INTERCULT|| UM POUCO SOBRE QUADRINHOS

  Olá pessoas ❤



     Bom no mesmo período​ histórico em que apareceu o cinema, o telegrafo sem fio e o raio X, surgiu nos EUA uma forma única de comunicação que tornaria um gênero característico do século XX: As histórias em quadrinhos.
    Desde a pré- história, o homem primitivo utilizava o desenho como forma de se expressar, na idade média apareceram as pescarias medievais onde eles também utilizavam o desenho como expressão.
    Em 1865 que apareceu a primeira história de desenhos em quadrinhos Max Moorit, de Wilhelw Busch. Nela, ele conta as aventuras e traquinagens de dois meninos insuportáveis. A tradução foi feita pelo Olavo Bitace.

    A técnica ganhou mais desenvoltura em 1920. Difundidos em revistas e jornais os quadrinhos se tornaram um dos mais importantes veículos de comunicação de massa e criaram uma linguagem própria como uma série de signos inovadores que em grande parte foi incorporado alguns anos depois pelo cinema, televisão e publicidade. Com isto tivemos uma verdadeira explosão de arte cinematográfica.
    Nos Estados Unidos Paralelamente aos quadrinhos de aventura e de ficção científica (Deville, homem - Aranha, Batman e outros), desenvolveu a linha dos quadrinhos cômicos, conceituais, irônicas com personagens que se tornaram muito populares, como Mikey e o Pato Donald de Walt Disney, Charlie Brown e o Snopy, de Schuls.


    As histórias em quadrinhos atinge um público muito grande já que elas conseguem cativar crianças, jovens e até mesmo adultos. Elas são feitas de imagens quase sempre acompanhadas de palavras. Geralmente a linguagem dos personagens são simples e objetivas elas aparecem escritas em balões e nestes balões são registrados também os pensamentos dos personagens.
     Os autores de histórias em quadrinhos são geralmente grandes artistas dotados de notável habilidade de técnicas
conseguem assim uma nova linguagem de continua evolução. Naturalmente, nem todos eles estão nos mesmo nível. Porém eles ucai.izam sua capacidade artística e crítica para transmitir suas mensagens.
   Na língua portuguesa, os quadrinhos são considerados importantes não só pela sua forma linguística (diálogos breves, expressões populares), mas sobre tudo do ponto de vista figurativa. No Brasil, o grande destaque nos quadrinhos é Maurício de Souza, criador da turma da Mônica e outros.
  

  ➖ Como podemos faze - los?
     Nas histórias em quadrinhos e importante:
* Identificar as características principais.
* Estabelecer o protagonista, se ele é único ou muda em cada quadrinho.
* Saber dividir cenas ou quadros, definindo os gestos diálogos e ambientes, enquadrar a história.
* Subdividir o comprimento da história, que pode ter muitos ou poucos quadros, episódios completos e incompletos, para imaginar o final.
* Programar a paginação realizada, segundo técnicas semeatograficas. Com personagens vista de auto, de baixo, ao longo dos campos, em primeiro plano, etc...
* Conservar uma certa unidade cromática, gráfica e uma sequência lógica.
➖ As expressões:
* Onomatopeia:
A onomatopéia ou linguagem dos sons e uma palavra ou forma verbal que exprime sons e ruídos. As onomatopéias mais comuns são:
- BANG: Tiro de revolver.
- VRUUN: Motor de carro.
- CRACK: Quebra de um objeto.
- PLA, PLA: Aplausos.
- GLU, GLU: Dedicação de alimentos.
- BOOM: Estouro de uma bomba.
- CHUAAA: Pessoa caindo na água ou água caindo.
- ZZZZZ: Pessoa dormindo
- GLUB, GLUB: Água ou líquido caindo em um recipiente.
- BOOMM: Corte de Madeira.
- PLAF, PLAF: Objeto que cai.
* Os balões e seus significados:

* Metáforas:
São imagens quando surge conceitos e idéias dos personagens quando estão pensando ou falando algo, elas geralmente aparecem dentro dos balões.
Ex:


Enfim, espero ter ajudado vocês com este pequeno resumo para compreender pelo menos um pouquinho deste mundo, que e bem vasto e super legal. Se acharem ou sentirem que faltou algo deixe nos comentários suas opiniões, fico agradecida desde já!! Até mais ❤

(Obs: eu juro queria  começar pela história geral da arte no tema de hoje, mas a vontade de falar sobre os quadrinhos foi maior. Por isso perdoe minha falta de nexos, e não desistam de mim.. Kkk)

RESENHA || SEDUZIDA POR ELE.

Título: Seduzida por ele -Serie New York - Livro 2 | Autora: Elizabeth Bezerra | Editora: Bezz Páginas: 258 | Ano: 2015

                                              
           Avaliação:
        Onde comprar: Amazon / Editora Bezz

*Essa resenha contém spoiler do livro anterior
"A sensação que eu tenho é que estou presa. Como em um daqueles pesadelos terríveis que me assolaram por toda a minha vida. O tipo de pesadelo que você grita, chora e corre sem direção. Onde ninguém é capaz de me ouvir ou ajudar. Um sonho terrível que faz todos os meus ossos gelarem e quando acordo estou suando frio. Só que eu não estou dormindo, para meu desespero, estou bem acordada!" – Jennifer. Connor Neil e Jennifer se apaixonaram perdidamente, a paixão entre eles foi instantânea e avassaladora. Quando tudo parecia bem à amarga realidade os separou. Jennifer descobriu que o homem que mais ama no mundo, a pessoa que trouxe luz aos seus olhos, também é o reflexo daquele que mais odiou na vida. Essa descoberta vira o mundo de Jennifer de cabeça para baixo, deixando um rastro de dor e desesperança. O amor que sentem será suficiente para que fiquem juntos? Um romance que irá prender você do inicio ao fim e que o fará se perguntar quanta dor um coração ferido é capaz de suportar?

RESENHA || EM UM INSTANTE TUDO PODE MUDAR

Título: Em Um Instante... Tudo Pode Mudar (Irmãos Castro #1) | Autora: L.M. Gomes | Editora: Qualis | Ano: 2015 | Páginas: 202


Avaliação:   
    Onde comprar: Amazon//Americanas

Monique não tinha do que reclamar, sua vida era exatamente aquilo que sempre sonhou. Aos 23 anos, prestes a concluir a tão sonhada faculdade, seu namorado era um príncipe, tinha amigos incríveis e era dona do seu destino. Até que viu sua vida nas mãos de um estranho.
Rafael era um cara normal, com sua vida planejada e previsível. Batalhador, pediatra e sonhador, aos 28 anos, acreditava ter seu destino traçado. Mas quem era ele para subestimar o quanto o mundo pode girar? Eles passavam naquele momento, naquele lugar.
Um instante é o suficiente para que tudo possa mudar.

RESENHA|| BOM DIA, VERÔNICA


Título: Bom dia, Verônica| Autora: Andrea Kilmore| Editora: Darkside Books
                                         Ano: 2016| Páginas: 256
                                                        
Avaliação: 
Onde comprar: Amazon/ Saraiva


Em "Bom dia, Verônica", acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado.

RESENHA || TRAÇOS


                  Título: Traços | Autora:  Eduardo Cilto | Editora: Planeta livros (Selo Outro Planeta)
Ano: 2016 | Páginas: 272 

                              
                                        Onde comprar: Saraiva 
                                   Avaliação:  
Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é.

RESENHA || ALEC DINI E O VÓRTICE DO TEMPO #1


                                                  Título: Alec Dini e o Vórtice do Tempo #1 | Autor: F.R. Pan
Editora: Lendari | Ano: 2017 | Páginas: 217

Avaliação
Onde ComprarSite da Editora


Quando o jovem Alec Dini é misteriosamente transportado ao futuro, ele não faz ideia dos perigos que o aguardam: seu vilarejo está em ruínas, e ele e seus amigos são caçados por um clã de guerreiros que busca a todo custo obter o estranho poder que o menino carrega. Quais serão os incríveis desafios que eles terão de superar para voltarem ao seu tempo?
Alec Dini e o Vórtice do Tempo é uma história de magia, amizade e coragem onde diversos elementos dos mitos arturianos e celtas do Reino Unido, Irlanda e França são introduzidos ao público infantojuvenil brasileiro. Embarque nesta fantasia que reúne aventura, suspense e folclore em uma narrativa capaz de conquistar crianças, adolescentes e adultos.
® Faces em Livros | Layout por A Design - Ilustração por Graciele Paiva