RESENHA || MUNCLE TROGG - O MENOR GIGANTE DO MUNDO


Título: Muncle Trogg - O menor gigante do mundo | Autor: Janet Foxley | Editora: Intrínseca |                                       Ano: 2012| Páginas: 224

                                           

                      Avaliação:
                            Onde comprar: Saraiva
Os gigantes vivem no topo do Monte Grumble, escondidos dos humanos que estão lá embaixo. Mas nem todos são realmente grandes. Muncle Trogg, por exemplo, é tão pequeno que acaba virando alvo da zombaria dos outros. Chateado, decide descer a montanha e dar uma olhada nos tais pequeninos, com quem dizem que ele se parece. E o que Muncle descobre é de fato surpreendente. Um meigo e encantador conto de fadas às avessas, 'Muncle Trogg - O menor gigante do mundo' é o primeiro volume da série protagonizada por Muncle, Emily e o dragão Snarg, que irá arrancar gargalhadas dos jovens leitores.

Olá leitores. Mais uma vez trago para vocês uma resenha super especial. Primeiramente vou contar a vocês um pouquinho do que aconteceu esta semana e o quanto isto significou para mim.Tenho uma irmãzinha com Síndrome de Down, chamada Giovana. Ela sempre me observa rodeada de livros e sempre me pergunta se faria a resenha de tudo que estava lendo.

Quando expliquei a ela que eu lia para postar a resenha e que muitos leitores vinham até o Blog para ler o que eu escrevia, ela mais do que depressa pegou um livro que tinha ganhado há pouco tempo e começou a ler.

Certamente eu acharia esta situação muito normal, até que decidi perguntar o motivo pelo qual ela teria pegado o livro naquele momento. Eis que a resposta dela me encanta: "Eu quero resenhar igual a minha irmã"Aqui, pude me deliciar com o significado da expressão "você é meu exemplo", e me orgulhei de estar passando este maravilhoso hábito da leitura para quem mais amo.

Agora, tudo que estiver nesta resenha, foi a própria Giovana quem disse. Espero que gostem!

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 


Muncle é um gigante super fofinho. Mas ele é muito diferente dos outros gigantes: Muncle é o menor gigante do mundo. 

Os gigantes tem muito medo dos pequenotes. Conta a lenda que os pequenotes são seres mágicos e que podem destruir todos os gigantes. Na escola eles estudam muito sobre estes seres mágicos e é o único assunto que Muncle se interessa pela história. 

Certo dia, Muncle decidiu visitar a Vila dos Pequenotes e ficou ainda mais encantado. Lá ele conheceu Emily, uma pequenote muito linda e descobriu que a realidade não era nada parecida com o que eles ensinavam na escola. 

"Era o único gigante que tinha condições de se disfarçar se vestisse as roupas de um Pequenote. Ninguém além dele poderia ir até a cidade dos Pequenotes e descobrir como aprender a ler."

Depois de todas suas descobertas sobre o fantástico mundo dos pequenotes, Muncle começa a perceber que mesmo com todas as diferenças, ele é muito especial e inteligente. Ele consegue salvar os Gigantes da Invasão dos pequenotes, e é muito bem recompensado pelo Rei e toda sua família. 

"Muncle ainda não se acostumara com sua condição de novo Sábio Homem. Ele podia até ter salvado os gigantes ao fazer com que os Pequenotes bobos pensassem que o monte das Lamentações era um vulcão - muito embora os gigantes soubessem que as montanhas não explodiam-, mas havia acabado de sair da escola e sentia -se um pouco assustado por desempenhar uma função tão importante.". 

A história é muito emocionante e nos mostra que não devemos colocar nossas diferenças como um problema. Todos nós somos diferentes uns dos outros e são nossas diferenças que nos tornam especiais. 

"O que Muncle descobre é que de fato é SURPREENDENTE.". 



2 comentários

  1. Amanda: Primeiramente, parabéns por ser essa pessoa incrível que você é. Tenho certeza de que você é um ótimo exemplo para a Giovana.
    Giovana: Parabéns por seguir o exemplo da sua irmã, por ter pego um livro para ler e por ter escrito essa resenha linda que me fez chorar. Não conhecia esse livro e não faria a leitura pela capa, mas você me convenceu! Você usou palavras incríveis para descrever a história, principalmente, "A história é muito emocionante e nos mostra que não devemos colocar nossas diferenças como um problema. Todos nós somos diferentes uns dos outros e são nossas diferenças que nos tornam especiais". As nossas diferenças, como você disse, nos tornam especiais. Espero ser especial para alguém um dia.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi amada, parabéns pelo blog! faço parte do blog Agenda dos Blogs, estou te seguindo, beijinhosssss

    ResponderExcluir