RESENHA || CORTE DE NÉVOA E FÚRIA #2

Título: Corte de Névoa e Fúria - Vol. 2 | Autora: Sarah J. Maas | Editora: Galera Record |   Páginas: 656 | Ano: 2016
                                


             Avaliação: 
                          Onde comprar: Amazon
O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro.Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

Pode conter spoiler do primeiro livro.
O que são 654 páginas, quando desenvolvidas com tamanha maestria?! O que são, quando você está tão envolvida pela história, pelos personagens e promessas que vem pela frente?! Apenas posso dizer que leria e releria esse livro novamente! 
- Não tem ideia de como é difícil para ele sequer lhe deixar sair da propriedade da mansão. Está sobre mais pressão do que você percebe.
- Sei exatamente quanta pressão Tamlin sofre. E não percebi que tinha me tornado prisioneira. p. 36
Nesse segundo livro Feyre inicia pouco tempo depois de onde parou, e sofrendo as consequência do que levou parte de sua alma com o final de Corte de Espinhos e Rosas, assim como a de Tamlin.

Definhando, enfraquecendo e vivendo miseravelmente com seus terrores e pesadelos que foram tão vívidos, ela perde a chama que via a beleza no mundo e a esperança... até que um certo Grão-Senhor, Rhysand, vem atormentá-la e cobrar sua palavra por um certo pacto feito. Agora, depende de Feyre, se ela irá querer ser refém de seu tal amor, ou conquistar a sua liberdade conhecendo mais de Prythian e seus adoráveis personagens, assim como se defender da ameaça ainda maior do que a anterior, que promete devastar tudo!
- Você vai sentir isso todos os dias pelo resto da vida - (...) - E sei disso porque eu me sinto assim todos os dias desde que minha mãe e minha irmã foram assassinadas e precisei enterrá-las eu mesmo, e nem mesmo a vingança consertou as coisas. - Rhysand limpou as lágrimas em uma bochecha, depois, outra. - Pode deixar que isso a destrua, deixar que a leve à morte, (...), ou pode aprender a viver com isso. p. 314
~ Spoilers on (premissa) ~

Dessa forma, tendo o acordo entre Rhysand e Feyre selado, a garota passará a visitar a Corte Noturna, e conhecer os encantos de suas belezas velados pelas facetas que Rhysand impõe para proteger a sua terra, assim como ao seu Círculo Íntimo ao qual conheceremos: Morigan, Azriel, Cassean e Amren.

Em busca de sua liberdade, ela vai conhecer mais a si mesma, os seus poderes recém adquiridos Sob a Montanha, o misterioso Rhys, e compartilhar as histórias de seu Círculo Íntimo, que os ligará além do sofrimento, mas pelo amor fraternal. Mas nem tudo é flores e velas, e após Amarantha ter saído do jogo, uma nova ameaça se sobrepõem. Estará Feyre disposta a sacrificar-se ainda mais? E pelo o quê? Como?
~ Spoilers off ~
-Há tipos diferente de escuridão - falou Rhys. Mantive os olhos fechados. - Há a escuridão que assusta, a escuridão que acalma, a escuridão do descanso. - Visualizei cada uma. - há a escuridão dos amantes, e a escuridão dos assassinos. Ela se torna o que o portador deseja que seja, precisa que seja. Não é completamente ruim ou boa. p. 316
Não gosto muito, mas é inevitável a comparação desse livro com o anterior (!), enquanto achei o outro um pouco mais lento e mais envolto em mistério, mas sem muitas resposta, ganhando mais "cor" perto do final do livro; esse foi uma montanha russa constante. A todo momento, a cada página viciante, me sentia presa à história e aos personagens! Acontecem tantas coisas, tão fáceis de processar, e sem deixar o leitor cansado, mas ansiando por mais. Os personagens são desconstruídos e muito bem desenvolvidos, nos fazendo enxergar por outro ângulo, e para mim, foi impossível não me apaixonar por cada um neste livro!

Não tem como não terminar a leitura desse livro e não se sentir admirada pela escrita da autora (ok, sou muito suspeita a falar, mas...), o modo como ela conectou tudo e todos e criou algo que não apenas transpassasse para o leitor, mas se infiltrasse em cada minúscula célula do nosso corpo! Faz com que a sensação de fechar um livro de 654 páginas seja angustiante por você precisar de um pouco mais daquela cafeína. E quanto aos personagens (os personagens!), essa criatura com um senso de criação divino nos faz entender, compreender e sentir a carga de cada um, o fardo; e quanto aos shippers, foi algo de me arrancar suspiros. Estamos tão acostumados a nos apaixonar em 300 páginas, e ela modificou isso. A autora lindamente desenvolve seus personagens e seus laços com calma, pequenos, sutis e ainda assim profundos toques que vai se enraizando em você, e a sensação é de estar de fato sendo conquistada pelo personagem.

Além disso, o que me faz, com toda a certeza, colocar este livro no topo dos meus favoritos, é o empoderamento das personagens femininas! É algo que eu sinceramente, e tristemente, não vejo com tamanha frequência, e se não, com tamanha naturalidade, como a de Sarah em seus livros! Não me refiro apenas a Feyre, que em seu primeiro livro era uma garota que lutava para sobreviver junto com sua família, mas ainda se restringia a um tal amor que mostrou-se nocivo e controlador, desenrolando-se em uma mulher que queria ter controle de si e explorar o que pertencia a ela como um direito e da forma como a quisesse; mas outras personagens, como Mor e Amren, que nos serão introduzidas nesse novo livro, nos envolverá e nos fará ver um diferencial quanto a personagens femininas humanizadas entre outros livros ficcionais.
- Por que as coisas se atêm a outras? Talvez amem tanto o lugar para onde vão que vale a pena. Talvez continuem voltando até que reste apenas uma estrela. Talvez essa única estrela faça a viagem para sempre, com a esperança de que um dia, se continuar voltando com frequência, outra estrela a encontre de novo. p. 459
Recomendaria esse livro a todos! A todos aqueles que querem uma leitura viciante, a todos que amam romances, ação, fantasia, guerras e ação-romance-guerra-fantasia! Esse livro nos promete muitas sombras, poderes, beijos, illyrianos apaixonantes, sacrifícios e amizades, e, como característico da autora, um empoderamento feminino forte, visto que sua personagem é bem desenvolvida, quebrando aqueles moldes em que a mocinha é salva pelo herói, ou fica sentada esperando ou obedecendo por segurança e salvação. (Por que não o inverso? Com a mocinha, não tão mocinha e nem um pouco fragilizada, salvando o herói?!)  Tudo maravilhosamente entrelaçado para que o leitor não pare de ler!
Virei a lâmina illyriana na mão e atravessei para o Arco-Íris em chamas e ensanguentado. Aquele era meu lar. Aquele era meu povo. Se eu morresse defendendo-os, defendendo aquele pequeno lugar no mundo onde a arte florescia...
Então, que assim fosse.
E me tornei escuridão, e sombra, e vento.
 p.593 

16 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Confesso que não li a resenha inteira para não acabar pegando spoiler mas vejo muita gente falando bem dessa série e confesso que venho fugindo por causa deles ser um tiojolão mas quero muito ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Sou apaixonada por essa história e adorei poder ler as suas impressões a respeito. Sou bem suspeita ao comentar, mas a autora sabe como desenvolver as cenas e eu fico fascinada com todos os elementos trabalhados. Impossível não ter admiração por sua escrita né?!
    beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Olá! Como vc foi camarada e deixou ali que pode conter spoiler do primeiro livro, que não li, só dei uma olhada por cima na resenha. Vejo tanta gente apaixonada por essa história que eu preciso lê -la! Fora essas edições que são a coisa mais linda do mundo, né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá....
    Ainda não li nenhum volume dessa série e, inclusive, ando até angustiada com isso, pois, o terceiro volume vem aí e até hoje não li nem o primeiro! Lamentável...
    Gostei bastante de seus comentários sobre a obra, me animei ainda mais a realizar a leitura!
    Vou providenciar meus exemplares rsrs...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Estou com o primeiro livro pra ler, mas ainda não consegui encaixar na lista de leituras e por ler muitos elogios para com este aqui, quero começar logo a série.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Parabéns por conseguir escrever uma resenha deste livro, pois eu o li em Janeiro e até hoje nada. Essa certamente foi uma das melhores leituras do ano. Fiquei super impressionada com a capacidade da autora de brincar com a personalidade dos seus personagens. Amei cada momento desta trama e cada acontecimento me fizeram pirar. O final nem precisa de comentários, não é?! LINDO! MARAVILHOSO! FANTÁSTICO! INCRÍVEL!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ingrid!
      Também foi uma das melhores leituras do ano, para mim!
      É realmente muito bem produzido!
      Beijos :*

      Excluir
  7. Eu tenho já os dois primeiros livros dessa série, mas ainda não consegui le-los isso tem me deixado frustrada e já vai sair o terceiro!!!

    Adoro livros com essa temática, de fantasia, ação, romance não tão focado... E com certeza, o empoderamento feminino é a cereja do negócio! Quero muito ler logo!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?

    Estou curiosa para realizar a leitura dessas obras e conhecer as histórias mais de perto, mas como é uma série estou esperando a editora lançar todos aqui no Brasil para eu começar a leitura, mas pelo o que estou lendo as opiniões são bem controvérsias, espero gostar quando as ler!

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oi Caty,
    Ainda não tive a oportunidade de ler essa série, mas tenho muita curiosidade, pois a escrita da autora é sensacional. Eu sei porque já li outro livro da autora e gostei muito! Fiquei contente pro o tamanho desse livro não ser problema e intrigada para saber como as coisas vão acontecer. A Feyre parece ser uma personagem e tanto.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  10. ESSE LIVRO É MARAVILHOSO SENHOR!
    Sua resenha descreveu muito bem tudo que senti lendo, não tem como não acha-lo muito mais emocionante que o primeiro, muito mais cheio de mistérios e com um crescimento notável da Feyre.
    Fora que Rhys é incrível né, ela conseguiu mostrar as facetas desse personagem tão importante de uma maneira muito clara e eu amei isso.
    Mal posso esperar pelo terceiro

    ResponderExcluir
  11. Oi Caty,
    eu preciso ler esse livro para ontem. Com o lançamento iminente do volume três e eu tendo amado tanto o primeiro livro estou muito mais que ansiosa para ler esse. Mas eles tem um preço bem salgadinho e eu estou na fé esperando uma promoção legal porque nessa crise está muito difícil conseguir uma graninha, sabe? Apesar disso espero poder lê-los ainda esse ano, quem sabe consigo comprar na balck friday, né? Porque na última promoção me afundei em uns títulos mais baratos.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Li a sua resenha por cima com medo de pegar spoiler, pois comprei os dois livros da série e espero começar a leitura no próximo mês.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Não li o primeiro volume ainda, mas, vendo o quanto gostou desse segundo, saber que os personagens são desconstruídos e muito bem desenvolvidos e que nestas obras temos um forte empoderamento feminino, bem, eu fiquei louca para conferir! Que conhecer esta história envolvente, que nos prende do início ao fim.
    Ótima resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Amanda! <3

    Acho que é a primeira vez que vejo alguém falando sobre o empoderamento das personagens femininas na resenha.
    Eu não curto muito fantasia e para eu ler um livro do gênero tem que ser algo que chame muito minha atenção... não importa quantas resenhas eu leia, eu nunca sinto aquela vontade de ler essa série, sabe?
    Que bom que esse, comparado ao anterior, teve bem mais coisas rolando e que a autora conseguiu conectar as coisas.
    Eu não digo que nunca lerei, pois não sou dessas, mas não será uma leitura que farei em breve.

    Beijocas
    - Tami

    ResponderExcluir
  15. Oi! Não pude ler sua resenha, pois não quero pegar spoiler. Comecei o primeiro livro e parei e agora pretendo voltar a ler. Assim que eu terminar,pretendo voltar aqui para ler a sua resenha (se eu me lembrar). Beijão!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.