RESENHA || A TEIA DOS SONHOS

Título: A Teia Dos Sonhos | Autora: Karine Aragão | Editora: Muiraquitã | Ano2016 | Páginas: 301
                     
    Avaliação:
          Onde comprar: Amazon

Com uma narrativa envolvente, A Teia dos Sonhos apresenta aos jovens leitores a beleza e o poder da amizade, a dor de uma perda, o caminho da superação e, no meio do caos, o amor. Uma história sobre a difícil tarefa de crescer e aprender a perdoar aquilo que jamais será esquecido. Nessa jornada do amadurecimento, A Teia dos Sonhos nos mostra que para ser feliz é preciso estar vivo.




A Teia Dos Sonhos, é um livro que trata de uma forma delicada, simples e profunda um tema muito polêmico e difícil de ser falado.


Júlia e Laura são melhores amigas há 5 anos, e dividem tudo. Todos os segredos, todas as senhas, elas são praticamente uma só pessoa, e para comemorar a amizade, as duas decidem fazer uma tatuagem, algo que as represente é que mostre a importância de uma na vida da outra.

Quando vão ao estúdio de tatuagem (usando documentos falsos) elas veem algumas imagens bem legais, mas nenhuma que fosse o que elas procuram e Júlia decide fazer ela mesma o desenho. Ela fez o desenho que conseguiu captar a essência da amizade duas: a proteção, o filtro de coisas ruins. Elas estavam super felizes, com a tatuagem , com a amizade que se fortalecia a cada dia.

Mas algo "abala" a amizade das duas: Bernardo. O menino mais lindo da escola, pelo a qual as duas amigas estão apaixonadas. Porém elas decidem que isso não irá atrapalhar a amizade delas, até que Bernardo começa a falar com a Laura e Júlia passa por cima da dor no seu coração e "deixa" a amiga ficar com o Bernardo.

Porém , o impensável acontece: em uma manhã Júlia acorda e descobre que sua amiga cometeu suicídio. Sem saber o que fazer, Júlia se vê na obrigação de descobrir o que fez sua amiga alegre, espontânea fazer uma coisa dessas.

O livro tem muitas coisas que gosto bastante em histórias: adolescentes, amizade, escola e um crush. E a autora soube abordar temas fortes de uma forma ímpar.


Bem sabemos que o suicídio entre adolescentes foi bastante discutido  recentemente graças a série da Netflix "Thirteen Reasons Why" e o Jogo da Baleia Azul, trazendo inúmeras discussões sobre esse assunto que é muitas vezes esquecido, pois dizemos que "adolescente não tem preocupação", "que não motivo para ficar triste" quando a realidade não é bem essa.
"Mas o que temos no presente? O que nos deixa com vontade de acordar, de sermos felizes?  O que fazemos por prazer e não por obrigação?" (Pág 13)
A Teia dos Sonhos nos mostra , que o nosso íntimo ninguém conhece e que em meio à dor um grande amor pode surgir. A narrativa traz uma personagem que busca superar a dor sua melhor amiga e a raiva de se sentir abandonada por ela , que guardou segredos quando a relação a relação entre elas parecia ser tão transparente. O amadurecimento que Júlia percorre, ao caminhar para o perdão , é construído de forma belíssima e nos faz perceber que precisamos aprender a deixar algumas irem embora, simplesmente.

A obra de Karine Aragão, é de uma sensibilidade sem igual. Uma narrativa extremamente discursiva e importante. Uma recomendação a todos.
"A felicidade só pode existir enquanto estamos vivos.
A vida é sempre a melhor escolha." (Pg 141)
SOBRE A AUTORA


Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e doutora em Cultura Contemporânea pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Karine Aragão é professora de, aproximadamente, 310 crianças que estudam no ensino fundamental II, em Niterói – cidade que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), possui um dos maiores índices de suicídios do estado do Rio de Janeiro.

3 comentários:

  1. Oiê.. Nossa a autora é bem bonita... eu amei a sua resenha... fiquei extremamente curiosa pela leitura do livro... Ando muito curiosa sobre este assunto e sempre que posso leio algo relacionado e quando uma história chama a minha atenção eu quero ir atrás para saber mais. Esse livro me chamou atenção desde a capa e agora com a sua resenha tenho certeza de quero fazer a leitura. Xero!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ítalo, tudo bem?

    Acho que já quero ler a obra, pois estou fascinada por tudo que você narrou. O livro realmente aborda um assunto muito importante e que entrou em pauta nos últimos tempos, o suicídio. Falar deste tema não é fácil, envolvendo adolescentes torna tudo ainda mais complicado. Fiquei imaginando por toda a barra que a Júlia teve que passar, perder uma melhor amiga não deve ser nada fácil. Fiquei curiosa para saber como a autora conduziu toda a obra e trabalhou os elementos. Já quero ler! Sua resenha ficou maravilhosa, Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Muitas amizades são destruídas por causa de um homem. Nessas horas as pessoas se revelam e mostram um lado seu que talvez a outra nunca tenha conhecido. E ver alguém tirando a própria vida por causa disso é muito difícil de aceitar. Sabe, uma amizade como a delas não é muito saudável, havia ali uma dependência muito grande e isso não é legal. Precisamos discutir esse assunto cada vez mais, pois as estatísticas são assustadoras. Dica anotada. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva