ESPECIAL INTERCULT|| DIA INTERNACIONAL DA MULHER



Em homenagem ao Dia da Mulher, nós do Faces Em Livros apresentamos o Leia Mulheres, que foi um projeto desenvolvido pela escritora Joanna Walsh em 2014 com o propósito de incentivar a leitura de autoras, por causa do mercado editorial que ainda é restrito para nós mulheres. 

Por obter essa importância, o Leia Mulheres tornou-se um clube de leitura que acontece em diversas capitais e municípios do nosso país. Em Campina Grande, o clube é mediado no Centro Cultural Lourdes Ramalho promovendo encontros mensais. As mediadoras juntamente com o público contemplaram obras das magníficas: Lourdes Ramalho, Harper Lee, Carolina Maria de Jesus, Ana Cristina Cesar, Alice Walker, Marjane Satrapi, Chimamanda Ngozi Adichie, Sylvia Plath, Clarice Lispector, Cora Coralina, Maria Valéria Rezende, Virginia Woolf, Ursula K. Le Guin e Mary Shelley.

Pensando na visibilidade da mulher, no dia 11 de março de 2017, o Leia Mulheres realizará o Viva Mulheres, contando com a apresentação de Sarau Poético, Música, Dança, Exposições, Feirinhas de Venda e Troca e de Alimentos. 

Para mais informações do evento, acesse o FACEBOOK.

Para saber se o Clube também acontece em sua cidade, segue SITE

Tencionando a mesma divulgação pretendida pelo projeto #LeiaMulheres, separamos um Top List (dificílimo de selecionar por sinal) com 5 escritoras nacionais recomendadas para você mergulhar nesse universo da escrita feminina.

Carolina Maria de Jesus

Esplendorosa escritora brasileira negra foi catadora de papel e, durante o seu trabalho, coletava cadernos nos quais retratou através de diários a realidade voraz da favela, questões sociais e humanitárias, sem deixar de lado os seus sentidos e sensações.

Nascida no ano de 1914 em Sacramento (MG), mudou-se para o Rio de Janeiro em 1947, residindo na favela do Canindé, formou família, criou seus filhos como mãe solteira e foi descoberta por um jornalista que ansiava escrever acerca daquela realidade. Entretanto, encontrou na obra de Carolina, muito mais do que ele previa. 
“Quarto de Despejo: Diário de Uma Favelada” foi publicado em 1960 e teve um marco de 100 mil exemplares vendidos, Vale a pena conferir a obra da autora, você perde por não lê-la. Como a mesma escreveu:
“Quem não tem amigo, mas tem um livro, tem uma estrada”.



 Cora Coralina
 “Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir”
Utilizando o pseudônimo Cora Coralina, Ana Lins dos Guimarães, nascida no ano de 1889 em Goiás, começou a escrever aos 17 anos de idade. Embora tenha publicado o primeiro livro em 1965, ganhando projeção nacional, antes apenas reconhecida em seu estado. Cora passou grande parte de sua vida em São Paulo, retornando na velhice para sua terra natal.
Após o reconhecimento (tardio, infelizmente), através de vídeos de entrevistas da escritora, é possível notar que a firmeza de Cora não estava apenas em seus escritos.
Poemas separados de Cora podem ser encontrados on-line, mas contemplar suas obras mais conhecidas na íntegra é de um enriquecimento tamanho. Por isso, indicamos as obras “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais”, “Os Meninos Verdes” e “Vintém de Cobre: Meias Confissões de Aninha”.


Maria Valéria Rezende

Quem já leu ou já ouviu falar no livro “O vôo da Guará Vermelha”? É umas das obras mais famosas da grande autora Maria Valéria Rezende. Paulista, mas radicada na Paraíba começou sua trajetória em São Paulo e atualmente, aos   73 anos, ela foi a última vencedora do Jabuti, o mais prestigioso prêmio das letras brasileiras, mas não é a idade que confere singularidade a Maria Valéria. Desde 1965, ela é freira e vive em João Pessoa, na Paraíba, numa comunidade de irmãs idosas. 
Sua escrita retrata a sensibilidade e o lado sonhador do ser humano. Reconhecida por falar sobre os pobres de forma que reflete a substituição de valores éticos e humanos por uma sociedade consumista que sufoca manifestações populares e tradicionais, a grande Maria Valéria Rezende é autora das obras: Quarenta dias, Ouro dentro da cabeça, entre outras atuações. Mais um exemplo de sensibilidade e maestria. 



 Ruth Rocha

Ainda falando sobre as nossas brilhantes autoras nacionais, abrimos espaço para a consagrada escritora Ruth Rocha. Quem na época da escola nunca leu livros da Ruth? Especializada em literatura infanto-juvenil, ela nasceu no dia 2 de março de 1931, aos 86 anos, já foi eleita para a cadeira nº 38 da Academia Paulista de Letras. Seu livro "Marcelo, Marmelo, Martelo", vendeu mais de 1 milhão de cópias.
Influenciada pelo escritor Monteiro Lobato, iniciou a carreira de escritora em 1976, com o livro, "Palavras Muitas Palavras". Porém, sua obra mais famosa é "Marcelo, Marmelo, Martelo", com tradução para diversas línguas. Mas sua escrita é rica também em conteúdos sociais, como por exemplo, o livro "Uma História de Rabos Presos", lançado no Congresso Nacional brasileiro, em 1989. Em 1990, lançou na sede das Organizações das Nações Unidas o livro "Declaração Universal dos Direitos Humanos Para Crianças".
Suas obras mais famosas são: O reizinho mandão, o menino que aprendeu a ver, Como se fosse dinheiro, Quem tem medo de quê?, entre outras obras. Ruth Rocha, simplesmente maravilhosa por sua linguagem para universo das crianças e adolescentes! Qual livro você já conhecia da Ruth?


Clarice Lispector

            Vocês devem estar se perguntando: O post não é sobre autoras nacionais? Siiiiim! Mas não poderíamos deixar de homenagear a grande Clarice Lispector. Nascida na Ucrânia, mas veio para o Brasil com dois meses de idade, Lispector é uma das escritoras mais importantes do cenário nacional e internacional.
Em 1939 Clarice Lispector ingressou na faculdade de direito, formando-se em 1943. Trabalhou como redatora para a Agência Nacional e como jornalista no jornal "A Noite". Casou-se em 1943 com o diplomata Maury Gurgel Valente, com quem viveria muitos anos fora do Brasil. O casal teve dois filhos, Pedro e Paulo, este último afilhado do escritor Érico Veríssimo.
Suas obras mais importantes e consagradas são: A hora da estrela (história famosa da sonhadora Macabéa),  Felicidade Clandestina  e Laços de Família, entre outras. Com uma escrita inconfundível, Lispector, escreve da prosa a poesia, além da linguagem, outro aspecto inovador na obra de Clarice é a visão do mundo que surge de suas histórias. O início como escritura na época em que os romancistas brasileiros estavam voltados para a literatura regionalista ou de denúncia social, Clarice enfoca em seus textos o ser humano em suas angústias e questionamentos existenciais. 

Maravilhosas, não é? Quem em cada da fase da vida não leu uma dessas autoras? Os textos e trechos das grandes obras de Clarice Lispector, por exemplo, fazem parte dos compartilhamentos nas redes sociais de muitas pessoas, mas nada como conhecer as histórias no contato com o próprio livro. 
Bom, vocês já conheciam as obras dessas autoras? Quais delas foram selecionadas para a lista de leitura de vocês? Quais escritoras vocês leem e gostariam de homenagear? 
Desejamos uma vida de Faces em Livros e de acesso à leitura e a escrita para todas as mulheres. 



Feliz Dia da Mulher! 


  &







21 comentários

  1. Olá ♥
    Que post lindo meu deus, digno de babar. Imagino o quão difícil foi para selecionar essas mulheres. Já li coisas da Cora Coralina, Ruth Rocha e Clarice. Tenho um apreço enorme pela Clarisse ela tem o dom de colocar em palavras sentimentos resguardados por muitas pessoas e sempre que estou mal procuro ler algo dela, pois sei que vou encontrar algo que vai me tocar de verdade. Mais uma vez parabéns pelo post lindo com ótimas referencias!Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Que projeto bacana esse de incentivar a literatura feminina. Adorei a escolha das escrituras principalmente Cora Carolina e Clarice Lispector embora ache que faltou autoras contemporâneas também como Juliana Daglio, Carolina Mancini, Letícia Godoy, Susy Ramone.
    Feliz dia Internacional da Mulher
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Que galeria de respeito você trouxe aqui!!! Já tive oportunidade de ler Clarice Lispector e Ruth Rocha e sim, todo meu respeito e admiração por elas. Lindo projeto e que mais autoras talentosas surjam em nossos caminhos.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem?

    Das autoras que você nos apresentou no post, respeito e admiro muito o trabalho delas, mas nunca li nada das autoras, mas de qualquer forma são muito conhecidas e todas tem histórias lindas! E amei conhecer o projeto! Não sabia sobre o que se tratava e com certeza irei mais a fundo conhecer eles um pouco!

    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Adorei sua postagem, como pode né, depois de tanto tempo essas mulheres ainda são ícones para nós amantes da leitura. Cora Coralina e Ruth Rocha fizeram parte de muitas leituras minhas e são ótimas dicas de leitura.
    Feliz dia das mulheres atrasado não pq nosso dia são todos os dias né! ;)

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia grande parte das autoras, mas devo confessar que foi bom escolher cinco autoras mulheres e nacionais também! :)

    Ah, a ultima não e brasileira mas e como se fosse!! hehe :P

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Eu só não conhecia a Carolina Maria de Jesus mas vou procurar mais sobre ela e sobre suas obras, achei muito bacana a sua postagem.

    ResponderExcluir
  8. Ai que lindas *-* Mulheres espetaculares! Adorei o projeto e pretendo me aprofundar e pesquisar mais sobre ele.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Ai que projeto lindo! <3 Só tem autora maravilhosa :3 Na minha universidade, nomeamos o nosso CA como nome da Carolina Maria de Jesus, porque né? Que mulher incrível.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ah, mas que postagem amorzinho e que iniciativa incrível!
    A única que eu não conhecia era a Maria Valéria Rezende, mas corrigirei isso já!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!!!
    Só escritoras maravilhosos!! Conhecia a Cora Coralina,Ruth Rocha e a Clarice (quem não conhece né?!),e li Marcelo,Marmelo,Martelo quando criança e lembro que foi um leitura super prazerosa pois foi um dos primeiros livros que li na infância..Não conhecia Carolina Maria de Jesus e fiquei bem curiosa pra conhecer a escrita dela!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/03/resenha-escandalos-na-primavera-lisa.html#comment-form

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Que post sensacional e que projeto maravilhoso?! Eu vi que a minha cidade está incluída na lista das cidades onde o clube ocorre, porém, ainda não conhecia. Com certeza, vou procurar saber mais.
    Conheço algumas autoras que você citou no post, mas, infelizmente, ainda não li nenhuma. No entanto, tenho muita curiosidade de ler algum livro da Clarice Lispecto e da Cora Coralina.
    Adorei o post! E parabéns atrasado pelo Dia da Mulher"
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oiee tudo bem?

    Que post mais amorzinho! é muito importante lembrar de nossas autoras e a contribuição das mesmas para nossa literatura!

    Bjs jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar do Leia Mulheres e achei bem interessante!
    Gostei do seu post!
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo post e pelo dia meninas,

    Fiquei MUUUUUITO feliz de ver a Carolina Maria de Jesus no topo da lista, uma autora tão importante pro Brasil e que merece ser mais divulgada. Adorei conhecer o projeto,

    Atenciosamente,

    Tiago Valente
    http://avidalida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Gente, que projeto maravilhoso! Das autoras citadas, acho que tive maior contato com Cora Coralina e Clarice Lispector, principalmente a Clarice, que embalou muitos livros da minha adolescência. Procurarei ler mais sobre as outras autoras. Amei esse projeto, importantíssimo pra conhecermos mais autoras <3

    ResponderExcluir
  17. Oi! Nossa, que projeto mais incrível. Realmente é muito legal ver tantas autoras talentosas sendo citadas e recebendo o destaque que merecem. Além de serem apresentadas para aqueles mais jovens ou os que não conhecem por alguma razão, figuras tão importantes. Achei bem legal a iniciativa, e é uma pena que aqui não tenha. Quem tem essa oportunidade deveria aproveitar e bem, realmente algo a se apoiar e curtir ao máximo!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Adorei sua matéria, digna de meus parabéns. A valorização da mulher deve ser discutida todos os dias e conquistada todo momento e é de admirar a sua disponibilidade de escrever um post lindo como esse. Eu não conhecia muitas das autoras citadas, além disso, não tive contato com nenhuma delas. Adorei conhecê-las e vou pesquisar mais sobre elas. Parabéns! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu acho que já vi esse projeto por ai, mas nunca parei para saber mais sobre e participar, só que eu já leio muitos livros de mulheres. Bom, das autoras citadas fiquei curiosa com a Carolina Maria de Jesus, a frase que ela escreveu é demais e fiquei curiosa com o título de sua obra. Enfim, parabéns pelo seu post!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Nossas mulheres da literatura são incríveis, não importa o país, apenas somos incriveis. Cora é uma escritora maravilhosa e devemos aprender a valorizar não somente ela mas todas, porque o mercado editorial sempre nos menospreza.

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia esse Clube da Leitura, acredita? É muito interessante e com ótimas autoras selecionadas!

    Das brasileiras que você selecionou, só uma ou duas eu não havia ouvido falar... E apesar de conhecer as outras, acredito não ter lido nada de nenhuma delas, por completo. Sim, não li Ruth Rocha na escola, haha!

    Infelizmente aqui na minha cidade não tem o clube... mas nunca é tarde para começar, não é?

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir