RESENHA|| CARTAS DE AMOR AOS MORTOS



Titulo: Cartas de Amor aos Mortos
Autora: Ava Dellaira
Páginas: 344
Editora: Cia das Letras (Selo Seguinte)

Avaliação: 

Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky.

Olá leitores!
Hoje venho mostrar para vocês uma obra que marcou muito minha vida em 2016. Não procurei saber muito sobre o livro antes de inciar a leitura. O que posso dizer em um primeiro momento é que Ava Dellaira me encantou logo nas primeiras páginas.

Na obra, conhecemos Laurel, uma garotinha que acabou de entrar para o ensino médio e que de cara percebemos que seu passado é um tanto quanto perturbador, devido à recente perda que sofrera: sua irmã May e inspiração de vida, e ela ainda não sabia como lidar com sua ausência.

"Havia uma barreira entre mim e o mundo. Parecia uma grande parede de vidro, espessa demais para ser atravessada. Eu poderia fazer novos amigos, mas eles nunca me conheceriam, não de verdade, porque nunca conheceriam minha irmã, a pessoa que eu mais amava no mundo."

Após uma hilária atividade de escola, em que Laurel sentiu um forte bloqueio em realizá-la, surgiu uma forma de consolo e desabafo para a garota: escrever cartas para alguém que já morreu. 

A partir daqui conhecemos os protagonistas da história: Kurt Cobain, Amy Winehouse, Janis Joplin, dentre tantos outros nomes de pessoas que já se foram. Laurel a princípio não entregou a atividade, mas guardou consigo estes desabafos como forma de manter May presente. 

De certa forma, quando não nas cartas, Laurel imaginava outra maneira de sentir a presença da irmã: se passava por May, se vestia como May e agia como May. Ela acreditava que assim poderia ser tão querida e aceita como a irmã era e manter a memória da irmã sempre ali.
"Todos nós queremos ser alguém, mas temos medo de descobrir que não somos tão bons quanto todo mundo imagina que somos."

O que não imaginava, no decorrer da história, foi o fato de Laurel amadurecer tanto, ao ponto de encarar os fantasmas e traumas do passado e poder, finalmente, deixar May ir embora, se apegando apenas aos bons momentos fixados na memória. 

Não consigo falar muito mais da história. Foi algo intenso, agoniante e maravilhoso. Os personagens foram muito bem construídos e o final fora emocionante. Me envolvi com Laurel e todos os acontecimentos do seu passado como se estivesse vivenciando realmente tudo que lhe aconteceu. 


"A verdade é bela, não importa qual seja. Mesmo que seja assustadora ou má. É a beleza simplesmente porque é verdade. E a verdade é radiante. A verdade nos faz ser nós mesmos. E eu quero ser eu".

A diagramação está fantástica, a fonte agradável e as páginas amareladas que ajuda a leitura fluir ainda mais. Confesso que, mesmo me encantando com o enredo logo de cara, tive uma certa dificuldade para pegar o ritmo da leitura, mas, assim que me adequei, não consegui desgrudar do livro até chegar ao final da história. 

Tive uma terrível e adorável "ressaca literária" ao término do livro e, fiquei um certo tempo olhando para o teto tentando digerir tudo que tinha acabado de ler. Cartas de amor aos mortos possui um enredo incrível que mexe com o psicológico de qualquer leitor. A leitura é indicada para você que está preparado para encarar grandes emoções e receber grandes revelações inimagináveis pela sinopse da obra!
"O universo é maior do que qualquer coisa que cabe na sua cabeça."

13 comentários:

  1. Oieee, esse é um livro que já esta na listinha a um tempinho e ainda não tive oportunidade de ler, mas que espero que seja em breve, pois tenho visto uma galera recomendando e quero muito conhecer!

    Bs Jany

    http://www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse livro VAI TER que passar na frente na lista de leituras! Escrever uma carta para Elizabeth Bishop! Que incrível!
    O enredo também me interessou muito.

    ResponderExcluir
  3. Oi, esse foi mais um dos livros que eu já ouvi falar, mas nunca me interessei. E como sempre, me arrependi de não ter lhe dado uma chance. A história parece intensa e repleta de mensagens maravilhosas - aliás, amei os quites.
    Pode ter certeza que o lerei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Este livro é ótimo, me emocionei em várias partes dele. Achei incrível a forma como a autora montou seu enredo em cima de cartas que Laurel ia fazendo para alguns famosos que já morreram.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Sempre leio resenhas positivas a respeito desse livro. Sua resenha está ótima, me deixou mais curiosa ainda em lê-lo, parece uma leitura carregada de emoções.

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Eu li um número grande de resenhas sobre esse livro, no início, até me interessei, mas depois, com o excesso de resenhas, fui perdendo o interesse, a vontade. Talvez, mais pra frente, o leia, pois o enredo é interessante. Ressaca literária é pra derrubar mesmo ^^

    ResponderExcluir
  7. Oie!!! Ha mt tempo estou interessado nesse livro, mas ainda n tinha lido nenhuma resenha sobre, e a sua me animou ainda mais! Adoro quando a ressaca é pelo livro ter sido TAO bom haha ate mais!

    Tiago Valente

    Http://avidalida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem?
    Eu tenho realmente muito interesse em realizar a leitura desse livro, ganhei um poster enorme dele e até hoje então quero ler, sua resenha soube me cativar muito!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  9. Eu comprei este livro quando lançou, e ainda não li. Mas tenho muita curiosidade e ainda pretendo ler. Adorei sua resenha, só me animou a ler logo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Nunca tive vontade de ler o livro apesar de ter uma premissa bem legal, e o fato da personagem amadurecer também é ótimo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Tenho muita curiosidade em conferir esse livro, principalmente por causa da temática que me agrada muito. Fiquei curiosa para saber esse final emocionante e espero poder ler muito em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Me indicaram esse livro uma vez, falaram que é ótimo! Sua resenha ficou ótima, valeu a dica! <3

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva