RESENHA || DOM

Título:  DOM (Trilogia protetores - Livro 1) | Autora:  Anne Marck Editora: Amazon | Ano: 2017 | Páginas: 336
                            
Avaliação:                         
     Onde comprar: Amazon / Pré venda físico

Dominic carrega uma história de superação de uma infância miserável lutando para proteger a si e seus irmãos mais novos dos perigos de viver nas ruas. Boas oportunidades apareceram, ele se tornou um grande cara e tomou para si a missão de fazer com que outros não passem pelo que ele passou.
Luna é jovem, estudiosa, que se viu arrancada de sua vida estável e encontra-se sob a mira de um padrasto ganancioso. Ela teve que fugir e agora precisa lutar por sua sobrevivência.
Revirando o lixo do Centro Comunitário administrado por Dominic, em busca de comida, Luna é pega em flagrante por ele.
Ela quer fugir. Ele quer protegê-la.
O que Dom não esperava é que a menina se enraizasse sob sua pele. Ela é jovem demais para seu gosto e ele tem sua própria demanda de satisfação. Resistir a forte atração pela garota inocente possivelmente será o seu maior desafio.
DOM, o primeiro livro da trilogia Protetores, traz a história de Dominic, um homem cujo instinto protetor é talvez sua mais evidente característica.

Dominic é um homem forte e decidido. Quando criança, após perder a mãe para as drogas e dois irmãos mais novos para a fome, ele decidiu que não perderia mais ninguém que amava ou os perigos de viver nas ruas, assim ele tomou para si a responsabilidade de cuidar deles.

Tempos depois, Dom e seus irmãos foram adotados por um casal francês que cuidou deles como filhos, lhes dando amor e uma boa condição de vida. Após o falecimento dos seus pais adotivos, Dom assumiu o negócio da família, mas depois de um tempo, passou o negócio para os seus irmãos e buscou fazer aquilo que realmente lhe interessava: cuidar dos mais necessitados. Assim, com a ajuda de alguns voluntários, Dominic criou o centro comunitário no qual recebe, cuida e alimenta alguns moradores de rua.

É lá que Dominic, ao monitorar um rapaz que todas as noites vasculha o lixo em busca de comida, mas sempre que é abordado escapa sem deixar rastros, espreita em um canto escuro enquanto aguarda pacientemente o tal rapaz aparecer, e ele vem. Mas quando Dominic o aborda o rapaz tenta fugir, Dom então o encurrala e para sua surpresa vê em seus braços uma garota suja, magra e faminta.

"Dom, sim, ele tem um dom, de dar a si mesmo sem pedir nada em troca, de colocar a necessidade das pessoas á frente da sua. Dom de salvar vidas como ele fez com a minha."
Luna tinha tudo o que uma pessoa pode desejar.  Uma família feliz, dinheiro e muito amor.  Depois que seu pai morreu eram ela e sua mãe contra o mundo, até que sua mãe decidiu casar-se novamente mudando a vida de todos de uma forma drástica. 

Após um acidente de carro matar a sua mãe, Luna tem certeza de que não foi um acidente e sim um assassinato a mando do seu padrasto. Depois de fugir do hospital, no qual estava após o acidente, e de ter sofrido outra tentativa de assassinato, Luna passa a viver nas ruas sem ter para onde ir ou o que comer. Após ser surpreendida enquanto vasculha o lixo Luna perde as forças para a fome e a fraqueza que seus ferimentos lhe causam. Ao acordar ela se vê na casa de Dominic, sem saber em quem realmente pode confiar ela foge, deixado-o confuso, com raiva e desesperado.

O senso de proteção de Dominic está com tudo quando ele sai às ruas atrás de Luna. Não é apenas isso, a menina ruiva tem um apelo maior sobre ele, e mesmo sabendo que debaixo de todas as feridas que cobrem seu corpo ela tem um grande segredo, ele não consegue deixar de se sentir atraído por ela.

"... um dia cheguei a acreditar que eu estava destinado a estar sozinho, apenas servir meu destino,e honestamente, eu estava bem com isso. Mas então, a menina chegou revirando tudo, a começar pelo lixo, e transformando a minha vida."
Luna vê em Dom mais quem um protetor, mas um homem que ela deseja, em quem pode confiar, mas estar perto dele o põe em perigo, e por isso, apensar de se sentir atraída, ela não vai deixá-lo estar sob sua pele, pelo menos até que Dominic mostra que está com ela para tudo e que não vai a lugar algum.

Após a grande divulgação que vi no facebook sobre esse livro, me rendi a essa leitura. E posso dizer a vocês que foi uma leitura maravilhosa. Dom é um homem forte que sofreu na vida e vê na ajuda ao próximo uma forma de aplacar um pouco a dor que sente pela perda dos irmãos mais novos . ´

É esse sentimento de proteção que o aproxima de Luna, mas não é ele que o deixa próximo dela. Luna passou por muita coisa na vida. Ela é uma mulher forte e decidida e não precisa de um protetor, pois ela quer lutar a suas próprias batalhas.

"Eu estou no céu. Ela é meu próprio pedaço de paraíso, e eu nem sei o que fiz para merecer isso."
DOM é uma leitura muito boa. A autora nos prende desde o prólogo, e nós não conseguimos descasar até chegar a ultima linha. A história é fluída, instigante e viciante. Os personagens são fortes e nos cativam despertando um forte sentimento de empatia, nesse enredo viciante.

Um romance com uma pitada de drama, mistério e ação, Dom é uma história completa. Daquelas de arrancar suspiros e nos deixar extasiados. É um orgulho dizer que esse livro é uma obra nacional de tão grandiosa que ela é. Eu li, me encantei e super recomendo esse livro para todos queles que curtem uma história fluida intensa e muito bem escrita.



Anne Marck é escritora, curitibana e viciada em livros.

Nenhum comentário