RESENHA || O ILUMINADO

Título: O iluminado || Autor: Stephen King || Editora: Suma de Letras || 
Ano: 1977 (versão original. A da SdL foi lançada em 2012)
                                           
          Avaliação: 
Onde comprar: Amazon / Saraiva

Jack Torrence consegue um emprego de zelador em um velho hotel, e acha que será a solução dos problemas de sua família: não vão mais passar por dificuldades, sua esposa não vai mais sofrer e seu filho, Danny, vai poder ter ar puro para se livrar de estranhas convulsões. Mas as coisas não são tão perfeitas como parecem: existem forças malignas rondando os antigos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança, e, inevitavelmente, um embate entre o bem e o mal terá de ser travado.

O iluminado é o "diário" da história de Jack Torrence, um ex-professor desempregado, e sua família. Casado e pai de Danny, o menino que está sempre conversando com seu amigo imaginário, Tonny, que o leva a ver coisas que podem (ou não) acontecer no futuro. Jack está sempre tentando se manter afastado da bebida, já que teve no passado problemas sérios por conta do álcool. Na busca de uma vida melhor para Wendy (sua esposa) e Dan, Jack aceita a proposta de trabalhar no hotel Overlook, na temporada do inverno, como zelador. Durante os meses que sucedem o rigoroso inverno, a neve os isolará de tudo e todos, já que apenas eles três ficarão no hotel.

Assim que Jack e sua família chegam ao Overlook, são recebidos, entre outras pessoas, por Dick, o cozinheiro, que se torna amigo de Danny. Eles se conectam de forma inusitada!

Inicialmente, tudo corre bem, mas as coisas começam a ficar difíceis quando o Overlook começa a acordar. Coisas estranhas aconteceram nesse lugar no passado, mas que insistem em voltar e atormentar o presente.


No decorrer da história, vemos a luta constante e crescente de Jack em não beber, e seu esforço para conseguir finalizar uma peça que está escrevendo há meses, mas sem sucesso.
Momentos críticos de loucura e sanidade começam a rondar os personagens, estreitando o laço da história e tirando o ar em muitos momentos.

O modo como o Stephen King detalha as cenas é incrível, deixando o leitor imerso nelas em muitos momentos.

Em O iluminado temos variações entre os sentimentos que margeiam a felicidade, o amor, o ódio e a loucura. Essa é uma obra muito conhecida do autor, tendo ganhado uma adaptação para o cinema, com o título de mesmo nome do livro.

No final dessa loucura, você vai saborear os momentos mais torturantes na vida dessa família fadada a um inverno regado a problemas e um final de tirar o fôlego.

Uma curiosidade sobre a obra é que o personagem Jack Torrence é a imagem semelhante do próprio King quando este era alcoólatra.

Outra curiosidade é que a Editora Record publicou no ano de 1977 o livro com uma capa nada a ver com a história (segue a imagem ao lado).
Pode-se encontrar as versões mais antigas em sebos e/ou internet (pros que gostam de colecionar).

É um livro com uma história que cativa muito. Talvez pela natureza que os personagens apresentam e pela forma como ela é abordada.

Quem gosta dos gêneros terror/horror, sabe que o King lidera, e não poderia deixar de indicar mais esse livro pra esse público.












Aguardo (como sempre) o feedback de vocês. Quem já leu, quais as considerações? E se você ficou curioso em ler, comenta também. Aguardando você!

Nenhum comentário