RESENHA || PERDIDA

Título: Perdida - Um Amor que Ultrapassa as Barreiras do Tempo (Serie Perdida 1) |  Autora: Carina Rissi Editora: Verus Ano: 2014 | Páginas: 363

            Avaliação: 
Onde Comprar: Amazon / Saraiva

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.
Desligar o despertador, acordar e levantar. Preparar o café e ir trabalhar. Chegar do trabalho e esquentar o almoço no microondas. Checar aqueles e-mails pelo celular. Escutar algumas músicas, quem sabe?! Tirar uma foto, mandar para aquela melhor amiga. Sim, definitivamente estamos presos a todas essas tecnologias, e, em boa parde do tempo, nem as percebemos, assim como o nosso meio, que muitas vezes se passa imperceptível pela correria do dia nos restando apenas aquele suspiro de "Dia concluído!" ao cair na cama. Estamos tão conectados, que só percebemos essa dependência quando damos por falta de algo... 

Mas, e se você pudesse voltar no tempo? Naquele século passado, em que você vive lendo nos livros e dizendo a si mesma: acho que nasci no século errado...! E, se você realmente tivesse nascido e/ou vivido nele? Talvez fosse mais fácil, ou talvez não! Mas, principalmente, e se você tivesse nascido no século "errado" e transitado para o "certo" 24 anos depois (?), quando a tecnologia já estava tão enraizada em você, que viver sem uma parte dela (ou ela toda) parecia quase impossível.

É assim que conhecemos a nossa protagonista: Sofia Alonzo, uma mulher de 24 anos que trabalha em uma empresa, no setor administrativo. Sua rotina é toda traçada em acordar, trabalhar, esquentar suas refeições no microondas e ir dormir. No entanto, as vezes a jovem sai com sua melhor amiga, Nina, mas ainda assim Sofia se sente excluída, como se não fizesse parte daquele meio, ou como se festa nenhuma pudesse fazê-la sentir-se inclusa; isso também vale para o resto de sua vida. Tendo perdido seus pais em um acidente de carro, sobrou-lhe apenas a sua amiga, e uma simples vida que estava agradável de sustentar, mas sem paixão, sem um atrativo que não fosse apenas viver, ainda que ela não percebesse.

Tão dependente da tecnologia em seu dia a dia, Sofia sai com sua amiga para um bar, e, ao se agachar no banheiro, deixa seu celular cair na privada. Logo, no dia seguinte a garota já se levanta para comprar um novo, um desses "monstrinhos" (como ela diz) com direito a tudo, e se surpreende quando uma estranha vendedora lhe faz uma boa apresentação sobre um celular, uma peça única no estoque. Assim, fascinada pela exclusividade, qualidade e promoção da peça, Sofia apressa-se por comprá-lo, e posteriormente, na rua, mexer na sua nova aquisição.

Mais rápido do que sua mente podia acompanhar, a menina é ofuscada por um clarão que sai do aparelho... e vai parar no século XIX.
Passei o resto da tarde me deleitando com a perfeita escrita de Austen. (...) Eu sempre me perdia em meus livros. Entrava fundo nas histórias como se eu mesma fizesse parte delas, fosse um romance, um policial ou um terror sobre vampiros. Então lá estava eu, em 1800 e  pouco, esperando que Elinor e Edward finalmente se entendessem, quando Ian entrou na sala me trazendo de volta para... 1800 e pouco! Pág. 128
De saia jeans, regata e All Star vermelho, Sofia se depara com uma paisagem bucólica, estrada de terra, carruagem e um lindo jovem à cavalo, Ian Clarck. Dessa forma, considerando os padrões da época, e assustado pelo seu estado "semi-nu" no meio do campo, o rapaz prontamente se dispõem a ajudar a garota que ele desconhece, mas acreditava ter sido alvo de maldades, e, sob insistência, leva-a para a sua casa.

Assim, Sofia tão acostumada ao século XXI, recebe um baque de realidade, tendo de se acostumar a tanta gentileza, atenção, sinceridade, ar puro... e a falta do banheiro (hahaha, uma das melhores partes!). Mas, sendo quem é, e necessitando voltar para seu século, a garota vai tentar retornar para onde veio, e precisará da ajuda de Ian para concluir a sua jornada naquele século, já que a senhora que a pôs lá lhe avisou que para retornar, ela precisava se descobrir e descobrir como concluir etapas de seu objetivo oculto.

Sofia conhecerá mais sobre os costumes da época, e lidará com elas de uma forma bem tipicamente coloquial e século XXI, nos arrancando risadas e suspiros, ao passo que vai construindo sua relação com Ian, Elisa, a irmã de Ian; e outros personagens. Porem, Sofia irá se surpreender ao perceber que sua vida no século XXI não tinha a oferecer muitas coisas substanciais, exceto pelas pessoas que estavam em sua vida, como Nina; e que o século XIX podia ser realmente encantador, ainda mais em face de olhos azuis e sob o nome de Ian. Assim, a garota entra em um dilema terrível: voltar para o século em que vivia, ou permanecer no que estava? Viver o agora, e as sensações nunca sentidas ao que ele tinha por oferecer, ou se esquivar o quanto possível até finalmente retornar para onde veio, sem se machucar e machucar os outros?

Bem, isso é apenas a premissa do livro, ao longo dele acontecem muitas coisas que puxa o leitor a um estado de fascinação, pelos personagens, pelo romance que a de se inserir, assim como a pureza do amor; e a dar boas gargalhadas, ao passo que Sofia a de aprontar muito e se meter em boas confusões.

Estou cada vez mais apaixonada pela escrita de Carina! A autora só me surpreende a cada livro seu que leio! É um romance originalmente engraçado e instigante de se ler, e mal posso me conter para ler o segundo da coleção que já está em minhas mãos! Assim, recomendo o livro para todos aqueles que gostam da escrita da autora, para quem gosta de livros nacionais, com um romance envolvente, maduro, e bem humorado ao estilo Carina!

 Postagens Relacionadas:
Prometida

SOBRE A AUTORA


Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.  Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. É autora de Perdida, Encontrada, Destinado, Prometida, Procura-se um marido  e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.

27 comentários:

  1. Olá,

    Eu vejo muitas pessoas falando muito bem da autora, principalmente dessa obra, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de conhecer nenhuma obra escrita pela mesma. A sua resenha me animou muito em adquirir um exemplar de Perdida, mas tenho que arrumar um emprego primeiro kkkkk, por tanto, adicionei livro na minha lista de desejados! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hhaahahahah, me encontro na mesma situação!
      Espero que você desfrute da leitura e da escrita da autora! É viciante!

      Excluir
  2. Eu amo a Carina, mas você acredita que ainda não li nenhum livro da serie Perdida? Tenho que mudar isso e tenho quase certeza que vou amar todos os livros da serie.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii
    Eu amo este livro!!!!! Já o li duas vezes e não me canso dele, a série toda é incrível, só o segundo que não gostei muito. O primeiro e o último são os melhores! Eu amei cada parte da história, a escrita da Carina é maravilhosa, me apaixonei mais ainda quando li pela segunda vez principalmente porque foi depois que conheci a autora em uma sessão de autógrafos e assim como seus livros, ela é incrível. Nada que falei aqui é novidade pra tu, mas tudo bem.
    Amei a resenha, miga ♥♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (Risos!)
      Muito obrigada, Manuuh! (como você também sabe) ainda não tive oportunidade de ler os dois últimos, mas uma certa pessoa já tinha me dito que são muito bons, o que só intensificou a minha vontade de querer lê-los!

      Excluir
  4. Olá!! :)

    Eu já ouvi falar imenso deste livro, da coleção, e mesmo da autora, cada vez mais elogiada por vários leitores e blogs!! :)

    Enfim, acho ótimo que a escrita da autora te apaixone tanto, assim como que sejam usadas tantas expressões coloquiais! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Faz 84 anos que tô dizendo que preciso ler algo da Carina, mas nunca tenho a oportunidade.
    A curiosidade só aumenta quando leio uma resenha como a sua, enaltecendo a escrita e a história criada por ela!
    Espero poder ler algo dela em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo! Bem, desejo que você possa finamente conhecer a escrita da autora e se apaixonar por suas histórias e personagens! Boas leituras! :*

      Excluir
  6. Olá,
    Eu preciso ler essa série. Não é por falta de indicação e de resenhas como a sua. Já li algumas coias da autora e gosto muito da escrita dela.
    Acho a ideia de Perdida muito interessante. Talvez algumas coisas nele não me atraiam tanto quando outros livros da autora, mas com certeza será uma leitura agradável.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro esse livro! A Carina arrasa muito, e lembro que antes de ler esse, lá em 2015, eu sequer tinha interesse, li pra um desafio. Que bom que eu li, pois me apaixonei pela autora e agora leio tudo que ela publica.
    Que bom que você gostou! \õ/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Confesso que, entre todos os livros da autora, que já tinha lido antes desse, ele era o que menos me chamava a atenção, mas bem, qualquer dúvida que eu tinha evaporou, e me encontro assim como você, lendo tudo da autora!

      Excluir
  8. Oii Cat, tudo bem? Esse foi o único da Carina que li até agora e simplesmente amei! Leitura envolvente e meeega divertida. Acho que a Sofia é uma das personagens mais irreverentes que "conheci" nos últimos tempos. Ansiosa para ler mais obras da autora. Sua resenha ficou ótima! Fico feliz que tenha gostado tanto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Este é o meu livro preferido da Carina, não que eu não goste dos outros dela, mas foi esse livro que me fez amar os livros dela. Sou apaixonada por toda a série, e quero muito e muitos livros da Carina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      No meu caso, o meu livro preferido é Mentira Perfeita, foi um dos primeiros que li, e Perdida um dos últimos, mas concordo com você: quero muitos e muitos livros da Carina!

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu amo a escrita da Carina Rissi. Todo livro dela é garantia de boas risadas, uma leitura fluida e um romance cativante. Mas acredita que o Perdida é o que eu menos gosto? Não que eu não goste, mas achei tão forçado o jeito da Sofia que acabei me irritando em vários momentos. Já o segundo eu gostei bem mais. Espero que você goste da leitura de Encontrada também.
    Adorei sua resenha e espero que os livros da Carina Rissi continuem te conquistando.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      A pouco tempo li Encontrada, e realmente, a narrativa já é mais envolvente (sem desvalorizar o primeiro que gostei muito, e me fez sofre um pouquinho no final), mas agora me encontro ansiando por Destinado, o que me falaram que é ainda melhor!

      Excluir
  11. Oi!

    Eu ainda não li nada da Carina, mas pretendo ler agora, pois muita gente tem falado super bem. Sua resenha veio para me confirmar isso. Adoro romances que contagiam e escritas fluidas, então acho que vou gostar muito. Parabéns pela leitura e resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    ai os livros da Carina são sempre uns amorzinhos <3 Perdida é realmente um livro super envolvente e muito bem escrito :3 Adorei a resenha, parabéns! Bjus!

    ResponderExcluir
  13. Oi Cat,
    o único livro da Carina que li foi mentira perfeita e amei loucamente... Já esse até iniciei a leitura em e-book e no começo gostei bastante, ri horrores com a história do alface e tantas outras, mas lá pelo meio do livro, meu ritmo de leitura diminuiu e eu acabei dando lugar as outros livros ao invés de concluir esse, mas ainda pretendo terminá-lo, só que vou comprar o livro físico primeiro, sempre leio melhor com os livros de papel.

    Beijos!
    Delmara Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Delmara!!
      Também amei loucamente Mentira Perfeita, que definitivamente é o livro que mais me enlouqueceu e me envolveu da autora (se isso for possível)! Que pena que não deu continuidade, mas não perca as esperanças, ainda há três livros a frente que nos conquistam ainda mais!

      Excluir
  14. Olá Cat,
    Essa autora nos pega e nos prende a história de uma forma maravilhosa não é? Antes de ler Perdida, já havia lido outro livro da autora que é "Procura-se um Marido" e sou completamente apaixonada por todos dela. Ela me prendeu completamente principalmente pela forma mágica como ela escreve sobre a Sophia.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu sou louca para começar a ler os livros da Carina. O primeiro livro que me interessei dá autora, foi justamente esse, porque eu achei ele bem diferente e toda essa aventura dá garota em outro século, totalmente diferente do nosso, parece que rende bastante fatos engraçados e emocionantes. Eu tenho um outro livro dela aqui, mas eu queria mesmo era ler esse. Espero conseguir em breve.
    Beijos
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  16. Oie! Tudo bem?

    Nunca li nada da autora, ter curiosidade eu até tenho, mas tenho receio também de não gostar da leitura e acabar sendo crucificada por causa disso, por isso por enquanto passo a dica, mas fico feliz em saber que esteja gostando da escrita da autora!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nay!
      Cada um tem a oportunidade de se expressar e de se conectar com algo de forma diferente! Se algum dia quiser tirar suas conclusões e dar uma conferida, fica a dica!
      Beijos!

      Excluir
  17. Olá,
    eu sou apaixonada pela autora e este foi o primeiro livro dela que eu li.
    Acho a escrita dela fluída, com elementos que envolvem e livros que não dão vontade de largar.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Eu li outros livros da Carina, como No mundo da Luna, mas nenhum dessa série. Acontece que para mim ela parecia uma comédia qualquer de filme de sessão da tarde, mas lendo a sua resenha, me peguei sorrindo, e vendo como eu adoraria ler, e conhecer tanto a garota quanto Ian, olha só como as resenhas nos mudam, né? Hahaha obrigada!

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?
    Sou louca para ler esse livro, mas, por algum motivo que nunca vou entender, eu nunca o pego na minha estante, mas, eu sinto que sua resenha vai mudar isso. Lendo o que escreveu, fiquei louca para conhecer Ian e Sofia e saber como toda essa trama vai desenrolar (se ela volta para o futuro, se ela fica onde está, como e porque a escolha é feita...). Enfim! Fiquei muito curiosa e essa é, com certeza, uma das minhas próximas leituras. Amei sua resenha! Super bem escrita ^^

    Beijos!!

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva