro Irlandês com quem Briana sonha diariamente desde os seus 18 anos. 

Gael é além de rico e bonito, um cara gentil e misterioso, depois de socorrer Briana ele a oferece o emprego, o qual ela, é claro, aceita. A relação entre eles é bastante divertida, Briana continue se metendo nas confusões mais divertidas e estranhas que se pode imaginar trazendo a Gael bastante diversão.

"O amor encontra alegria na felicidade do outro, porque não é feito de posse, mas de abnegação e doação."

Mas as coisas começam a mudar quando a relação deles passa a ser cada dia mais intima, as mudanças em Gael são nítidas para todos, principalmente aquele que o conheciam a anos, ele está mais leve, mais aberto, mais feliz e Briana cada dia mais apaixonada por Locan, seu guerreiro Irlandês e mais encantada por Gael, seu chefe.

As coisas mudam definitivamente quando Gael precisa ir a Irlanda a trabalho e Briana, como sua assistente pessoal precisa acompanhá-lo. Lá envoltos pelo clima medieval e intimista os dois acabam confessando seus sentimentos e descobrindo que há mais mistérios os envolvendo do que eles poderiam imaginar.


"Estou cansado de fingir que não te vejo, que não penso em você, que não te desejo, e de me sentir miserável por isso. Eu sei que você é capaz de entender o que eu digo. Eu sei que é, porque você é a única pessoa que realmente pode me ver por dentro."

Eu sou uma grande fã da escrita na Carina Rissi, com uma escrita leve e fluida e extremamente divertida a autora sempre me fisga nas suas histórias, e com Quando a noite cai não foi diferente. 

Nesse livro, além da história de Briana e Gael conhecemos também a de Lacan e Ciara, um guerreiro Irlandês, chefe de um clã e homem da terra e uma princesa criada para doar-se pelo seu povo, custe o que custar, mas o destino mudou a vida desses dois e depois de uma fuga arriscada Ciara e Lacan se conhecem e se apaixonam e juntos vão lutar pelo seu povo e pelo seu amor até seu ultimo suspiro.
Essas histórias estão entrelaçadas e são além de lindas muito interessantes, a Carina fez um ótimo trabalho ao envolver a cultura e as lendas Irlandesas nesse livro deixando-o ainda mais completo e fascinante.

Quando a noite cai é uma história repleta de clichês, mas quem não gosta de um clichê bem escrito não é? O problema para mim foi que nessa história a autora perdeu um pouco da sua originalidade, a maior parte parece um pouco do mesmo, e por isso a leitura foi um tanto arrastada para mim.

O final, no entanto, foi o mais decepcionante da minha opinião, eu imaginei que seria assim desde o começo, mas como a Carina tem uma maneira única de contornar as coisas e nos surpreender confesso que esperava um pouco mais do destino de Gael e Briana, não que o final seja ruim, mas depois de tudo o que eles passaram, eu acredito que eles mereciam um final só deles, e não foi o que aconteceu. É difícil explicar sem dar spoiler, por isso se vocês querem saber do que estou falando precisam ler o livro até o fim. 

Como eu disse antes, Quando a noite cai foi uma leitura fluida e eu realmente me senti presa nela até o fim, todo o mistério e lendas que a Carina escreveu nos envolve e não conseguimos largar a leitura, mesmo tão previsível como foi. Apesar de todos os poréns aqui descritos, essa leitura foi bastante agradável e por isso, sim, eu recomendo, principalmente aos leitores da autora, de romance, aqueles que curtem uma boa história com uma pitada de cultura e bom humor, e aqueles que curtem sonhar. Se tem uma coisa que a história da Briana e Gael nos ensina é acreditar nos seus sonhos, lutar pelo que acredita, entregar-se e sonhar. Sonhar que todas as barreiras podem ser vencidas e que nem tudo é tão ruim quanto parece ser. 

O trabalho da Verus está lindo, a capa está literalmente um sonho, a diagramação e revisão lindas. O tamanho da letra e as folhas amareladas dão um grande conforto na hora da leitura.

“- Já se apaixonou, sr. O’connor?
- Suspeito que possa estar a caminho disso.
- E como é?
- Confuso... Doloroso... Extraordinário... Em resumo,  melhor coisa que já senti.” Pg. 76-77
Onde comprar: Amazon / Saraiva 


SOBRE A AUTORA


Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.  Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. É autora de Perdida, Encontrada, Destinado, Prometida, Procura-se um marido  e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.