RESENHA || O TREINADOR DO MEU SOBRINHO

Titulo: O treinador do meu sobrinho | Autora: Vanessa Gramkow | Editora: Ella 
Ano: 2017 | páginas: 146

                             
            Onde comprar: Amazon 
          Avaliação:

Duda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle... até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.
''... ninguém é feliz sem amor de verdade!"



O treinador do meu sobrinho foi um livro que me prendeu desde a capa. Além dela, o título também é bastante sugestivo, ou seja, esse livro veio exclusivamente para chamar a atenção e conseguiu. Ele conta a história de Duda, uma ex-modelo famosa e fotografa por vocação, ela tem o que podemos chamar de medo da vida. Aos 28 anos, após perder os pais e ser criada pela irmã mais velha, ela construiu muros em seu coração mantendo todos de fora, amigos, pretendentes e até mesmo a sua família.

Por outro lado, mesmo mantendo certa distância de sua irmã, cunhado e sobrinho; eles são tudo o que Duda tem, e o que mais ama na vida. É por isso que ela aceita dar de presente ao seu sobrinho o que ele tanto almeja, um book feito no campeonato de tênis que ele vai disputar. Por isso Duda, decide deixar tudo, e vai ao encontro da sua família.

Na primeira noite, antes de chegar ao hotel, Duda decide descer do táxi e sair pelas ruas fotografando a animação das pessoas na comemoração do carnaval. Ela encontra um bêbado chato que a atrai de forma indecente e a tira do sério na mesma medida.


"Tirei a foto dele no exato momento em que arrumava o cabelo e recolocava o boné virado, os primeiros raios de sol estão refletindo contra o seu rosto."

Depois de um ou dois beijos, e um convite recusado para uma noite de aventuras, Duda finalmente encontra a família, mas o que ela não esperava era encontrar também o bêbado irritante da noite anterior, nem que ele fosse justamente o treinador do seu sobrinho, a quem o menino adora e quem deseja com todas as forças juntar à sua tia.

O problema é que a atração entre ambos é enorme e, nem mesmo todo charme e carinho de um ex-namorado lindo é capaz de mudar os pensamentos de Duda. Logo após uma noite de aventura, ela descobre que André esconde um grande segredo. A mulher decide que o amor definitivamente não é para ela, ou pode ser que seja, porém não com o homem que ela aprendeu a amar tão intensamente.

Muita coisa acontece depois disso, decisões são tomadas, lições são aprendidas e explicações são feitas, mas será que Duda tem razão em desistir definitivamente do amor?

"Você me completa, Duda! E sei que você precisa de mim, quero ter você sempre deitada no meu colo, quero acariciar o seu rosto, quero protege-la por toda a vida...' p. 104

O treinador do meu sobrinho foi uma leitura leve. Aquele tipo que devemos fazer sem muita expectativa. A história é boa e o enredo diferente é certamente um grande diferencial nele. Apesar de sentir falta de uma escrita mais rebuscada e um aprofundamento maior em alguns pontos eu gostei bastante da leitura. Nesse livro a autora mostrou para o que veio e que tem muito potencial, por isso espere grandes coisas de próximos lançamentos.

Se você gosta de romance leve esse livro é para você. Não é hot, por isso não espere cenas picantes, mas uma história sensual, cheia de beijos roubados, amassos e muita azaração.

            SOBRE A AUTORA:

Vanessa Gramkow nasceu em 22 de setembro de 1982, na cidade de Presidente Getúlio (SC), onde permanece morando com seu marido e filho. Formou-se em Pedagogia, com especialização em Educação Infantil e Anos Iniciais, e atua profissionalmente como professora, área na qual adora trabalhar, pois não apenas transmite conhecimento como também sabe que educar é um ato de amor.

8 comentários:

  1. Obrigada pelas sinceras palavras, a resenha foi magnífica!
    Pretendo a cada dia, aperfeiçoar meu potencial, para próximos livros, e vocês resenhistas, auxiliam muito nessa evolução.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa, muito obrigada pela oportunidade de ler o seu livro e parabéns, desejo muito sucesso pra você e espero poder continuar acompanhando a sua carreira.
      Obrigada por ler essa resenha e pelas suas belas palavras. Espero ter contribuído de alguma forma e tenha certeza de que indicarei essa leitura sempre que puder.
      Beijos <3

      Excluir
  2. Ola! :)

    Eu confesso que nunca tinha ouvido falar neste livro mas ainda bem que gostaste ds fazer a leitura, mesmo que sem muitas expectativas.

    Enfim, ainda bem que a leitura e leve e flui bem, mas nao e o tipo de romance que me chame a leitura! Ahahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas infelizmente não leio muitos romances contemporâneos. Bem legal que a história tenha um enredo diferente, para quem curte romances deve ser uma ótima leitura. Sua resenha ficou ótima!
    Beijos,
    Karina.
    Páginas Empoeiradas

    ResponderExcluir
  4. Quando vi a quantidade de páginas também fiquei me perguntando se a escritora saberia desenvolver os personagens e os acontecimentos, ainda assim parece ser um livro bem envolvente e gosto de leituras leves. Além disso, imagino como deve ter sido pra personagem estar com uma pessoa mas pensando em outra.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Fabiana, desde que andei vendo essa capa e esse título fiquei interessada, pois achei bem sugestivo.
    Parece ser uma história bem gostosa de ler. Me interessei bastante.

    ResponderExcluir
  6. Se mesmo sentindo falta de um aprofundamento você gostou da leitura, é sinal que a narrativa cativa.
    Não conhecia a obra, mas não encontrei um diferencial na proposta desse romance que despertasse minha curiosidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá. Eu já li algumas resenhas desse livro, sempre elogiando, não vi ninguém trazer essa relação da escrita precisar ser mais rebuscada, achei isso curioso, estou aqui matutando sobre a razão de você ter escrito isso, deu até vontade de ler a obra para descobrir.

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva