AMIGA ÍNTIMA DAS CRÔNICAS II NÃO CONTE A NINGUÉM



Não conte a ninguém, que quando nos vimos pela primeira vez, no pátio da escola, nos tornamos amigos inseparáveis.
Não conte a ninguém, que sonhávamos juntos, riamos, brincávamos. Consolamos e fomos o porto seguro um do outro.
Não conte a ninguém, que de uma hora para outra eu me perdia prestando atenção nos seus lábios mais vezes do que em suas palavras.
Não conte a ninguém, que de um grande amigo, você se tornou um grande amor.
Não conte a ninguém, que quando você me trazia em casa eu fantasiava beijá-lo na despedida.
Não conte a ninguém, que quando nos abraçávamos, eu sentia em todo o meu corpo uma vibração estranha.
Não conte a ninguém, dos planos que fiz, dos sonhos que sonhei, das noites em que dormia com um sorriso nos lábios por ter te visto mesmo que de longe.
Não conte a ninguém, que o tempo foi cruel e nos perdemos pelo caminho.
Não conte a ninguém, que vivemos grandes aventuras separados. Que realizamos sonhos. Que tivemos conquistas, mas que nesse meio tempo eu nunca te esqueci.
Não conte a ninguém, que a vida é piadista, e quando eu menos esperava, você estava bem na minha frente. 
Não conte a ninguém que o tempo passou, que a vida agiu, que retomamos a nossa amizade e que você continua o mesmo.
Não conte a ninguém, que você tem os melhores abraços. O mais lindo sorriso e o maior coração.
Não conte a ninguém, que estou pensando em tudo isso enquanto te vejo abraçado com outra.
Não conte a ninguém, que eu ainda sonho em te beijar.
Não conte a ninguém, que apenas um beijo seu, faria todos os meus sonhos se tornarem realidade.
Não conte a ninguém, que eu te amo, e que ninguém no mundo jamais sentirá um amor assim. 

31 comentários

  1. Que lindo!
    Que delicadeza e amor!
    Parabéns pela linda escrita!

    ResponderExcluir
  2. Que gracinha, achei o texto delicado. Só achei bem repetitivo o "não conte a ninguém" mas gostei da proposta.

    ResponderExcluir
  3. Oi Fabi,
    que lindo, sutil, doce e delicado. Não conte a ninguém, realmente um amor doce e singelo. Quem nunca né ?!
    Até suspirei, relembrando.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owmm obrigada pelo carinho. Fico feliz que você gostou <3

      Excluir
  4. Olá,
    Adorei o texto e senti muito sentimento em suas palavras.
    Fiquei boquiaberta com sua habilidade com a escrita sutil e doce, que nos embala pelas linhas e nos cativa dando aquele grande abraço.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele, obrigada pelo seu carinho
      Fico feliz em ler algo assim de você, alguém que eu acompanho o trabalho e admiro.
      Beijos e volte sempre.

      Excluir
  5. Adorei o título e a crônica toda em si.
    Ótimo texto, super cativante e apesar de eu não ser tão fã dessa estrutura de repetição confesso que adorei, parabéns!

    ResponderExcluir
  6. "Não conte a ninguém, que o tempo foi cruel e nos perdemos pelo caminho."
    Meu Deus, que texto triste. De uma forma (acho) que diferente, me identifiquei demais com ele e até caiu um cisco aqui no meu olho rs
    A vida é assim, existem pessoas que passam por ela mas nunca nos esquecemos... tão bom e tão ruim ao mesmo tempo

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto, muito bem escrito, mas triste, pois deve ser triste gostar de alguém que, além de tudo, é seu amigo, e não poder viver isso plenamente.

    ResponderExcluir
  8. Como sempre digo "todos temos nossos fantasmas". Se eu escrever sobre meus sentimentos acho que sairia uma tragédia.
    Gostei do seu texto mesmo ele sendo triste. Gostei principalmente porque título de um dos meus livros preferidos do Coben""Não conte a ninguém.."
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo! Parabéns!
    Estava precisando de algo assim para refletir um pouco sobre o amor. Na correria da rotina andava meio afastada dos sentimentos, mas isso despertou minha vontade de desabafar e escrever também. Afinal, quem nunca passou por isso?
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owmm Ana, obrigada pelo carinho.
      Que bom que você curtiu e que e fez refletir.
      Desabafe, as vezes nós só precisamos deixar sair o que está preso dentro de nós, e se você não puder falar pessoalmente, escreva. É uma forma linda de se expressar.

      Excluir
  10. Olá.
    Que lindo texto. Muito sensível e profundo, adorei.
    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que texto bonito e ao mesmo tempo extremamente triste. Sem dúvida uma das situações mais cruéis da vida é ter um amor não correspondido e ter que sofrer assim, calada. Essa história daria um lindo livro.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Ain meu deus! Meu coração ficou partido.
    Seu texto é muito lindo e muito triste também.
    Quase que eu choro.
    Amei muita coisa!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliziane, tudo bem?
      Que bom que você gostou <3

      Excluir
  13. Simplesmente tocante esse texto. Define os mais profundos sentimentos!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?

    Achei o texto muito bonito, bem tocante principalmente o final.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  15. Bonito e tocante o teu texto... Queria saber me expressar bem pra soltar meus devaneios...

    Bjs...

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Muito bonito e emocionante o seu texto, adorei poder acompanhar, foi muito bem escrito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol, obrigada. Fico feliz que você gostou <3

      Excluir
  17. Que legal. Adorei o texto. Muito criativo e emocionante. Beijos.
    https://v3rsosdaalma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oie
    uau parabéns pelo talento pois até me arrepiou, é muito um texto interessante para refletirmos sobre o silencio e outras coisas

    beijso
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Achei o seu texto bem legal. Sua escrita é bem fluida.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Nossa, adorei esse texto! Você realmente tem um talento incrível, tanto que me prendeu do início ao fim e imaginei toda a história dos personagens com apenas poucas palavras, escreva mais porque você tem um ótimo potencial!

    Beijos,
    Lu - http://justificou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu, nossa muito obrigada pelo carinho. Fico feliz que você tenha gostado.
      Beijos <3

      Excluir
  21. Oi Faby sua linda, tudo bem?
    Achei seu texto tão doce, fiquei empolgada na expectativa e no final, uma tristeza. Ela deveria ter contado o que sentia lá na escola, no início. De repente, poderia ter sido recíproco, ela nunca vai saber. Adorei!!!!!! Parabéns.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cila, tudo bem?
      Owmm que bom que você curtiu.
      Sobre ela contar a vida tem disso né? São tantos " E se", mas vc tem razão, talvez fosse recíproco e ela só precisava ter dito, enfim.
      Obrigada pela visita.
      Beijos

      Excluir