RESENHA || AS COISAS NÃO SÃO BEM ASSIM

Titulo: As coisas não são bem assim | Autora: Renata Corrêa | Editora: Pandorga |
  Ano: 2017 | páginas: 136

                      
         Onde comprar: Saraiva
     Avaliação:

Clarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor de sua vida, às vésperas da formatura, após sofrem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro. Depois de mais de um ano do falecimento do seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai da Duda, uma linda menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um amor sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado. É uma bonita e delicada história sobre recomeços, fé, esperança e sobre o poder do amor.

"A vida é feita de sonhos, mas nem sempre eles se realizam"

As coisas não são bem assim conta a história de Clarice, uma médica, que perdeu seu namorado há um ano o que devastou a sua vida e seus planos. Clarice e Guilherme namoravam desde a faculdade e para ela, ele era o grande amor da sua vida, alguém com quem ela tinha o sonho de passar a vida inteira. Mas as coisas não são bem assim e quando a gente menos espera a vida dos dá uma rasteira. Hoje, Clarice ainda sente muito a perda do Gui o que a tornou uma pessoa bastante reservada e triste, nem mesmo o apoio dos amigos e dos pais foi capaz de ajuda-la a seguir em frente.

Mas as coisas começam a mudar quando Clarice conhece Duda, uma garota linda e inteligente, no supermercado. Assim como Clarice, Duda foi marcada pela dor da perda, pois sua mãe falaceu e agora são apenas ela e seu pai Henrique, a quem Clarice também conhece no supermercado.

"O meu pai está ali, e a minha mãe está no céu. Ela é uma estrelinha brilhante"

Por ação do destino os três acabam de reencontrando quando Clarice é convidada para a festa de aniversário, da filha do chefe da sua melhor amiga- Tereza, sem que ela saiba que a festa é em comemoração ao aniversário da Duda. O clima entre Clarice e Henrique torna-se cada vez mais forte e amizade dela com a Duda também.

"Existem coisas na vida que não precisamos saber. Existem coisas que não precisamos dizer ou perguntar, basta senti-las."

Após refletir sobre o que Guilherme desejaria para ela Clarice decide dar uma oportunidade ao que sente por Henrique e aos poucos esses dois corações feridos vão se completando e se reconstruindo e Clarice percebe que deixou de não ter nada para ter uma linda família. Mas a vida sempre nos reserva surpresas e eles terão que superar muitas barreiras juntos. Clarice, Duda e Henrique vão nos mostrar que mesmo as piores dificuldades podem ser superadas quando se tem amor e carinho daqueles que nos cercam.



"Sou uma mulher de sorte. Muitos passam pela vida sem conhecer o amor, e eu fui apresentada a ele  por duas vezes."

As coisas não são bem assim foi o primeiro livro que li da Renata. A história é boa, mas eu acredito que, por o livro ser ser curto, a história é um pouco corrida e alguns momentos mereciam um pouco mais de aprofundamento, apesar disso, acredito que a autora conseguiu escrever uma história que encanta e nos traz reflexão, o que torna a leitura leve e agradável.

Essa é uma história sobre perdas, sobre amor, sobre recomeço. É uma reflexão sobre a vida e o quão rápida ela pode passar. É um livro curto, todavia, ele é lindo! Você provavelmente o lerá em poucas horas, mas ele trará uma reflexão bastante profunda, que você certamente levará para a vida.

Se você curte livros que te fazem refletir. Histórias sobre amor, família, superação, esse livro é para você. É um livro que recomendo, pois é uma história que com certeza, agradará e tocará o coração de muitos leitores. 



Boa leitura!
SOBRE A AUTORA



Renata dos Reis Corrêa nasceu em 04/03/1981 em Guimarânia, interior de Minas Gerais, e atualmente mora em Uberlândia-MG com o marido e os dois filhos, um casal de gêmeos. É médica oftalmologista por formação e uma apaixonada pela escrita, pelas histórias de amor e principalmente pelos finais felizes. Uma romântica incorrigível! Escreve em seu blog renatacorreaescritora.blogspot.com.br e já escreveu quatro romances e um livro de contos, sendo que “Contra todas as probabilidades”, seu romance de estreia e seu livro de contos “Amores e desamores”, foram publicados de forma independente, em e-book na Amazon. Seu segundo romance, “As coisas não são bem assim” acaba de ser lançado pela editora Pandorga.

9 comentários

  1. Gostei muito da sinopse e da resenha, um estilo de leitura que gosto. Vou adicionar a minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Fabi tudo bem?
    Fiquei bastante interessada na obra, principalmente pela sinopse que parece nos revelar uma grande história, sua resenha ficou ótima, quem sabe futuramente eu pretenda ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Infelizmente achei a historia muito rasa e acredito que por isso não faria a leitura. Gosto de aprofundamento nas coisas, rs. Mas agradeço a resenha!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Achei a história bem triste, um drama mesmo, um perde a mulher e a outra o namorado. :/ E eles tentam reconstruir a vida juntos. Na verdade achei até meio forçado principalmente por ser muito corrido. Sem tantos detalhes e tudo mais.

    ResponderExcluir
  5. OOi!
    Não conhecia o livro, mas sua resenha já me convenceu de que irei gostar. Parece se uma história apaixonante e bem emocionante. Dica anotada! Espero ter a oportunidade de lê-lo um dia.

    ResponderExcluir
  6. bem, acertadamente afirmo que não é o tipo de leitura que me atrai... sem contar que já vi vários dos elementos que compoem a história em outros livros e em filmes tbm... meio que saturei de enredos assim... mas pra quem aprecia histórias de superação e famílias, deve ser uma boa opção de leitura..
    bjs...

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Esse parece ser um livro cheio de significados.
    Fico extremamente curiosa para ler algo desta autora e este parece ser um que irá encher meus olhos.
    Curti muito a sua resenha.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não conhecia este livro, nem a autora, mas fiquei bastante interessada em conhecer, vou procurar aqui por portugal! Obrigada pela dica :)

    ResponderExcluir
  9. Oi, Fabiana ^^
    Pandorga tem muitas obras que me parecem ser boas e que deveriam ter uma divulgação boa através de resenhas como em sorteios.
    A Renata me era desconhecida até então e mesmo não curtindo muito livros de superação com a temática família me vi tentado a conhecer Clarice e como ela conseguiu seguir em frente com a perda do amado dela. Me fez refletir bastante essa resenha pois peguei como comparação a Lea (atriz que fez Rachel na série Glee) que perdeu o seu amado. Fico feliz em saber que as pessoas seguem em frente mesmo contendo essas feridas que ficam para sempre com cascão.
    A capa da obra não me é atrativa, mas com certeza leria para curar uma ressaca literária.
    Obrigado por estar contribuindo na divulgação da literatura nacional através da sua resenha, Fabiana. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir