RESENHA || VOLTO QUANDO PUDER




Título: Volto quando puder|Autoras: Isa Prospero e  Márcia Oliveira| 
Editora: Hoo|Páginas: 201| Ano: 2016
Avaliação:
Onde comprar: Amazon
*E-book cedido pela autora
Artur é um garoto de 14 anos que mora com a mãe e vê o pai aos finais de semana, pois os pais são separados. Tudo isso muda quando a mãe morre, e ele passa a morar com o pai, Guilherme. Charmoso, extrovertido, tatuador na Galeria do Rock, ele está longe de ser o pai que Artur sempre quis. Pra completar, o garoto é obrigado a mudar de escola e, a partir daí, começa uma nova fase em sua vida. Além de não ser o cara mais popular da escola, ele faz alguns inimigos em pouco tempo. Mas há duas pessoas que o Artur curte muito: o Alexandre, considerado o melhor professor do mundo pelo garoto, e a Priscila, menina tão interessante, que Artur nem acredita quando ela se aproxima. Conflito de gerações, dificuldade de comunicação entre pais e filhos, sexualidade e primeiro amor: são todos os desafios que o Artur tem que viver durante a adolescência.

O que você faria se toda a sua vida virasse de cabeça para baixo? Se de repente, você tivesse que mudar de vida e se adaptar a tudo novamente? Foi isso o que aconteceu com Artur, um menino de 14 anos que teve a vida ao avesso após a perda da sua mãe. Devido ao câncer de mama, Artur passou pelo luto muito cedo e teve que ir morar com o seu pai (seus pais já eram separados antes de tudo acontecer).

Guilherme, pai do Artur é aquele tipo de pai que todos queriam ter: passou muito tempo sem um emprego fixo, pulando de um lugar para outro, e hoje é tatuador profissional em uma loja. Ele trabalha ao lado da sua melhor amiga, a Penélope. O pai do Artur ama aquela vida. Logo quando Artur vai morar com o pai, ele passa a trabalhar na loja, como ajudante, e também tem aulas com Penélope, para um dia poder ele mesmo colocar um piercing em algum cliente. Dessa forma, a vida em casa parecia boa e normal, mas na escola já não era bem assim.
"Percebo que às vezes são os filhos que têm de proteger os pais."
Artur saiu da sua antiga escola por alguns problemas que surgiram, mas ele vê que nessa nova escola que os problemas continuam a aparecer: ele tem que lidar com alguns garotos que não largam do seu pé; uma nova, e primeira, paixão: a Priscila; e também com a dificuldade de se adaptar com a galera, preferindo se esconder na biblioteca a fim de evitar tudo isso. Porém, ainda há algo na escola pelo qual vale a pena para Artur, que é o seu professor favorito, Alexandre. É ele quem cria um clube do livro e incentiva todos os seus alunos a lerem, e, dessa forma, esse clube vai ajudando o Artur, pois é algo bom que acontece em sua escola.

"É inútil se apegar às pessoas.''
Entretanto, como na vida nem tudo é perfeito, os problemas logo começam a aparecer, as fofocas começam a surgir. Artur se enrola com a pessoa por quem é apaixonado e seu pai está cada vez mais insuportável. Nessa ida e vinda, ele acaba descobrindo segredos do seu pai e percebe que ele não é quem achava que era.

O livro é repleto de acontecimentos, a trama passa de forma rápida, e isso me agradou bastante. Além disso, a história aborda temas como bullying, relacionamentos LGBT, luto, escolhas em relação ao futuro e mais uma gama de temáticas interessantes.

O que mais gostei foram os diálogos do livro e o fato do professor Alexandre incentivar bastante a leitura, pois isso me deu uma sensação de que alguns professores poderiam aprender com ele e seguir seu conselho, uma vez que é mentira quando se diz que os jovens não leem hoje em dia, eles apenas não leem aquilo que é obrigatório e a leitura deveria ser fonte de prazer e não obrigação. Dessa forma, gostei muito dessas cenas, e a personagem Letícia me agradou muito também. Recomendo o livro a todos aqueles que adoram histórias adolescentes e com um bom drama entre pai e filho. Vale a pena conferir.

"Ela (a cultura) tem o poder não só de nos contar como o mundo foi um dia, mas também de mudar esse em que estamos vivendo."

14 comentários:

  1. Oi Manu,

    Achei a temática do livro super interessante, principalmente por trazer um cenário de descobertas para o protagonista.
    Essa parte do professor criar um clube de leitura eu adorei. Isso é uma coisa que senti muita falta no meu tempo de colégio, e olha que era particular, imagine nas publicas. Talvez atitudes assim sejam o primeiro passa para tirar o status de que brasileiros não gostam de ler.

    Bjs,

    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Não conhecia a obra em questão, mas, fiquei loooouca pra ler! Adoro enredos que trazem um personagem tendo de se adaptar em uma nova vida, após, algumas viradas do destino. Gostei e quero ler <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Manu!
    Já vejo uma emoção! Tão novo e já vai passar por tanta coisa ruim, e ainda ter que lidar com uma vida nova.
    Adorei esse professor Alexandre. Sou professora de matemática e sempre que posso indico livros aos alunos que tem o interesse de ler algo. <3
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Confesso que conhecia a autora, o livro e nem a editora e achei muito legal o trabalho deles. A autora parece ter criado uma história maravilhosa, os temas abordados me instigam e isso me animou muito para conhecer a escrita dela. A capa do livro é bem chamativa e muito linda, adorei! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?
    Ainda não conhecia a editora, nem as autoras e nem o livro. Foi uma surpresa ler essa resenha e gostar muito dela. Achei uma história incrível. Estou bem animada para conhecer a escrita delas. Achei a capa linda. Parabéns pela resenha, fico feliz que tenha gostado do livro.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas achei a história bem interessante... A premissa nos mostra assuntos polêmicos e eu gosto muito disso. Acredito que possa me aventurar nessa obra um dia

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas achei a história bem interessante... A premissa nos mostra assuntos polêmicos e eu gosto muito disso. Acredito que possa me aventurar nessa obra um dia

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem?
    Achei bem interessante a vida de Arthur mudar dessa forma tão drástica. O personagem mostra claramente que em meio às dificuldades, ele conseguiu enxergar uma luz no fim do túnel, é o que as pessoas chamam de "tirar da fraqueza a sua força" e pude reparar isso claramente na sua resenha. Gostei muito do fato de o professor Alexandre incitar o menino a ler e concordo que os professores deveriam agir dessa forma. Esse livro apesar de falar do bullying e outros temas, me parece ser uma leitura agradável. Com certeza eu leria.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Ainda não conhecia o livro, mas achei a sua temática muito interessante, além de ser muito importante essa mensagem sobre a leitura, coisa qhe raramente vemos mesmo nas escolas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro nem a autora, mas fiquei muito interessada na premissa. A princípio quase achei que era clichê, só que a descrição do tema e todos os assuntos abordados me fizeram mudar de ideia totalmente.
    Dica anotada :*

    ResponderExcluir
  11. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura :) Adorei saber da historia, ate porque pensei que fosse algo completamente diferente! :)

    Que bom que os personagens te agradaram, especialmente esse professor! E verdade, a maioria nem sequer le, porque associa os livros em geral aos obrigatórios, impostos pela escola!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Manu!Adorei a capa do livro e apesar de a principio o enredo não ter chamado muito a minha atenção,o finalzinho da sua resenha me fez querer dar uma chance para o livro. Gosto muito de obras que falem de assuntos polêmicos e atuais . Dica anotada, beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oie
    nossa, já chamou minha atenção por abordar tantos temas fortes como bullying e LGBT, adoro livros desses gêneros então com certeza a dica está anotada. Bela resenha, parabéns

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que capa linda! Não conhecia, mas já me apaixonei só pela capa.

    Embora seja um tema o qual eu não leia muito, eu gostei da resenha e me interessei de fato pelo livro. É uma história comum, que pode ser com qualquer pessoa que conhecemos e parece ser muito fofa!

    ótima indicação!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva