RESENHA || NO MUNDO DA LUNA

Título: No Mundo da Luna | Autora: Carina Rissi | Editora: Verus| Ano: 2015 | Páginas: 476

                                
          Avaliação: 
           Onde comprar: Amazon & Saraiva
A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção? Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor
Luna Braga, recentemente formada em jornalismo, trabalha para a revista Fatos&Furos, entretanto, não passa de uma mera recepcionista: passa seus dias atendendo telefonemas em sua cadeira rosa. Para piorar a situação, o chefe de Luna a chama pelo nome errado; seu carro vive quebrando e ela vive sem dinheiro para consertá-lo de vez. Já não bastasse tudo isso, o seu namorado ainda a traiu com a vizinha... é, realmente, a vida de Luna estava uma bagunça.

Trabalhando como recepcionista, Luna continuava em seu emprego com a esperança de receber uma coluna só para si, onde pudesse escrever o que quisesse, sobretudo sobre comportamento humano. Entretanto, devido às tecnologias, a revista está fadada a falência, e vários jornalistas estão saindo do emprego. Em virtude disso, Dante, o chefe de Luna, convoca uma reunião para falarem sobre o futuro da revista, e é aí que Luna consegue sua primeira coluna, a de horóscopos, que não era bem o que ela queria, afinal, mesmo sua família sendo completamente dominada pelas raízes ciganas, Luna não seguia esse caminho. Ela, porém, acaba aceitando a oferta, pois é uma chance de subir de nível na revista e também uma chance dela ajudar a revista, já que não havia outra alternativa, a não ser, cortar os gastos para salvar a Fatos&Furos.


Luna vai em uma loja cigana para encontrar algo que lhe ajudasse nessa difícil missão de escrever sobre horóscopos, pois ela nem mesmo acreditava naquela coisa de signos e zodíacos. Ela então compra um baralho que vai lhe auxiliando na escrita, e todos começam a elogiar seu trabalho, dizendo que o que ela escreve realmente acontece e que ela é uma ótima vidente. Todavia, Luna não acredita em nada daquilo, sabe muito bem que é uma charlatã e só está escrevendo, nada mais que isso. Mas, o que Luna não sabia, ou não queria acreditar, era que aquilo que ela escrevia para seu próprio signo, estava prestes a acontecer, trazendo uma paixão que viraria Luna ao avesso e a deixaria super feliz.

O livro se passa no ponto de vista da Luna e acho que isso me fez odiar um pouco - talvez muito - a personagem, pois tinha momentos da leitura que eu não a aguentava e só queria sacudi-la até ela se dar conta do que estava fazendo. Ela se tornou uma das minhas personagens mais odiadas do mundo literário, porque não tive muita paciência para ela (risos). Mas tudo se compensou com seu parceiro que acabou se tornando meu queridinho da literatura: um homem maravilhoso, juntamente com a cadelinha Madonna, foram os dois personagens que salvaram a minha leitura.


Carina Rissi escreveu uma história de amor, que envolve magia cigana e um delicioso humor. Como todas as suas histórias, essa teve um toque de divertimento ao leitor e rendeu algumas risadas ao longo do livro. É um livro que demorei para ler, pois cansava rapidamente da personagem principal, mas é um livro que quando você decide pegar pra valer, ele te conquista de verdade. Recomendo a todos aqueles que gostam de histórias de amor envolvendo porções de humor. Só tenham paciência com a Luna (haha), mas quem sabe ela não conquista vocês?
"Tenho que concordar com isso. Sempre pensei que uma pessoa é o que ela lê." (Pág. 112)
"É um saco quando a gente ta mal e alguém fica dizendo que vai ficar tudo bem." (Pág. 411)

SOBRE A AUTORA


Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.  Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. É autora de Perdida, Encontrada, Destinado, Prometida, Procura-se um marido  e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.

Nenhum comentário