RESENHA|| ORGULHO E PRECONCEITO


Livro: Orgulho e Preconceito
Autora: Jane Austen
Páginas: 233 (235 - 468)
Editora: Martin Claret

                
                 Avaliação: 
                       Skoob || Onde comprar

Sinopse: O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casada, o que a Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando o Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. Enquanto o Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, o Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato.


Bem, hoje trago-lhes um livro que sempre fui louca, tanto para adquirir quanto para ler. E, como estou tentando me familiarizar pelos romances de época, aos quais tenho me apaixonado não só pelo estilo, mas pelas histórias e personagens, não podia deixar de ler um dos clássicos de Jane Austen. Logo, apresentarei a vocês minhas impressões por Orgulho e Preconceito.


" É verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro e muito rico necessita de esposa. Por menos conhecidos que sejam os sentimentos ou as ideias de tal homem ao entrar pela primeira vez em certo lugarejo, tal verdade está tão bem arraigada na mente das famílias que o rodeiam, que ele vem a ser considerado propriedade legítima de uma ou outra de suas filhas." p. 237

A história se inicia quando um jovem solteiro, Sr. Bingley, aluga e instala-se em uma mansão na parte rural da Inglaterra (irei me referir assim porque os nomes dos lugares são complicados). Logo, a Sra. Bennet, uma mulher carente de bom senso que possui cinco jovens filhas, vê-se atentada pela oportunidade de casar uma delas com o jovem rico. Dessa forma, ela não sossegará até finalmente apresentá-lo à suas filhas. Assim, entre trocas de formalidades quanto a visitas e suas retribuições, Jane, a mais velha de suas filhas, vê-se encantada pelo Sr. Bingley, e o sentimento é recíproco. Mas, calma, esse não é o único romance da história.


A segunda irmã mais velha, carinhosamente chamada de Lizzy é uma garota crítica e abençoada pelo bom senso, que salva a ela e Jane da tolice das irmãs e mãe, e, logo, superestima em si uma qualidade: o seu orgulho.
"Vaidade e orgulho são coisas diferentes, embora sejam palavras usadas muitas vezes como sinônimos. A pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho está ligado à opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, ao que os outros pensam de nós." p. 247.
Logo, como citado, Lizzy tem em alta conta o seu julgamento e, dessa maneira ela conhece o Sr Darcy, o melhor amigo do Sr. Bingley, que veio a acompanhá-lo juntamente com suas duas irmãs. No entanto, o Sr. Darcy, ao contrário de seu amigo, é um homem taciturno, frio e, por sua falta de imediata sociabilidade é taxado como grosseiro. Em um breve comentário diz que Lizzy não era uma das mulheres mais bonitas que já viu, e, assim,  juntamente com sua personalidade arrogante, Elizabeth faz um pré-julgamento com base em seu orgulho ferido e nas aparências.

E é dessa forma que os personagens se envolvem em romances, ou são "acometidos" silenciosamente pela apreciação da paixão, tendo que resistir à distância, ao orgulho, arrogância, às condições socioeconômicas e a falsos julgamentos.

Acredito que o início do livro seja um pouco maçante, pois comecei lendo nutrindo esperanças de um romance entre Lizzy e Sr. Darcy. Mas tornou-se extremamente prazerosa quando percebi que o livro não se tratava desses dois, mas, como expresso na primeira página do livro, iria tratar-se de famílias e casamentos, no caso, mais voltado para as Srtas. Bennet. No entanto, não veio somente a tratar disso mas, do orgulho e do preconceito. O orgulho de Lizzy, que moldou uma personalidade ao Sr. Darcy conforme o que lhe era dado às aparências, e que a fez por em questão - e de certa forma para si mesma como humilhante o seu erro em - a sua tão estimada opinião sobre caráteres. E, o preconceito do Sr. Darcy, que, com sua arrogância acabou por diminuir pessoas economicamente inferiores, e por sua predileção a socializar-se com pessoas de mesma condição.

No desenrolar dessa história, acontecem coisas que nos arrancam não só suspiros e lágrimas mas, muitas risadas. Embora tenha demorado no início, me prendendo somente a Elizabeth, devorei o livro quando peguei o seu ritmo. E, preciso dizer, continuo ainda com aquela sensação de precisar prosseguir a leitura, mesmo após terminado, de tão prazeroso. Dessa forma, recomendo a leitura para aqueles que apreciam os clássicos e os que desejam conhecer a escrita da Jane Austen.

Por fim, quanto ao estilo do livro, ao qual me apaixonei não só pelo romance mas, pela capa e designer, é uma edição da editora Martin Claret, que envolve três livros em um único volume, e, por isso, Orgulho e Preconceito teve início na página 235.

25 comentários

  1. Olá Cat, tudo bem?
    Como amante de romance nem preciso dizer que amo esse livro não é? O problema com ele é realmente ser maçante no começo, o que faz as pessoas desistirem antes de chegar na parte boa kkkk. Eu amei a escrita da Jane, principalmente por ser bem diferente dos autores atuais. Ela trabalha enredo, família, cenário. Não há cenas eroticas, mas nem por isso o livro deixa de ser bom. Que bom que você apreciou esse clássico da literatura. Super recomendo também o filme e a adaptação orgulho e preconceito e zumbis, além de rir muito com esse ultimo, é lindo fazer as referencias com as outras duas obras. Parabéns pela resenha e pelo ótimo gosto de leitura. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Faby!!
      Realmente, ela trabalha muito o enredo, família e o cenário.
      Siiim!! Ainda não consegui assistir Orgulho e Preconceito, mas assisti Orgulho e Preconceito e Zumbis, e simplesmente amei! Pensei que fosse uma sátira, mas ele se mostrou bem legal, com atores lindos e boas citações do próprio livro da Jane.
      Obrigada, beijos :*

      Excluir
  2. Ola
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, especialmente porque esse livro está na minha lista de desejados ha um bom tempo e sem contar que amo muito esse gênero. De fato, nao sei como ainda nao fiz essa leitura. Fico muito curiosa sobre seu desenvolvimento e as características dos personagens e da ambientação.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fer!
      Entendo, esse livro também ficou um bom tempo na minha listinha até eu finalmente adquiri-lo.
      Beijos :*

      Excluir
  3. Cat, o que dizer dessa resenha linda??? Maravilhosa!!!
    Amo este livro e amo ainda mais saber que ele continua conquistando fãs pelo mundo. Jane Austen marcou o mundo!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Ela marcou!
      E que bom que ela o fez, e vem sendo lida e relida por gerações, e que assim continue, pois é um livro maravilhoso!
      Obrigada, beijos :*

      Excluir
  4. Ainda não li o livro, só vi o filme e sei que vai muito além de um simples romance, é um marco histórico, e isso me deixa imensamente feliz! Acho essa edição linda demais e com certeza essa é uma das obras que PRECISO ler antes de qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus do ceu! Eu quero essa edição, na real quero todos os livros da Jane! *--*
    Bjss http://resenhasteen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu quero muito ler esse livro! Vejo tanta gente falando bem, e essa edição parece perfeita!
    Eu já assisti o filme, mas a versão com zumbis, e apesar de meio louco fiquei curiosa pra ler o livro original na época.
    Preciso ler esse ano!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Lhe desejo uma boa leitura, então!
      é, embora meio doido a versão em zumbis, e que de inicio você acha que é uma sátira, tem boas citações tiradas do próprio livro... e os atores... <3 <3
      Beijos :*

      Excluir
  7. Olá Cat, tudo bem?

    Todo mundo que eu conheço conseguiu ler Jane Austen. Agora me diga: porque eu não consigo? HAHA.

    Essa edição da Martin Claret é lindíssima, mas acho a fonte tão apertada pra leitura, que to procurando ainda uma edição boa pra isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pamela, tudo ótimo. Obrigada!
      A edição é linda, mas que pena que você não se interessa muito.
      Tive uma certa dificuldade para acompanhar no começo, mas logo depois eu peguei o ritmo.
      Beijos :*

      Excluir
  8. Olá amore,
    Quero muito ler esse livro – há algum tempo está em minha lista de desejos.
    Essa capa é linda... e a história parece ser maravilhosa e olha que sendo sincera não curto romances de época... masss esse quero abrir uma excessão.
    Adorei a resenha e as fotos, deu até mais vontade de ler.
    Beijokas!!!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Cat,
    Li esse livro no ano passado e foi uma das melhores escolhas que fiz na vida. Entretanto, preciso concordar com você, o começo é bem maçante mesmo e acho que isso faz muitos leitores abandonarem o livro.
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei com vontade de reler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste da leitura... Eu já tive uma grande curiosidade em relação a este livro mas não sei se a mantenho... ahah

    E uma pena que o inicio seja enfadonho e que não trate aquilo que estavas a espera, mas acho ótimo que a parte gráfica esteja assim tao boa!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Oiee, todo leitor que se preze precisa ler esse livro, confesso que li diversas vezes e cada vez me apaixono mais pela escrita da Jane, amo o filme, as adaptações... enfim amo o livro!

    Bjs

    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Aaaah um dos meus preferidos de Jane Austen!

    Amo esta história, embora eu não seja tão caidinha pelo Mr. Darcy quanto a torcida feminina do (insira um time de futebol grande aqui). Gosto mais do Mr. Bingley, a inocência e confiança dele no amor me apetece mais que a arrogância e prejulgamento do Mr. Darcy.

    Ótima resenha!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Olá.
    Eu ainda não li esse livro, mas assisti ao filme e me apaixonei completamente pelo Sr. Darcy. Também gostei bastante da Lizzy e sua forma crítica de pensar e não se sujeitar às convenções sociais.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Adorei saber suas impressões sobre esse clássico. Ainda não fiz a leitura, mas já assisti ao filme e confesso que gostei bastante.
    Saber que essa obra os acontecimentos tiram suspiros e lágrimas me chama muito a atenção e atiça minha curiosidade para saber porque. Pretendo tentar fazer essa leitura ainda esse ano.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Nem considero esse livro um romance de época, já que ele retrata a época em que foi escrito... Hehe... Mas ideias mirabolantes à parte, rs, só sei que adoro Jane Austen e, embora esse não seja meu livro preferido dela, gosto muito dele! Que bom que devorou o livro quando pegou seu ritmo. :)

    ResponderExcluir
  16. Eu li esses clássicos dá Jane a muito tempo mas não tinha o livro até comprar essa edição que é uma das coisas mais lindas que já vi em minha vida. Agora eu quero.o HQ do orgulho e preconceito que me disseram que está linda também. Amei a resenha. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, não sabia da existência desse HQ! Obrigada!!!

      Excluir
  17. oie, já li esse livro e também me emocionei e sorri. é um clássico maravilhoso e adoro ele.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu odeio romances de época e até já fiquei tentada em ler orgulho e preconceito por ser um livro clássico e tudo mas sempre acabo adiando por conta de ser um gênero que não gosto. Saber que o início é maçante só me fez ter mais certeza de que não quero ler.
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Má oee! Não suporto romances, mas acho a Jane uma figura interessantíssima e tenho bastante curiosidade quando à sua escrita. Tenho amigos próximos que são apaixonados por esse livro, devo admitir que a edição me chama mais atenção que o enredo dkgnfdjkgfdkj como disseste, a capa é maravilhosa. Abraço!

    ResponderExcluir