RESENHA || DOMINIC

Titulo: Dominic (Irmãos Slaters 1) | Autora: L.A. Casey | Editora: Bezz | Ano: 2017 | páginas: 231

                             
               Onde comprar: Saraiva / Loja Bezz
          Avaliação:

Depois de um acidente de carro que matou seus pais quando ela era uma criança, Bronagh Murphy escolheu a isolar-se das pessoas num esforço para manter seu futuro longe de sofrimentos. Se ela não se aproximar de pessoas, falar com elas ou conhecê-las de qualquer forma, ela conseguirá ficar sozinha, do jeito que ela quer. Quando Dominic Slater entra em sua vida, ignorá-lo é tudo o que ela tem que fazer para chamar sua atenção. Dominic está acostumado a chamar atenção, quando ele e seus irmãos se mudam para Dublin, na Irlanda, para cuidar do negócio da família, ele ganha a atenção de todos. Todos, exceto da bela morena com uma língua afiada. Dominic quer Bronagh e a única maneira que ele tem de chegar até ela, é arrancá-la do seu isolamento voluntário, e ele vai fazê-lo da única maneira que sabe pela força.
Dominic a quer, e o que Dominic quer, Dominic pega!

O que Dominic quer... Dominic pega...

Bronagh Muph é uma jovem de 17 anos que após perder seus pais em um acidente de carro passa a ser criada por sua irmã mais velha Branna. Mas o acidente não tirou de Bronagh apenas os seus pais, ele tirou também a capacidade dela de se apegar às pessoas, ou melhor, de deixar que as pessoas se aproximem por medo de perde-las como aconteceu com eles. É por isso que Bronagh é uma garota tranquila, que usa seu tampo livre para estudar e ficar em casa e não está muito interessada em fazer amigos.

Até que um dia ao chegar à escola ela dá de cara com dois rapazes lindos, os gêmeos Damien e Dominic Slater. Uma antipatia logo gerada entre Bronagh e Dominic, depois que ela o esnoba e ao tentar se livrar dele acaba chamando a atenção de toda a escola para si, acabando assim com os seus planos de passar despercebida.

Dominic Slater percebeu Bronagh e é ai que a história começa. Mesmo que Bronagh tente evitá-lo ele está disposto a tornar a vida da garota um inferno. Bronagh, porém começa a reagir perturbações de Dominic, com uma língua afiada e muita inteligência estando sempre pronta para responder a altura as provocações dele.


“Precisava ficar longe de Dominic, ele era perigoso.
E eu não gostava de coisas perigosas.” Pág. 58
O que todo mundo começa a perceber, no entanto, é que Dominic está querendo mais do que apenas perturbar a Bronagh, ele tem uma reação super protetora com ela, e como ela o rejeita e evita o tempo ele tenta chateá-la para chamar a atenção. No típico "Quem desdenha quer comprar" começamos e entender que na verdade Dominic está apaixonado e quer conquista-la.

E a situação só piora quando Bronagh cansada das brigas e xingamentos de Dominc tenta esquece-lo de vez saindo em um encontro com Gavin, um rapaz muito gentil e atencioso que estuda com eles. Dominic não consegue controlar o seu ciúme, e fazer com que ela assuma também sentir algo por ela torna-se seu objetivo.
“- Acho que você nem sabe o quanto é linda Bronagh – Dominic ronronou  no meu ouvido. – Você é diferente de todas as garotas dessa escola. Não está no patamar delas, pois tem o próprio.”  
Decididos a tentar descobrir se a atração entre eles é maior que a vontade de matar um ao outro, eles decidem dar uma chance e iniciam um relacionamento, mas é claro que não serie Dominic e Bronagh se tudo fossem flores, e as confusões estão longe de terminar.  Bronagh começa a conhecer melhor a família e os segredos dos irmãos Slater.  Agora ela tem que ver se é forte o bastante para dobrar Dominic, enfrentar o medo de perder as pessoas que ela ama, se abrir não apenas para ele, mas também para os seus irmãos Ryder, Alec, Kane e Damien, e enfrentar os perigos que está com os irmãos Slater acarreta. 

Dominic é um livro intenso, hot e divertido. É inegável que a autora tem uma escrita fluida e que a história é muito boa, cheia de reviravoltas e surpresas. Não tem como você não se envolver com os irmãos Slater a medida que eles vão surgindo na história. Branna e Alana são duas personagens que também nos encantam.


“- Odeio você! Coloquei para fora.
O olho esquerdo de Dominic tremeu.
-Odeio você também.
E então ele assaltou a minha boca com a dele e me beijou com a fome e intensidade que me surpreenderam.” Pág. 79
Não posso negar que o Bullyng que o Dominic pratica contra a Bronagh me tira do sério. Como assim você quer conquistar uma garota chamando-a de “Puta” e “Vadia” o tempo todo? Mas bem, são essas imperfeições nos personagens que tornam a história tão real e interessante. São personagens quebrados, errados e em amadurecimento, que fazem com que apesar dos momentos irritantes do livro não consigamos larga-lo até o final. 

Esse livro é a versão 2017 da editora Bezz, a capa, tradução, revisão e diagramação estão realmente um amor. Um ótimo trabalho da editora.

Se você curte um romance hot, recheado de segredos, luta, ação e uma boa pitada de drama, esse livro é para você. Eu li e recomendo, e digo mais, a partir dos próximos livros a serie vai ficando mais madura, intensa e interessante. Por isso, segue comigo, com editora Bezz e com os irmãos Slater, porque essa serie vale muito a pena.

“- Você quer casamento e bebês comigo?
  - Quero tudo com você. Você é meu tudo.” Pág. 197

13 comentários

  1. Oie, não conhecia o livro, porém gostei porque é um estilo rot, nunca li livros desse estilo. Irei coloca-lo na minha lista.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fabiana. Eu gosto muito de livros de gênero e muito mesmo dos livros da Bezz, mas esse não me despertou interesse, parece que muita coisa na leitura me incomodaria e prefiro não ler um livro quando me sinto assim. Mas achei legal você ter curtido a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bea, tudo bem?
      Muita coisa me incomodou nessa leitura, mas não sou de desistir rsrsrs
      O que foi bom, pois nesse livro somos apresentados aos demais Slaters e a introdução das próximas histórias o que foi ótimo, pois te garanto as próximas histórias são muito melhores.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, achei meio estranho isso de ele gostara dela mas ficar maltratando, esse lance do ciúme também não me agradou muito, acho que essa relação pode ser bem problemática, ainda mais sendo a protagonista uma adolescente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também não curti essa forma de “Expressar” que era interessado nela nem a explicação que a autora deu afirmando que era a forma dele de chamar a atenção. Mas não desanima não os próximos livros são muito bons.

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Gosto muito do gênero, mas a forma que o Dominic trata a Bronagh pq quer conquistá-la me fez perder qualquer interesse na leitura, odeio caras assim na vida real e na literatura tb.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angelica, tudo bem?
      Confesso que ao ler esse livro senti a mesma coisa que você, mas ainda bem que não desisti da serie pois os próximos livros são bem melhores.
      Como você curte o genero, recomendo as próximas leituras. Beijos

      Excluir
  5. Oi, Fabiana :)
    Desconhecia essa obra. Só posso dizer que essa capa é muito quente!!!
    Lendo as suas impressões já caímos na clichê perda dos pais e declino da protagonista. Esse ponto já me causou sono, mas lendo o restante da resenha senti uma coisa: raiva pelo Dominic!!!
    Chamar a protagonista de puta? Sério? Definitivamente não dá para gostar de um personagem assim mesmo ele sendo todo tesudo como parece ser. Isso nunca vai ser uma cantada para conquistar alguém, não aconselho a ninguém usar esse método mesmo sabendo que ele é muito usado na vida real. Não é a toa que tanto gays sofreram na mão de valentões porque os mesmos nutriam sentimentos daqueles em que eles maltratavam.
    Em nenhum momento amor deve ser sinônimo de violência, chacota ou bullying!
    Mas fico feliz em saber que a autora tenta trabalhar personagens quebrados e imperfeitos.
    Parabéns pela resenha e que venha impressões das outras obras da série. Espero que os outros irmãos Slayer não sejam babacas como Dominic me parece ser.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Ah esse livro está entre meus desejados tem tempo <3 Sempre me interessei pela sinopse, e sua resenha me deixou mais motivada ainda. De fato esse bullying inicial pode me incomodar, mas vamos ver como reagirei. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Carol, tudo bem?
      Leia sim, algumas coisas incomodam (pelo menos pra mim foi assim) mas a história é boa, sem falar que somos apresentados aos demais irmãos Slaters e as histórias deles são bem melhores. Beijos e boa leitura

      Excluir
  7. OiiI!

    Eu não tenho o costume de ler hots, mas eu gosto da rapidez em que as obras se passam, a leitura flui muito bem!
    Gostei de sua resenha e acho que também me incomodaria com o que você citou do bulling e tals...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Aonde posso ler em pdf?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Em PDF não há. Você pode encontrar o E-book na amazon (como tem na descrição) ou comprar o livro físico! Beijinhos

      Excluir