RESENHA|| CONFESSE



Título: Confesse | Autora: Colleen Hoover | 
Editora: Galera Record | Ano: 2017 | Páginas: 320
Avaliação: 
Onde comprar: Amazon
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.


Cá estou eu aqui mais uma vez trazendo uma resenha, de outro livro, dessa autora maravilhosa que emociona e surpreende a cada livro que escreve. Com uma escrita cativante e encantadora, Colleen, neste novo romance continua trazendo lágrimas e suspiros para os seus leitores. Quem já me conhece sabe que não é novidade o meu amor pela CoHo, e a cada livro que surge, sempre fico ansiosa para ler e conhecer a história e o que a autora criou para nós.

"Todos os dias da minha vida eu sinto como se estivesse tentando subir por uma escada que só anda para baixo. E não importa o quão rápido ou quanta força eu faça para correr e atingir o topo, eu continuo no mesmo lugar, correndo, sem chegar a lugar nenhum."

Neste livro não foi diferente, com um prólogo de arrancar lágrimas, a autora já inicia o livro com uma cena arrasadora e de cortar corações. Logo no início somos apresentados a um fato ocorrido na vida de Auburn e não há como deixar de se emocionar com a cena. Entretanto, o livro se inicia mais ou menos 5 anos após esse ocorrido. Auburn é uma garota de quase 21 anos e teve que se mudar para o Texas por um motivo até então desconhecido. Ela trabalha em um salão de beleza e divide apartamento com sua colega Emory, ao precisar de um advogado, por outro motivo desconhecido, Auburn percebe que o seu único emprego não vai conseguir dar conta de pagar o advogado, portanto, ela sai em busca de outro trabalho para juntar dinheiro suficiente e conseguir fechar o acordo. 

No caminho da sua casa, como que por destino, ela encontra uma placa em uma das casas da rua, alertando que estavam contratando. A garota fica em dúvida se deve bater ou não, afinal, não sabe do que se trata aquele local, mas ao conferir a janela do lugar, ela encontra vários papéis com confissões escritas e sente curiosidade por conhecer aquele local. Por outro lado, antes de ter tempo de pensar se deve entrar ou não, um garoto aparece na porta e a interrompe dos devaneios, perguntando se ela é a garota certa para salvá-lo. A partir daí, Auburn entra no local e decide conhecer melhor o tipo de emprego que aquele lugar pode oferecer.

É ai que surge Owen, dono do local, que na verdade é um ateliê, onde toda primeira quinta-feira do mês expõe suas obras e permite que as pessoas possam admirá-las e comprá-las, e que precisa urgentemente de uma contadora para cuidar do seu negócio com os quadros, já que a sua antiga assistente não compareceu. Entretanto, Auburn passa a perceber que suas obras não são apenas obras comuns, são obras inspiradas em confissões que as pessoas deixam em sua porta todos os dias. Cada quadro possui uma confissão como inspiração e é isso que mais encanta porque cada quadro consegue ser único, baseado em vidas reais, em segredos.

Como o emprego paga super bem e Auburn precisa desesperadamente do dinheiro, ela aceita trabalhar lá.  Tudo começa a se desenrolar, pois eles passam o resto do dia juntos se conhecendo. Mas como em todo livro da Colleen, muitos problemas e segredos de ambos influenciam para que eles não fiquem juntos. Ao longo do livro vamos nos deparando com os vários desafios que eles precisam enfrentar para superar as dificuldades e recuperar o relacionamento.


Esse livro me encantou bastante e embora não seja o melhor da CoHo, ele cumpre bem o seu papel de nos emocionar. Agradeço por existir uma escritora tão talentosa em nossa literatura mundial. É um livro que mexeu muito comigo, porque mostra a força de uma amor verdadeiro, o quanto nós conseguimos superar e suportar pelo amor. É o primeiro livro da autora que eu não choro, apenas derramei poucas lágrimas, e isso foi o que mais me surpreendeu, pois ao iniciar a leitura achei que iria desidratar como em todos os outros, mas é um livro incrível e maravilhoso, indico a todos aqueles que amam a autora, que amam New Adult e que precisam de um livro que as façam acreditar no amor e saber que ele pode curar tudo.
"Quem sabe? Se for mesmo pra ficarmos juntos, se o destino realmente existir, talvez algum dia desses ela apareça na minha porta."


Nenhum comentário