RESENHA|| O LADO FEIO DO AMOR

Título: O lado feio do amor
Autora: Colleen Hoover
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Galera Record


Avaliação: 
SKOOB || Onde comprar: Saraiva/Amazon

 Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.


Collen Hoover se tornou minha autora favorita desde que li seu maravilhoso livro "Um caso perdido", ela me encanta com suas palavras fluídas e com a alta carga emocional presente nos seus personagens. Quando peguei esse livro já sabia que ele ia me arrasar e me deixar desidratada, assim como todos os demais livros da autora. E foi exatamente o que aconteceu. O lado feio do amor, me arrancou risadas, lágrimas e suspiros e só seve para comprovar o quanto essa autora é talentosa e maravilhosa.

" É assim quando alguém se sente atraído por uma pessoa. Ela não está em lugar algum e, de repente, está por todo canto,quer você queira ou não. "

O livro conta a história de Tate, uma garota que teve que se mudar para o apartamento do seu irmão, Corbin, em busca de terminar seus estudos de enfermagem e procurar um emprego para conseguir o seu próprio apartamento no futuro. Porém, no primeiro dia em que ela chega no prédio do irmão, dá de cara com um homem bêbado na porta do seu apartamento, impedindo a sua entrada no mesmo. Ao falar com Corbin, ela descobre que ele é, na verdade, o melhor amigo dele e que ela deveria ajudá-lo a entrar no apartamento. Tate nunca imaginaria que aquele homem fosse mudar a sua vida por completo.


Miles Archer é um garoto misterioso que esconde muito bem as suas emoções, uma pessoa muito quieta e que esconde um grande passado emocional e digamos, feio. Ele trabalha como piloto em uma companhia aérea. Ele não é um personagem típico dos livros New Adult, pelo contrário, ele é trabalhador, descente e de nenhuma maneira pode ser conhecido como pegador. Porém quando ver Tate, começa a se sentir atraído por ela e logo ver que o sentimento é mútuo.

Quando Tate e Miles finalmente dão o primeiro passo (um magnífico beijo) ele estabelece prontamente duas regras, a primeira é que ela não deve perguntar sobre o seu passado e a segunda é que ela não deve ter esperanças para um futuro ao seu lado. Tate aceita mesmo sabendo que talvez isso não fosse dar certo, mas tinha sempre a esperança de que ele mudasse de ideia e eliminasse todas essas regras. Os dois concordam, então de se relacionarem apenas com sexo casual e nada mais além disso.

"Se qualquer outro homem, me tratasse como ele me tratou, seria o único e uma única vez. Eu não tolero as coisas que vi um monte de amigas tolerar. No entanto, eu me vi continuando a fazer exceções para ele, como se alguma coisa pudesse realmente justificar suas ações.






O livro vai girando em torno desses encontros, mostrando o quanto Miles não quer se envolver e o quanto Tate quer que ele se envolva. As cenas de sexo são exploradas nesse livro muito mais do que nos outros que li da autora, pois a história se baseia nessa relação, às vezes cansava das cenas e achava que já tinha tido muitas delas, mas não foi algo que comprometeu a leitura de jeito nenhum.








"- Então por que continuar se sabemos que não vai terminar bem? - pergunto.
- Porque não sabemos como parar."


O livro é intercalado em capítulos narrados por Tate (se passam no presente) e capítulos narrados por Miles que se passa no passado, e é dessa forma que vamos conhecendo o passado feio do personagem. Aos poucos e notando a diferença de comportamento dele hoje com ele há seis anos atrás, definitivamente, um acontecimento como esses, é capaz de mudar muito alguém.

Cheguei ao fim do livro encharcada de tanto chorar, é magnífico o modo pelo qual a autora o termina, várias vezes disse pra mim mesma: "Não é possível que isso esteja acontecendo" e no fim, pude realmente entender o significado do título do livro. Tudo se conecta, o título e a capa, que aliás, é simples, porém muito linda e te faz lembrar tantas coisas quando você termina a leitura e olha para a ela.

Já deu pra perceber que recomendo muito esse livro para todas as pessoas que gostam de um bom romance sem toques clichês e àqueles que amam a Collen como eu. Vale a pena ler esse livro, pois, eu seria capaz de ler até a lista de supermercado da autora. Leiam porque é ótimo, além de mostrar uma história de superação, amor e sentimentos.

23 comentários

  1. Olá Manuh, tudo bem?
    Mais uma resenha maravilhosa sua. Quando eu li esse livro eu simplesmente amei cada página dele. Em alguns momentos sentia raiva do Miles por ser tão idiota e da Tati por ser tão besta. Quando entendemos a relação do titulo com a história, começamos a entender e perdoar um pouco os atos deles. A CoHo é minha autora favorita também e meu livro favorito Talvez um dia, não deixe de ler. Foi lindo ver ao final da sua resenha quão bem você absolveu e sentiu a história. Parabéns pela leitura e pela resenha. Eu adoro acompanhar as suas reflexões. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faby, eu amei a relação com o nome, o fim, tudo, tudinho, acho que essa autora tem alguma magia envolvida pra encantar todo mundo assim hahaha, muito obrigada pelas palavras, não me canso de dizer que o seu incentivo é muito importante pra mim. Não vejo a hora de ler o seu queridinho. Beijossss.

      Excluir
  2. Oi, Manuh!
    Fiquei como você no final, chorei horrores!!! Quando ele vai na casa da ex e vê o bebê. Senhor!!! :'(
    Apesar de MUITO sexo, o livro é maravilhoso, pois a gente vai sentido a conexão e o impendimento de Miles contra isso.
    Gosto dos livros da Hoover por ela passar muito sentimento. <3
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie! Quando comecei a ler pensei que Tate era um homem, por conta do personagem de American Horror Story, rs. Agora, ele parece ser um livro hot, não é muito a minha praia... Mas fiquei curiosa sobre o passado da personagem! Talvez um dia eu dê uma chance pra saber o que ela tenta tanto esconder ;)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito deste livro, embora eu tenha tido muitos problemas com a Tate e com a falta de amor próprio dela. Ouvi dizer que o livro seria adaptado par ao cinema, mas não ouvi mais nada.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Confesso que fiquei surpreso ao final de sua resenha. E o principal motivo disse foi o fato de você ter amado essa obra, pois as outras que li (foram muitas) sempre dizia que esse livro não é tão bom quanto os outros sucessos da autora. Enfim, que bom que o livro fez você chorar isso mostra que a Colleen consegui passar sentimento no livro. Até mais ver

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem?
    Já encontrei bastante resenhas e indicações sobre os livros da autora, mas não encontrei nenhum que me chamasse completamente a atenção para realizar a leitura dos livros, fico feliz que você tenha gostado do livro e se não me engando haverá filme dele, quem sabe assistindo e conhecendo um pouco mais da trama eu me interesse pela leitura!
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Ola
    Sou bem suspeita em comentar sobre esse livro e sobre a autora e todos os seus títulos. Sou apaixonada mesmo e grande fa da autora. Sobre esse livro devo dizer que é um dos meus queridinhos e só de ler sua resenha ja sinto saudade e vontade de reler. Fico feliz que tenha curtido.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oiee Manu ^^
    Não sei o que estou fazendo da vida, que ainda não li este livro! O primeiro livro da Colleen que eu li foi "Métrica", mas o que me conquistou mesmo foi "Um caso perdido". Também, né? Estou doida para ler "O lado feio do amor" há tempos, mas, até agora, nada. Fico feliz em saber que você gostou tanto da obra, espero poder lê-lo logo *-*
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Todos os livros da Colleen são favoritos comigo, mas esse entrou no top 3 sabe? Chorei horrores com a história, o plot pra mim foi tipo SOCORRO.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Já vi a capa do livro em várias livrarias, mas nunca tive um grande interesse como estou tendo após ler a sua resenha. O livro parece ser muito emocionante, não? Perfeito para mim, estou precisando de ler uma histórias nessa "vibe". Assim que eu tiver alguma oportunidade, irei fazer a leitura da obra!

    http://desencaixados.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Já ouvi falar muito dessa autora e desse livro, mas sempre que leio "Tate" penso em um homem hahah. Confesso que esse gênero não me atrai e essas histórias envolvendo segredos do passado e mistérios também não. Acho que também teria me incomodado com cenas em excesso... Tive problemas já nesse sentido :/



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso Top Comentarista valendo um livro Jantar Secreto, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa pela leitura.
    E essa capa está uma lindeza!
    Adoro essa coisa de capítulos intercalados e de chorar durante a leitura, dica anotada!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi!

    A CoHo é maravilhosa né? Não tem jeito. <3
    Esse é o único livro dela que eu ainda não li e to bem ansiosa para ler. Fiquei feliz em saber que a história te arrancou suspiros e lágrimas. Espero gostar tanto quanto você. <3

    bjs!

    ResponderExcluir
  15. Oi Manuh,
    Esse não é meu livro preferido dela, mas com certeza é um dos que mais me agrada por ter amadurecido mais os seus personagens. Foi um pouco previsível o acontecimento da vida do Miles, mas eu fiquei em lágrimas mesmo assim. Acho que o livro poderia ser sido um pouco mais extenso, mas não tenho do que reclamar. Leitura maravilhosa sem dúvidas.

    Bjs,

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem? Esse foi o primeiro livro que li da Colleen e já me apaixonei perdidamente ali. A autora tem uma capacidade de nos deixar em risadas e lágrimas tudo de uma vez só e esse livro foi realmente uma mistura de sentimentos pra mim. Que bom que teve uma experiência tão boa como a minha e continue lendo livros da Colleen <3 Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi
    Pasmem, ainda não li nenhum livro da autora.
    Porque? Eu meio de enjoei dos livros New Adult, parece que depois que lemos um, lemos todos, parece que os cliches ficam se repetindo.
    E você conseguiu despertar meu interesse ao dizer que esse foge do cliche. Vou ler esse livro e quem sabe eu também não me apaixone pela autora.
    Quanto às cenas hot, eu aprendi a pular quando começam a me incomodar e isso abriu mais meu leque de leituras.

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Tudo bem?
    EU AMO ESSE LIVRO! Na minha humilde opinião ele é o melhor livro da Colleen <3
    Quando o li eu também chorei de mais, na verdade na maioria dos livros da Colleen eu costumo desidratar durante a leitura, sem contar o fato de que sempre acabo lendo-os rápido de mais e sempre ficar com aquela sensação de perda no fim da leitura. Sua resenha me fez ter vontade de reler, enfim, ótima resenha (e ótimo gosto para romances hehe)

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  19. Olá! Eu não leio muitos New Adult.
    Li recentemente um New Adult e gostei bastante, mas ele deixou meu coração em caquinhos. Ainda estou me recuperando rs
    Por causa disso vou deixar a dica passar, mas vai ficar anotada a dica.
    Abs ^^

    ResponderExcluir
  20. Esse foi o primeiro e único livro que li dessa autora até agora. Até que gostei, mas não está entre meus favoritos...

    Não me emocionei tanto quanto você, mas foi uma boa leitura... Acho que romances com homens babacas (mulheres também, é claro) deveriam parar de serem produzidos. Ninguém tem o direito de abusar emocionalmente do outro e pensando agora, é isso que Miles faz o tempo todo.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    A Colleen me conquistou desde o primeiro livro que eu li dela, mesmo com os clichês, parece que estou lendo eles pela primeira vez, é maravilhoso o que essa mulher faz. Não li O lado feio do amor ainda, sua resenha só aumentou minha ansiedade hahaha <3
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  22. Oi Manu, tudo bem?
    A Colleen é meu amorzinho e esse é um dos poucos livros dela que eu não li ainda, mas adorei ver que ele é emocionante assim mesmo. A trama parece incrível e está na minha lista, bem no topo! ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir