Resenha|| Contando Estrelas

Título: Duologia Contando estrelas | Autora:  Sinéia Rangel Editora: Independente | Ano: 2017 | Páginas: 529 


                  
      Avaliação:                                                  Onde comprar: Amazon
*Os livros são vendidos no box juntos
Box Duologia (Livros 1 e 2)
Fera e Amber estavam ansiosas pelo nascimento do seu primeiro filho, mas de repente, os sorrisos foram substituídos por lágrimas, a ansiedade por apreensão, e aquele que seria o momento mais importante das suas vidas foi sufocado pela dor.
Hope e Liam não tinham planos de ter filhos, seus sonhos seguiam em vias opostas e quando uma gestação inesperada se coloca em seus caminhos, eles precisam improvisar.
Duas histórias entrelaçadas.
Dois bebês que vão transformar a vida desses casais.
Juntos eles vão aprender que dor e esperança podem caminhar juntas, e que você pode chegar ao fundo do poço, mas cabe a você se reerguer.

“Nós somos perfeitos juntos, sou vendaval você é brisa. Eu baguncei a sua vida, você trouxe estabilidade à minha (...) ele é o nosso arco-iris.”

Contado estrelas, da autora Sinéia Rangel, é um box, uma duologia com duas histórias lindas, envolventes e emocionantes.

Na primeira, conhecemos a história do Fera e da Amber, e eu preciso dizer quão emocionante ela foi. Eles se conheceram ainda na universidade, ele como todo jovem bonito vivia cercado de mulheres e apesar de sempre estudar nas ultimas horas, tirava as melhores notas nas provas.

Ela também era uma nerd dedicada, mas ao contrário dele vivia uma vida mais calma e isolada, isso porque se sentia deslocada. Ao se conhecerem Fera se encanta não pela beleza externa, mas pela inteligência e beleza interna que a Amber exala.

“Estar com ela é como velejar em um mar de águas calmas, sem revoadas, não há ressacas ou tempestades, ao lado dela o tempo é firme. Posso fechar os olhos, se medo, quando os abrir sei o que encontrarei, o céu límpido, de um azul anil esplendoroso, ou um infinito de estrelas.”

Ele a convida para sair, ela então sugere uma aposta: se ele ficar três meses sem sexo, ela topa sair com ele. Fera, é claro, não foge ao desafio e 15 anos depois encontra-se ainda completamente apaixonado por ela.

Eles mantém uma relação sem rótulos, apesar de  afirmarem serem apenas amigos, eles mantém uma relação exclusiva desde que se conhecerem na biblioteca e apesar de ambos terem seu próprio apartamento, eles vivem praticamente juntos.

A necessidade de colocar rotulo a relação surge quando Amber revela estar grávida e a uma imensa alegria tomar conta do casal. Após uma breve conversa eles decidem ficar noivos o que gera muita alegria e piadas na família.

“Meu pai inventou uma brincadeira quando eu era criança, onde tinha que escrever um desejo em um pedacinho de papel, depois fazíamos uma estrela em origami e colocávamos embaixo do meu travesseiro para a mina mãe. Quando acordava a primeira coisa que fazia era olhar em baixo do travesseiro e saia correndo pela casa, gritando que a mamãe veio nos visitar.”

Tudo transcorria bem, até que a gravidez da Amber teve algumas complicações, mas com sua força e apoio do Fera, ela conseguiu levar a gestação até o fim. Mas após o nascimento da Hope, uma situação trágica assola a família. Fera, como o maravilhoso homem que sempre se mostrou desde o começo dedica a sua vida a sua filha e esposa, até que ele sente que a está perdendo e que o grande amor que sua esposa sentia por pode ter acabado durante os 3 últimos anos.



 Hope e Liam - Livro 2

“Viajei além das estrelas para descobrir que meu sonho estava nas minhas mãos o tempo todo.”

Conhecemos a Hope e o Liam ainda na história do Fera e da Amber, então já sentimos muito empatia pelo casal. Eles são namorados desde muito jovens e sempre se mantiveram perto um do outro, mas Hope é uma menina muito inteligente e seu QI muito acima da média a faz ter plenos literalmente estelares.

Com o sonho de viajar para marte, Hope se inscreve para um treinamento de isolamento junto com alguns outros participantes, para isso, ela ficará fora por um ano. Liam apesar de triste entende que a Hope precisa lutar pelos seus sonhos e a apoia profundamente.

Mas um ano depois, Hope volta para casa com uma noticia um tanto inusitada, ela está grávida, e isso pode  destruir não apenas o seu relacionamento, mas os sonhos do Liam.

Depois do choque inicial, Liam vê naquele bebê a oportunidade de realização do seu sonho, por isso aceita Luna como sua filha sem nenhuma restrição ou rancor. Mas com uma gravidez tão cheia de dor, Hope acaba passando por uma situação muito triste, deixando nas mãos de Liam a necessidade de lutar pela vida da filha, o amor da mulher que ama e a felicidade da sua família.

“- Estou feliz que você encontrou um homem que não se incomodou em te carregar nos braços quando foi preciso.
- Estou feliz por não ter desistido deles.”

Gente do céu, que histórias foram essas? O Fera e o Liam são a minha definição perfeita de homem, que para mim não é aquele pegador ou que acha que deve manter a casa enquanto a sua mulher pilota um fogão, mas aquele que se entrega, que apoia os sonhos da mulher que ama e está ao lado dela, que suporta dor e sofrimento, que não põe as necessidades do corpo acima das necessidades do coração e acima de tudo que ama sem medida.

Mais uma vez a Síneia nos presenteia com histórias lindas, fluidas e inspiradoras. Acompanhamos o amor e devoção que o Fera e a Amber nutrem um pelo outro, a sua alegria com a chegada do bebê e principalmente a sua vida pela vida e pela felicidade. E  a chegada inesperada da Hope, mas tão cheia de amor e de esperança.

Eu acredito que a escrita da Sinéia, se assemelha muito a da autora Colleen Hoover, elas conseguem escrever histórias que nos fascinam, nos deixam completamente apaixonadas e com o coração transbordando de paz e alegria. Em seguida é como se elas pegassem nosso coração em suas mãos e os espremessem nos deixando atônicos e emocionados, e por incrível que pareça, essa não é uma sensação ruim.

Com essas histórias a autora nos fala sobre o amor, sobre a amizade, a família e a entrega. Ela nos faz perceber o quanto é importante se colocar no lugar no outro, e entender e apoiar seus sentimentos. Ela nos encanta, nos deixa extasiados e, sobretudo, esperançosos.

Amei, sofri e me emocionei muito com essas histórias, por isso se você curte uma história de amor que foge do convencional e promete te arrancar boas risadas, suspiros e quem sabe até algumas lágrimas, essa dica é para você, mas vou logo avisando, prepara o seu coração para mais duas histórias lindas e emocionantes dessa autora, que é um super talento da literatura nacional. 

“Não prometo te dar as estrelas, porque elas estão fora do meu alcance, mas prometo abraçar seus sonhos como meus, não importa que isso signifique ficar meses ou até anos separados, esperarei por você e te amarei todos os dias da minha vida.”

  SOBRE A AUTORA

Sinéia Rangel nasceu no interior da Bahia e encontrou nos livros refúgio e passaporte para um mundo infinitamente maior do aquele à sua volta. Psicóloga, geminiana, viciada em livros, filmes, seriados, música e chocolates, e uma eterna apaixonada por poesias, rock e histórias de amor. 
   

Nenhum comentário