RESENHA || NÃO ME ESQUEÇAS

Título: Não me esqueças | Autora: Babi A. Sette | Editora: Verus | Páginas: 350 | Ano: 2017

                             
      Avaliação:
        Onde comprar: Amazon / Saraiva

Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar
Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas.

“... se existirem ou vierem a existir outras vidas... e se, por algum infortúnio do destino u não encontrá-la em alguma delas, sei com toda a verdade da minha alma, que eu nunca a esquecerei.”

Eu tinha pensando em escrever essa resenha falando um pouco sobre os livros anteriores da Babi, no qual os pais da Lizzie se conhecem, se apaixonam se perdem... Ou quando os filhos nascem, sobre o amor devoto entre eles, sobre a imensa alegria que o leitor sente ao ler a palavra “fim” no livro, mas esse livro é tão completo, tão intenso, tão lindo, que vou começar por ele mesmo. 

Lizzie é uma jovem inteligente e muito a frente do seu tempo. Ela sempre foi apaixonada pelo povo e cultura Celta, amor esse herdado dos seus pais Arthur, duque de Belmont, e Katlelyn, sua esposa. Mas além desse amor por outra cultura, seus pais também a ensinaram a lutar por aquilo que a faz feliz e pelo verdadeiro amor.

É assim que, mesmo em meio a bailes, vestidos e carruagens, Lizzie continua a ter e alimentar a sua paixão pelo povo Celta, e fica muito feliz quando um grande partido começa a cortejá-la, apoiando-a a seguir seus sonhos, mas após uma decepção Lizzie decide que não pode confiar nos homens, pois tendo crescido rodeada pelo amor arrasador dos pais e a verdadeira devoção que o pai expressa pela mãe, ela não aceita menos que isso em sua vida, por isso dedica-se ainda mais aos seus estudos deixando de lado o que seria o sonho de qualquer dama da época: o matrimônio. 

Passados os anos, os pais de Lizzie começam a temer que ela nunca encontre alguém a quem amar e construir a sua própria família, é assim que, depois que ela se recusa a voltar aos salões de baile, seus pais decidem mandá-la para uma temporada na Escócia, nas Highlands que ela tanto ama e estuda. O que eles não podiam esperar é que Lizzie sofresse uma embocada e que sua vida corresse perigo. Mas tudo muda quando ela é resgatada por Gareth, o poderoso chefe de um clã, que arrisca a segurança de todos levando uma estranha para o meio deles.

“Muitas vezes, quando saímos em busca de nós mesmos, encontramos aquilo ou quem nos buscava.”
Após acordar Lizzie se depara em um maravilhoso castelo Celta, castelo esse que pode ser o que é tratado há tantos anos em uma lenda sobre um amor verdadeiro, mas ela não vai se deparar apenas com coisas boas, ela terá que enfrentar a desconfiança de todo um clã além do misterioso chefe Gareth, que desperta nela as mais diversas sensações, desde um medo imenso a uma atração irracional. 

Em um enredo cheio de mistérios, lendas, sonhos e uma dura realidade, Gareth e Lizzie tentam entender os propósitos que uniram os dois. Além, é claro, os sentimentos fortes que os atrai e os faz questionar se lendas tão antigas da cultura Celta podem ser na verdade, parte da sua própria realidade. 


“... mesmo nos contos de fadas, chega o momento de sair da floresta  e enfrentar as bruxas e os monstros. Talvez, na maioria das vezes, o pote de ouro esteja fora da nossa zona de conforto.”

Eu realmente não sabia o que esperar quando comecei a ler esse livro da Babi, mas posso garantir que me senti completamente encantada pela leitura. A Babi constrói nesse livro um enredo mágico e ao mesmo tempo real, que nos envolve e encanta de uma forma que torna impossível não devorar a leitura. 

Começamos a leitura já perdendo o fôlego ao ler a narrativa de um sonho da Lizzie, e daí em diante nos vemos diante de lendas e histórias que vão nos prendendo e envolvendo, quando notamos a leitura já chegou ao fim.

Lizzie é uma garota inteligente, forte e decidida, ela é a mistura perfeita dos seus pais, me senti extasiada com a personagem, pois a todo momento a Lizzie me fazia lembrar dos livros A promessa da rosa e A sombra da rosa, que contam a história dos seus pais. Além dela vimos os outros filhos de um dos casais mais intensos e apaixonantes do romance de época, e isso foi realmente encantador.

Decidida a não se render as regras impostas pela sociedade, Lizzie decide viver seus sonhos e por isso ela parte para as Highlands sonhando com algo mais que um casamento arranjado e uma casa para cuidar. Ela quer viver, sonhar, se apaixonar. E ela encontra tudo isso no clã e Gareth, um homem misterioso, intenso e apaixonante. Gareth sabe que levar Lizzie para dentro do seu castelo é errado, mas ele não consegue evitar. Ele é um líder e como tal impõe respeito e é sábio, mesmo quando todos os seus sentidos estão sendo confundidos pela forte atração que sente pela Lizzie. Não tem como não se sentir envolvido no amor e no conto de fadas de Lizzie e Gareth e se emocionar com todas as batalhas que eles vivem. 

“Eu não vou desistir, nunca... Porque, com ela, somente o “para sempre” teria sido suficiente.” 

Não me esqueças possui uma narrativa fluída, intensa, mágica. A Babi realmente criou o cenário de conto de fadas e colocou nele personagens reais e imperfeitos, sonhos, mistérios e muita magia, o que tornou a leitura linda e prazerosa. 

Fica difícil colocar em palavras a avalanche de sensações que esse livro proporcionou, eu amei A promessa da rosa e O despertar do lírio, mas nenhum deles foi tão perfeito quando esse. Com a dosagem certa de humor, drama, aventura, mistério, ação e amor, a Babi conseguiu criar o que eu considero o livro perfeito, pois isso eu digo, tire suas próprias conclusões ao realizar essa leitura, garanto que vocês não vão se arrepender.

Se você curte romance de época, obra nacional e uma leitura capaz de te despertar uma avalanche de sensações, esse livro é para você. Leitura muito mais que recomendada! 

“Que Deus lhe dê em cada tempestade, um arco iris...
Para cada lágrima, muitos sorrisos...
Que, a cada problema, a vida lhe traga alguém fiel com quem dividi-lo.”
SOBRE A AUTORA


BABI A. SETTE nasceu em São Paulo, porém até os doze anos morou em quatro estados diferentes do Brasil. Ama viajar e conhecer novos lugares, e escreve sobre as cidades do mundo que teve a oportunidade de visitar. Acredita que todo o lugar que conhece ela deixa um pouco de si e carrega um pouco do lugar consigo, chegando a carregar pedaços do mundo todo. Formada em Comunicação Social, sente-se metade socióloga e a outra, psicóloga. Isso porque ama as pessoas, as suas emoções e histórias.

7 comentários:

  1. Olá!! :)

    Nos últimos dias, tenho me deparado com inúmeras informações e opiniões respeitantes a este livro! Gostei de ler a tua opinião!

    Ainda bem que gostaste tanto! E que a leitura é assim tao fluida, numa obra nacional de tanta qualidade!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Fabi!
    Que resenha mais encantadora! Adorei conhecer suas impressões e ver o quanto você amou a leitura. Ainda não li nada da Babi, mas minhas expectativas estão nas alturas. Gostei muito da forma apaixonante como você escreve u e de conhecer a Lizzie, uma personagem que parece ser encantadora ao extremo. Achei muito bacana, também, você ter dito que ela é inteligente, apesar de achar que isso é uma característica presente em livros da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Fabi,
    Tudo?
    Estou muito curiosa em relação a esse novo livro da Babi. Tenho aqui comigo A promessa da rosa, porém ainda não consegui realizar a leitura até que fico na dúvida se um é continuação do outro, se preciso ler essa da promessa antes sabe?Enfim, sobre esse novo quero muito conhecer por todo esse clima de magia e romance eu tenho impressão que vou amar muito assim como você.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, em meio a tantos elogios a obra, eu fiquei bem curiosa em conhecer a escrita da autora, especialmente por ser nacional, o que já nos mostra que temos ótimos escritores. Gostei muito de conhecer o livro e se tiver oportunidade quero ler. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oie
    eu vi outras resenhas elogiando o livro. A capa é lindinha e eu morro de curiosidade de ler algo da autora pois parece ser muito talentosa, gostei da dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  6. conheci Babi na bienal retrasada daqui do Rio, mas infelizmente, nunca tive a oportunidade de ler algo dela.
    Sempre vejo inúmeros elogios a autora e resenhas tão apaixonantes como a sua, mas, sempre, por algum motivo, acabo não lendo....
    Vou anotar sua dica!!! Tentar reverter essa situação o quanto antes!! :D

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. olá, por mais que muita gente aprecie as histórias da autora eu nao consegui me conectar a escrita dela... =T essa premissa tbm não me instigou... mas fico feliz que vc tenha curtido muito a leitura...
    bjs...

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva