Resenha| Entre o amor e o silêncio





Livro: Entre o Amor e o Silêncio
Escritora: Babi A. Sette
Editora: Novo Século
Páginas: 528

Avaliação: 

Sinopse: Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria para ela a distância para problemas com o coração. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída pelo paciente. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem… se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas, e se Mitchell acordasse? A aproximação desses personagens tão diferentes revela um romance encantador e divertido, repleto de reviravoltas. Entre a vida e a morte, a ilusão e a realidade, o amor pode ser realmente o milagre que faz tudo mudar?




Entre o amor e o silêncio é um livro escrito, por uma autora brasileira, a Babi A. Sette, que nas suas 528 páginas nos mostra uma história de amor, obstáculos e superação. É um livro narrado em terceira pessoa, e nos faz visitar cada personagem afim de descobri-los profundamente.

Francesca está passando por um momento difícil na sua vida, porque acaba de terminar um relacionamento e decide não se aproximar de ninguém por um tempo, aproveitando isso, ela mergulha de cabeça em seu novo projeto, no qual consiste em escrever o próprio livro, o qual vamos conhecendo ao longo da história.

Mitchell Petrucci nasceu no meio em berço de ouro e administra a empresa do seu pai. Sempre foi muito bom naquilo que fazia e vivia apenas em função do seu trabalho, mas tudo isso muda quando ele se envolve em um acidente de carro e fica em coma no hospital da cidade.


Enquanto isso, Francesca está a procura de fazer algo útil em sua vida, uma coisa que possa ajudar as pessoas. Até que decide fazer leituras voluntárias para pacientes em coma. É no hospital onde ela conhece Mitchell, e acaba lendo seu novo livro pra ele, sempre torcendo para que onde quer que ele estivesse, tenha vontade de voltar a vida.  Essa rotina, acaba por aproximá-la dele, aguçando a sua curiosidade para saber mais acerca do misterioso rapaz. Ela estuda, até mesmo, algumas coisas sobre o coma e vai se aproximando do seu paciente, em uma relação unilateral.






Nós também descobrimos alguns fatos do passado dos dois, vemos como algumas escolhas acabam modificando todo o rumo da vida de uma pessoa e percebemos a superação de Francesa, que passou por alguns problemas psicológicos, com raízes em sua infância e fez de tudo para ficar bem e saudável, o que nos mostra um amadurecimento no autoconhecimento da personagem.

É um livro cheio de reviravoltas,  uma hora bastou para leitura, faz você amar um e odiar o outro e no capítulo seguinte, já está torcendo para os dois de novo. Confesso que em algumas partes a instabilidade do casal e o excesso de ciúmes sem motivo de Mitchell me cansou, assim como, o seu comportamento egoísta no início do livro.

No final, você percebe que o amor é capaz de mudar até aquilo que você considera imutável, é uma ponte para te tirar de onde quer que você esteja e eleva o nosso emocional, nos leva a um lugar onde nunca imaginamos possível chegar. É um livro que ensina a superar seu passado, seus medos e suas inseguranças,  faz você refletir sobre sua condição atual: "Onde quero estar daqui a 10 anos? " e "Será que estou trabalhando pra chegar lá?" ou seja, é um livro em que repensamos vários aspectos de nossas vidas, e comprovamos de que antes de algo dar certo, muita coisa vai dar errada (casal especialista nisso, risos). Vale a pena ser lido.Recomendo o livro para o público disposto a elevar seus sentimentos, sentir a bomba de adrenalina causada nos capítulos iniciais, derramar lágrimas quando algo não for bem e refletir sobre nossa vida.




Diagramação: Foi amor a primeira vista pela capa do livro, me apaixonei assim que a vi, é muito bela e o design é maravilhoso, a margem e o tamanho da letra também ficaram ótimos, o que proporciona uma ótima leitura.




14 comentários

  1. Olá. Quero ler esse livro com certeza. E ainda com área da saúde no meio já me interessou.
    Sinceramente amei a resenha. Anotado aqui.
    Bjs
    www.mundoliterando.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode ler que não irá se arrepender. :)

      Excluir
  2. Oie, tudo bem? Ouço falarem muito bem da autora e morro de curiosidade pra conhecer a escrita dela, mas ainda não tive oportunidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu nunca tinha ouvido falar da autora antes, mas me surpreendi com esse livro.

      Excluir
  3. Sou fissurado por literatura brasileira e amo os livros "deste selo" da Novo Século! Em si o livro até que é interessante, mas analisando bem a sua resenha, acho que não seria uma leitura que eu iria gostar... Quem sabe se um dia me surgir a oportunidade de ler farei essa leitura, mas por enquanto não.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a autora até então, mas sua resenha despertou em mim tamanha curiosidade pra ler alguma de suas obras. Realmente adorei ❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo que não irá se arrepender.
      Beijos.

      Excluir
  6. Poxa, esse livro parece ser muito bom mesmo. Ainda não conhecia a autora, mas por mais de 500 páginas ter te conquistado, acho que vou dar uma chance também.
    Dica anotada
    Beijos

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu quero muito ler algo dessa autora, esse livro chama tanto minha atenção quanto o outro dela, O Despertar do Líria, as capas são lindas e eu adoro histórias de superação. Na verdade, ne sei o que estou esperando ainda hahaha
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li o outro livro dela mas vou anotar aqui pra ler :D

      Excluir
  8. Oie
    essa capa é uma graça e parece ser um amor de leitura, gosoto muito do enredo e sempre vejo o pessoal falando bem e indicando, adorei a resenha e que bom que gostou tanto da leitura

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    Da Babi só li romance de época. E gostei muito! Quero muito ler esse livro também! To só esperando a grana!
    Bjus

    ResponderExcluir
  10. Oi. A escrita da autora é bastante apreciada, sempre vejo resenhas bem positivas. O enredo é bem comovente e encantador, pode não ser muito meu estilo, mas achei bem bonito. Olha, excesso de ciúmes é algo bem chato para mim, certamente, também ficaria cansada quanto a isso. Acho legal também o livro te fazer pensar aspectos de sua vida, significa que a leitura foi válida. Eu ainda não pude me deliciar totalmente com a escrita da autora, mas pretendo me breve, resolver isso. Gostei de sua resenha, simples, direta e gostosa de ler.

    ResponderExcluir