RESENHA|| O REINO DAS VOZES QUE NÃO SE CALAM


Título: O reino das vozes que não se calam
Autor: Carolina Munhóz & Sophia Abrahão
Editora: Rocco
Páginas: 285

Avaliação: 


Sinopse: O coração começava a parar e ela perdia a consciência. Conforme afundava de olhos abertos, via as criaturas daquele santuário. Ninguém entenderia sua decisão. Os pais e amigos ignoraram seus diversos apelos. Os seres mágicos também fecharam os olhos e ouvidos para as vontades dela.Queria viver no Reino. Estar em um lugar onde seria sempre querida. Por isso tomara a decisão drástica. Precisava dormir eternamente. Ansiava por sorrir para os sereianos e dizer que estava tudo bem, que tudo daria certo.
Nos contos de fadas era assim...




Sophie é uma garota do colegial. Magra, alta e ruiva; ela sofre bullying  por parte de seus colegas e dessa forma ela tenta chamar a menor atenção possível. Por outro lado, a sua melhor amiga, Ana é umas meninas mais populares da escola, seria quase impossível não ter tanta atenção. Como conviver no meio de pessoas que não nos aceitam como somos?

“Ninguém pode fazer outra pessoa feliz. Nós precisamos encontrar a nossa própria felicidade. Eu nunca achei que fosse digna de ser feliz. Esse sempre foi o grande problema.”

A garota tenta se enturmar como pode e, certa vez ela foi a uma festa, a pedido de sua amiga, onde todos os garotos e garotas mais populares da escola estariam. Essa seria a chance de Sophie mostrar que tem talento como também provar que o seu caráter fala mais alto que sua aparência. Será que ela consegue provar? A resposta é não. Ela passa por uma situação muito difícil, em que sua amizade com Ana fica abalada. Ambas se distanciam e nesse tempo, Sophie descobre que não era daquele mundo.


Ao chegar em casa chorosa e ir direto para o seu quarto, ela acaba caindo em sono profundo. O que a garota não esperava era acordar em um mundo diferente, novo e misterioso. Nesse reino mágico, ela conhecerá bruxas, fadas, gnomos, fênix entre outros; criaturas que estavam a sua espera, para serem lideradas por uma pessoa especial. Para isso, será necessário ela passar por vários desafios. E, um deles é aceitar a si mesma. Será que Sophie estará disposta a tudo, inclusive a aceitar o seu destino?

O reino das vozes que não se calam é um livro que nos impressiona. Inicialmente a narrativa chega a ser clichê e previsível, nos fazendo pensar que a história é infantil. Por outro lado, ao passo que conhecemos a protagonista, nos dois mundos em que ela se insere, percebemos uma evolução profunda com temas atuais e que nos surpreendem.


“Desde a primeira vez que a vira, sabia que ela era como um passarinho com asas quebradas. Não queria consertá-las, mas gostaria de tentar encorajá-la a se curar e voar.”

Algo inovador nesse livro, é tratar de criaturas mágicas com talentos especiais. Quando conhecemos o mundo fantástico definimos quem são os vilões e os mocinhos. O que ocorre nesse livro é diferente, todos nesse reino nos surpreendem, não conseguimos definir de cara quem é o vilão ou quem seria o mocinho. A Carolina nos mostra que cada pessoa possui o bem e o mal dentro de si, a diferença está no tipo de escolha que fazemos e qual seguiremos.

A protagonista segue uma linha de altos e baixos. Quando pensamos que o enredo irá se estabilizar, outro núcleo narrativo se desestabiliza ( o que deixa o livro ainda mais interessante). O ponto alto do livro é perceber que a protagonista escolhe aquilo que é melhor para si, mesmo sabendo que irá liderar. E, não achem que é a escolha obvia.

O que falar da diagramação? A capa fala mais alto, claro. Os traços da mulher na capa comprovam a semelhança com a atriz Sophia Abrahão (é a própria atriz), o que nos ajuda a dar forma a personagem principal. Acredito que a Carolina se inspirou na atriz para dar forma a sua Sophie, de modo que os traços físicos e talento são quase os mesmos que o da atriz, na vida real.



A escrita da Carolina e o ambiente por ela criado torna a obra interessante como um todo, somado a isso a editora teve o cuidado em revisar todo o livro para que não houvesse erros. A leitura se torna ainda mais atrativa com as páginas amareladas e fontes que permitem ao leitor, ler a obra em qualquer horário do dia. E, acreditem, a leitura é rápida quando pegamos o embalo.

A obra aborda temáticas como suicídio, bulliyng, depressão na adolescência, distúrbios alimentares que nos fazem refletir que seja jovem ou adulto precisamos nos aceitar e saber que somos únicos e diferentes no mundo. Cada um de nós tem um talento especial que nos diferencia e nos torna capazes que ganhar o mundo, como também escolhermos aquilo que é melhor para si. Recomendo a leitura aos fãs de fantasia, ao mesmo tempo que indico a jovens e adultos que buscam conhecer um pouco mais sobre temas polêmicos. Deixo sinalizado que essas temáticas não tornam a obra sombria, ao contrário, dão um teor de reflexão que completam o desfecho traçado para Sophie.




15 comentários:

  1. Eu amo esse livro. No caso amo a duologia. A princípio parece que vai ver mais do mesmo , e não. Quando começamos a ver o crescimento da personagem dentro da narrativa, o quão ela se desenvolve e nos ensina grandes coisas. Eu me identifiquei muito com a Sophie pois sofri muito bullying durante a minha vida, e nas escolas os "coleguinhas" não perdoam ninguém, já cheguei até em pensar em suicidio, mas superei tudo isso. Preciso dizer que você arrasa na escrita?? Acho que não! Você soube explorar cada ponto crucial da história. Parabéns! Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  2. Olá Amanda
    Ah que linda sua resenha, adorei mesmo conferir suas impressões a respeito, especialmente porque já li esse livro e super me identifico com suas opiniões. Acho ótimo o desenvolvimento dos personagens, assim como a ambientação. Sou apaixonada pelo gênero e achei maravilhoso por ter me surpreendido tanto. Sempre recomendo essa leitura para todos e fico muito feliz que você tenha curtido.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Amanda!
    Resenha incrível!
    Eu já tinha lido algo a respeito desse livro, mas faz um bom tempinho.
    Uma das coisas que mais me chamaram a atenção é a temática do bulliyng, afinal, esse assunto merece ser explorado sempre e cada vez mais. Fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu que fez com que a amizade das duas amigas fosse abalada.
    Também gostei do enredo envolver o comum e o fantástico, eu adoro quando existe essa união entre os dois. Enfim, terminei de ler a sua resenha querendo ler a obra, reacendeu um pouco daquilo que eu já tinha lido sobre ela a algum tempo atrás.
    Beijos
    Historiar

    ResponderExcluir
  4. oie, que ótimo ver que essa obra foi bem escrita, bem revisada e que ainda traz um ótimo cenário e temas importantes como depressão, bulling e suicídio. também gostei muito de saber que a ersonagem não faz as escolhas óbvias e que apesar de parecer clichê o livro surpreende. tenho ele na minha lista de leitura há tempos e espero ler.

    ResponderExcluir
  5. Hi baby, tudo bem? já conhecia esse livro e uma das autoras, no caso a Sophia, e confesso que por causa dela não tinha vontade nenhuma de ler, a sinopse é bem clichê também, fora que a protagonista é a própria autora né, ela nem tentou disfarçar kkkk mas sua ótima resenha me acendeu uma faísca de curiosidade, acho que darei uma chance ;)

    Linda amei seu blog, vou seguir (como Lily Valentim) poderia retribuir? <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu lembro quando esse livro saiu, todo mundo compartilhando no face, mas nunca me interessei em ler, afinal, não curto fantasia. Mas a quem goste! Ainda hoje não entendo, a Sophia só foi marketing ou realmente escreveu?

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oii Amanda, tudo bom? Mais uma resenha linda! A premissa do livro não me chama muito atenção, apesar de todos os temas legais que são abordados. Sinto que não será uma leitura assim tão proveitosa para mim, então irei passar a dica. Mas de qualquer forma quero ler alguma obra da Carolina!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Amanda,
    Estou mega curiosa para ler esse livro desde o lançamento, mas ainda não surgiu a oportunidade. Adorei saber que ele aborda o bulliyng pois é algo que precisa ser dito e repetido o tempo todo.
    Achei legal a narrativa começar clichê e parecendo até infantil, mas, depois, ela tornar-se surpreendente. Me pergunto quais vertentes as autoras escolheram para esse livro e espero ter a oportunidade de ler em 2017.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Olá! Tudo bem por aí?

    Que ótimo encontrar sua resenha sobre esse livro, pois eu tinha, literalmente, esquecido dele. Ele seria uma de minhas leituras de 2016 e acabei esquecendo-o completamente :( Fico muito feliz de saber que a história te agradou muito e vou agora mesmo colocar ele na minha lista para 2017 para não esquecer de jeito nenhum.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu sempre tive curiosidade de ler esse livro que tenho no kindle, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Gostei de saber que não conseguimos saber quem é o vilão e quem é o mocinho de cara nesse livro e que as criaturas mágicas te super poderes. Vou ler em breve. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Amanda!
    Quando esse livro foi lançado, vi muita gente falando muito bem dele. Porém, nunca tinha me interessado por ele. Agora, passados 2 anos, me interessei por ele, rsrs.
    Gosto muito de histórias de fantasia e saber que é tão bom e por ser nacional, me anima muito. E acho interessante o leitor não ter certeza de quem é vilão e de quem é mocinho...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/12/critica-animais-fantasticos-e-onde.html

    ResponderExcluir
  12. Oiee Amanda ^^
    Eu fiquei bastante surpresa quando li esse livro e me apaixonei por ele. Nunca tinha lido nada da Carolina antes, mas sempre tive curiosidade, então quando ganhei esse livro, fui logo lê-lo. Eu não gosto muito de histórias com um quê fantástico, mas gostei tanto da Sophie e sentia tanto por ela que acabei ficando encantada pela história. Estou querendo ler o outro livro das autoras agora :)
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  13. Oi Mandinha! Que arraso de leitura <3

    Primeiramente Sophia Abrahão é uma diva, o que já me fez admirar logo de cara esta obra!

    Ultimamente ando tão apressada com a vida que mal realizo minha lista de desejos. Este livro está entre os primeiros para próxima leitura e creio que após ler todas suas impressões sobre a obra, será uma leitura mais prazerosa ainda!

    O enredo, por retratar suicídio já é um "plus" que tenho certeza que enobreceu a historia, sem falar no que tange ao bulliyng!

    Parabéns pelas impressões, xara!

    Abraços, Amanda M.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu ja já vi esse livro por ai e acho a capa linda, mas é só isso, pois a premissa não chama a minha atenção, sabe? Apesar de você ter comentado super bem sobre praticamente todos os pontos e eu ter gostado dos temas abordados pela hsitoria, eu confesso que não fiquei realmente animada para realizar a leitura.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  15. Oie!!!!
    Gostei muito dessa estória e da forma como a autora mesclou a fantasia e a fábula na narrstiva e com isso estimula o leitor, principalmente os mais novos a refletirem sobre as mensagens, ou seja, a moral se que você deve se aceitar e isso não quer dizer que você não posaa e deva melhorar, mas isso deve ser um incentivo a correr atrás de seus sonhos!
    Mil Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva