Resenha| Não conte a ninguém




Resenha: Não conte a ninguém
Título: Não conte a ninguém
Obra original: Tell no One
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Edição: 1ª ano de 2009

Avaliação:

Sinopse: Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer. O caso volta à tona quando a polícia encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter sido enviado por sua esposa. Esses novos fatos fazem ressurgir inúmeras perguntas sem resposta: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?


Na mira do FBI, como principal suspeito da morte da esposa, e caçado por um perigosíssimo assassino de aluguel, David Beck contará apenas com o apoio de sua melhor amiga, a modelo Shauna, da célebre advogada Hester Crimstein e de um traficante de drogas para descobrir toda a verdade e provar sua inocência.
"[...] O problema quando você aceita conviver com esses matizes são as repercussões – não apenas as teóricas, que mancham sua alma, mas as concretas, a destruição imprevisível que tais escolhas deixam para trás. (p. 204)"




A obra foi escrita pelo Harlan Coben, um americano naturalizado da cidade de Newark, New Jersey. Ele é conhecido como o “autor das noites em claro”, porque seus escritos são do tipo que fazem o leitor não conseguir parar de pensar no desfecho da história. A maioria dos seus livros tem como gênero principal o mistério,  o enredo, destas estórias, envolvem casos não resolvidos de eventos passados, tais como: homicídios e acidentes fatais.

[...] A dura verdade é que eu não sabia tudo sobre ela. E ela certamente não sabia tudo sobre mim. (p. 203)

No decorrer da história de Não conte a ninguém, acontecem sucessivas e surpreendentes revelações e situações que são de tirar o fôlego. A todo momento surgem novas informações e suspeitas que desconstroem uma ideia antes plausível, criada pelo leitor (passei muito por isso) sobre o assassinato de Elizabeth (esposa do Dr. David Beck), apontando ainda mais que o médico é o responsável pela morte da mulher.

O início da história já é forte pelo assassinato brutal de Elizabeth, David,  quase morreu nesse mesmo ataque, recebe um misterioso e-mail com uma sequência de barras no campo “Assunto”, na caixa de entrada dele; um número de barras que coincide com o número de vezes que é comemorado o aniversário de primeiro beijo do casal. Durante a trama, o autor descreve histórias paralelas à principal, mas com o mesmo sabor de suspense o qual tecemos fios que podem (ou não) estar ligados à trama no geral.

A recomendação da leitura vai para quem gosta de um misto de emoções e situações que deixam o leitor intrigado e ainda mais cativo à história, esse livro supre as expectativas. Não conte a ninguém foi o livro mais aclamado de 2001, indicado para diversos prêmios, entre eles Edgar, Anthony, Macavity, Nero e Barry. Em 2006 foi adaptado para o cinema numa produção francesa vencedora de quatros Cesars (o Oscar francês), inclusive de melhor ator e diretor.


Diagramação: Me apaixonei pelo livro de cara, pela capa e pelo título. Livros de mistério, suspense, policial e temas sobrenaturais me atraem bastante. Li em menos de uma semana e acho que ainda demorei (risos).




"[...] Eu compreendi todas as implicações no momento em que acharam o corpo de Elizabeth. Compreendi que nunca mais a veria, que nunca mais a abraçaria, que nunca teríamos filhos e não envelheceríamos juntos. (p. 19-20)"






24 comentários:

  1. Esse foi o primeiro livro do Harlan que eu li. Fui completamente conquistada pela sinopse e não me arrependi nem por um segundo por comprar e ler. É um livro fascinante daquele que você só larga depois de terminar a leitura e quando termina a historia fica girando na sua cabeça por dias. Claro, comprei vários outros livros do autor depois disso e fico cada vez mais fascinada. Ótima resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Faby. Esse foi o primeiro livro dele que li também, mas, diferente de você, não adquiri outras obras por não encontrar mesmo, já que não tinha acesso à internet e nem a lojas físicas. Hoje eu quero pelo menos o "Top 10" dele.

      Excluir
  2. Ótima resenha!! É realmente cativante a história e o modo como o autor escreve. A forma como ele dispõem as informações e deixa aberto para você acreditar em algo, para no final descobrir a verdade, a qual você nem imaginava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! A sequência lógica/raciocínio do leitor é quebrada a todo instante e a teia que traçamos sobre os fatos é rapidamente desfeita a todo momento. Recomendo esse livro pra todo mundo.

      Excluir
  3. Hey, Erivágna!

    Adoro os livros do Harlan Coben, já li vários!
    Esse eu tenho aqui em casa, mas ainda não li.
    Está ali quietinho, aguardando a vez dele. Todo mundo sempre fala muito bem.
    Acho que vou gostar bastante.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, você vai adorar (certeza). Esse foi meu primeiro livro dele. Amor à primeira vista :) Depois passa aqui de novo e comenta sobre, quando ler.
      Beijinhos e ótima leitura.

      Excluir
  4. Olá!
    Eu nunca li nada do autor, apesar de ter um livro dele aqui na estante.
    Gosto bastante de livros do gênero e achei a premissa desse livro ótima!
    Fiquei feliz de saber que a obra acaba por construir e desconstruir teorias que o leitor faz sobre a trama. Parece ser uma narrativa envolvente!
    Dica anotada, ótima resenha!
    Espero lê-lo em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelos elogios. Espero que goste da leitura e que você deixe seu comentário sobre o que achou,quando acabar :) Ótima leitura!

      Excluir
  5. Menina, o que é essa históriaaaaa??? Adorei! Nunca tive oportunidade para ler os livros deste escritor, mas confesso que sempre tive curiosidade. Deve ser muito bom.
    Beijo.
    Ana Karina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karina, esse foi o primeiro livro do Harlan que li e não me arrependi em nada. A história é ótima e espero que goste também, quando começar. A história é bem filme de suspense mesmo. Mate sua curiosidade e se joga nesse livro, menina (risos). Beijos pra você também :*

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Esse é um dos meus livros favoritos. A história é incrível e eu amo o Harlan Coben, meu autor favorito de todos os tempos. Leia Desaparecido Para Sempre, é ótimo também.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela recomendação. Anotada com sucesso! Beijinhos :*

      Excluir
  7. Eu li apenas 2 livros do Coben (Desaparecido para Sempre / Seis Anos Depois) e já amo seus livros! Ele realmente tem um dom para nos fazer ficar lendo até entender a trama! Amo os mistérios qu eele monta, especialmente pq erro sempre! Adoro quando sou enganada pelo autor! XD Mais um p lista, com toda certeza! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu tive minhas suspeitas desconstruídas a cada capítulo lido. Incrível o poder de mudança de fatos que o Harlan usa nessa obra. Também gosto muito quando erro a pista XD

      Excluir
  8. Oiii
    Nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade. Adorei a premissa do livro. E um livro wue eu leria com certeza adoro suspense e investigações. Esse livro é do tipo que lemos sem parar. Gostei da indicação. Quando tiver oportunidade lerei.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Quando puder, leia mesmo. Eu não dava folga em nenhum momento enquanto estava lendo. Só sosseguei quando acabei o livro todo. Você vai gostar. Certeza :)

      Excluir
  9. Já conheço a escrita do autor pelo "Alta tensão" e adorei. Dá pra ver que suas obras são todas muito viciantes. Adorei a resenha.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie
    li um livro do autor e super gostei, que legal sua resenha e parece ser realmente muito bom, que bom que gostou tanto da leitura, boa dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá tudo bem?
    Primeiro preciso dizer que adorei a resenha, deu vontade de pegar os livros que tenho aqui do Harlan e lê-los. Você não é a primeira que fala bem dos livros dele e eu tenho muita vontade de lê-los, mas ainda não li nenhum, embora tenha alguns na estante. Eu penso que são livros que me tirariam de alguma saturação de gênero e como gosto muito de policial vou deixar um separado para ler em breve.
    Abraços, Carlos.

    http://triplicenerd.blogspot.com.br/
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Carlos. A leitura consegue me tirar de qualquer estado saturado.O Harlan "manipula" sua mente pra que você pense a todo momento enquanto lê, tirando a pessoa de qualquer outro foco que te faça devanear. Comente sobre os livros, quando você ler. Beijos.

      Excluir
  12. Nunca li nada de Harlan, mas sempre tive vontade, pois as premissas de seus livros são intrigantes e me deixam deveras curiosa. Esse livro, por exemplo, tem uma ótima pegada, e eu quero muito l~e-lo.
    Adorei sua resenha
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada :). Leia mesmo. Um ótima história é sempre bem vinda!

      Excluir

® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva